Abrir empresa na Europa: quanto custa e melhores países

por Remessa Online
3 minutos de leitura
Como abrir empresa na Europa

Já sonhou em morar no exterior e viver do seu próprio negócio? Então, certamente já passou pela sua mente abrir empresa na Europa.

Além da possibilidade de viver em uma cultura totalmente diferente, explorar o aprendizado fluente em outros idiomas, na Europa é possível encontrar um mercado de empreendedorismo movimentado e aquecido.

Embora o Brasil também se mostre competitivo e fértil para o surgimento de startups, abrir um negócio no exterior pode ampliar ainda mais as chances de um faturamento em uma moeda mais valorizada do que o real e chamar atenção de investidores.

Se você tem esse sonho, mas não sabe exatamente para onde ir, conte com esse artigo para descobrir as vantagens de abrir uma empresa em países como Portugal, Alemanha , Espanha e vários outros.

Abrir empresa na Europa: como funciona, quanto custa e melhores países

Assim como no Brasil, para abrir uma empresa na Europa, é necessário apresentar documentações e entender a legislação do país para entender o que é necessário para abertura e manutenção legal da empresa, especialmente em relação a tributação e impostos obrigatórios.

Para facilitar a abertura da empresa no exterior, muitos empreendedores buscam assessoria de contadores, para ter mais clareza no processo. 

Dependendo do país escolhido, o processo de abertura é simples e sem precisar viajar, podendo ser realizado de forma online.

Entre os principais desafios desta mudança, está o planejamento de um negócio em um país novo, com outra cultura e moeda.

Além disso, dependendo do país, o risco investido em capital financeiro é muito maior para apenas começar, considerando a desvalorização do real.

Por isso, é aconselhado que os empreendedores busquem fundos para investir no exterior. Outra possibilidade são as linhas de crédito, que muitos países oferecem também para estrangeiros.

Cada país possui exigências de documentos, legislações e custos de abertura de empresa diferentes, por isso é importante avaliar cada país individualmente. 

Para encontrar qual é aquele que possui maior facilidade de abertura para os brasileiros e com as melhores condições de retorno financeiro, menos burocracia e flexibilidade, é necessário muita pesquisa.

Nesse artigo, vamos mostrar como funciona o processo de abertura em 3 dos países mais procurados pelos brasileiros: Portugal, Alemanha e Espanha.

Qual o melhor país da Europa para abrir uma empresa?

Segundo um relatório realizado em 2020 pela Small Business Prices, os países europeus que se destacam pelas oportunidades de negócios são Dinamarca, Romênia, Estônia, Suécia, Lituânia e Noruega.

Para elencar esses países, o relatório analisou vários pontos como a facilidade de obter crédito, impostos, comércio entre fronteiras e crescimento anual do PIB.

No entanto, quando falamos sobre os melhores países na Europa para abrir uma startup, não podemos deixar de mencionar Portugal, Alemanha e Espanha.

Portugal é um país que está cada vez mais atraindo imigrantes brasileiros pela qualidade de vida e isso não poderia deixar de escapar aos olhos dos empreendedores.

A Espanha, que por anos deixou uma imagem negativa para os investidores e empreendedores, devido à recessão de 2008, hoje já mostra um cenário totalmente diferente, estável e fértil para novos negócios.

A Alemanha, por sua vez, é considerada um dos melhores países para startups, especialmente para empresas de tecnologia, por serem conhecidos por possuírem mão de obra altamente qualificada.

O que analisar antes de partir para outro país?

Além de escolher um país com economia estável, é importante entender a cultura do país, encontrar a persona ideal para o seu serviço ou produto, analisar o mercado no momento da abertura de empresa, buscar ajuda de investidores e parceiros no exterior.

Abrir uma empresa, na Europa ou no Brasil, é sempre um passo arriscado, pois empreender  sempre implica em riscos. Por isso, você deve fazer um estudo aprofundado antes de investir um valor alto lá fora.

Afinal, sem um bom planejamento, não importa o país da Europa escolhido para o seu negócio, as chances de prejuízo são maiores.

Outro ponto importante é entender que empreender, aqui ou fora do Brasil, leva um tempo para que o lucro consiga cobrir o investimento.

Por isso, vá com esse alerta em mente, especialmente para evitar frustrações. Para ajudar nesse momento, é interessante começar a investir na construção de um MVP e buscar a partir disso bons investidores.

Para isso, aconselhamos que você se aprofunde sobre as possibilidades de investimento Venture Capital, como investimento seed ou investidor anjo.

1 – Portugal

como abrir empresa em portugal passos 1024x683 - Abrir empresa na Europa: quanto custa e melhores países

Portugal, nos últimos anos, tem recebido cada vez mais brasileiros. Em 2019, o país bateu o recorde de residentes. Segundo dados do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Portugal possui cerca de 150.864 brasileiros vivendo lá.

Muitos fatores tornam o país europeu encantador para os brasileiros e podemos dizer que a facilidade do idioma é um dos principais.

Por isso, a procura por abertura de empresas em Portugal cresce constantemente. No país, o processo é pouco burocrático, mas existem etapas fundamentais para seguir. Confira abaixo as condições:

O que é necessário para abrir um negócio em Portugal?

Para ter uma empresa em Portugal, é necessário que o empreendedor brasileiro dê entrada ao visto de empreendedor, conhecido como Visto D2. Esse tipo de visto é emitido pelo Consulado de Portugal aqui no Brasil.

No passo a passo, além do visto, é necessário ter um Plano de Negócios estruturados, com todas as informações importantes da empresa, com dados jurídicos, objetivos, capital social e outros dados.

Com o Plano de Negócios em mãos e o visto D2, você deve procurar um dos balcões da Empresa na Hora.

Com os documentos entregue, com o nome do negócio definido e com a abertura da empresa, o empreendedor receberá os seguintes documentos:

  • Pacto Social do país;
  • Código de acesso à Certidão Permanente de Registro Comercial;
  • Código de acesso ao cartão Eletrônico da empresa;
  • Número de Segurança Social da empresa.

Custos

Os custos envolvidos no processo de abertura incluem, em média, os seguintes valores:

  • €360,00 para a abertura da empresa ( podendo ser pago em dinheiro ou transferência bancária);
  • €100,00 (em média) para despesas com o contador em Portugal, para empresários individuais;
  • € 278,50 (em média) para despesas com o contador de empresas coletivas;
  • Gastos referentes ao empreendimento, como aluguel de estabelecimento comercial, contas de luz, água, internet etc.

Confira a documentação completa para abrir uma empresa em Portugal e os impostos cobrados.

O que é preciso para abrir um restaurante em Portugal?

Além dos passos acima, para abrir um restaurante em Portugal é necessário ter uma pesquisa aprofundada dos concorrentes, fornecedores, parceiros e da aceitação do público para o tipo de restaurante.

É necessário levar em conta que modelos de negócios populares no Brasil não se aplicam em todos os países. 

Ter esses pontos em mente ajudam a reduzir os riscos de entrar para o setor de gastronomia em um novo país.

Como abrir uma empresa em Portugal sendo europeu?

Não existe diferença entre abrir uma empresa em Portugal sendo brasileiro ou europeu. O processo de abertura, em relação aos documentos e legislação a cumprir, são os mesmos.

A principal diferença entre as nacionalidades se dá para quem deseja empreender em Portugal e morar no país.

Para ser residente em Portugal e empreender, é necessário ter cidadania portuguesa ou de qualquer país da União Europeia. Outra alternativa é ter o visto de empreendedor.

Microempreendedor individual em Portugal

Assim como no Brasil, também é possível começar a empreender em Portugal de forma individual. No Brasil, é comum a abertura do MEI (Microempreendedor individual) e outras classificações empreendedoras, como o ME, EPP, EIRELI, LTDA e S.A, por exemplo.

Em Portugal, os empreendedores se dividem em 2 tipos principais e segmentações: empreendedor singular e coletivo.

Empresa singular

  • sociedade unipessoal por quotas;
  • empresário em nome individual;
  • estabelecimento individual de responsabilidade limitada.

Empresa coletiva

  • sociedade anônima;
  • sociedade por quotas;
  • sociedade em comandita;
  • cooperativa;
  • sociedade em nome coletivo.

Abrir empresa em Portugal online

O governo de Portugal oferece como alternativa para tornar o processo de abertura menos burocrático a possibilidade de realizar o processo de forma online, através do Empresa Online.

No site, é possível conferir todas as condições, requisitos e custos para começar a expandir seu negócio para exterior sem sair de casa.

2- Espanha

como abrir empresa na espanha passos 2 1024x683 - Abrir empresa na Europa: quanto custa e melhores países

A Espanha é um dos países mais procurados pelos empreendedores brasileiros que buscam expandir seus negócios para o exterior ou que desejam começar do zero na Europa.

E não é à toa que o país está entre os mais cobiçados. 

Assim como Portugal, a familiaridade com o idioma castelhano é um dos motivos que levam os brasileiros para lá, além de outros fatores que remetem a terra natal, como o clima mais quente.

A estabilidade econômica, os incentivos governamentais e programas de aceleração de startups também brilham os olhos dos empreendedores brasileiros.

Para as mulheres empreendedoras, a Espanha tem um atrativo ainda maior, pois o governo do país oferece incentivo técnico na gestão do negócio, suporte financeiro para novos autônomos, linhas de microcrédito e ajuda no desenvolvimento da empresa.

Abaixo, reunimos as principais dúvidas sobre como abrir uma empresa na Espanha para te ajudar a trilhar o caminho do empreendedorismo na Europa.

O que é necessário para abrir um negócio na Espanha?

Além de toda a documentação, custos sobre a abertura e Plano de Negócios, é necessário ter um visto para residir no país como empreendedor.

Os principais tipos de visto são o visto de empreendedor e o Golden Visa.

A principal diferença é que no Golden Visa as exigências são mais rígidas do que no visto de empreendedor comum.

Nesse tipo de visto, é necessário comprovar o montante de capital a ser investido, habilidades profissionais e comprovar de que forma seu negócio deve impactar positivamente o país, seja economicamente, na tecnologia, oferta de empregos, valor cultural ou social.

Além de poder empreender na Espanha, o Golden Visa dá a liberdade de circular pelos países do espaço Schengen, além de permitir que familiares e dependentes financeiros vivam no país.

Como um brasileiro pode abrir uma empresa na Espanha?

Abrir empresa na Espanha sendo brasileiro é mais simples do que se imagina. 

Semelhante ao processo de Portugal, é necessário seguir a documentação para abertura da empresa e com solicitação do visto do empreendedor em um dos Consulados da Espanha no Brasil.

Para abertura da empresa, além de apresentação do Plano de Negócios e documentação, é necessário pagar o valor de 60€. 

Como abrir uma empresa na Espanha sendo europeu?

Não há grandes diferenças entre abrir uma empresa na Espanha sendo europeu ou brasileiro. A principal facilidade está no fato de estar próximo ao país geograficamente e fazer parte da União Europeia, o que pode tornar alguns processos menos burocráticos.

Legalmente, todos os empreendedores no país, estrangeiros ou não, devem cumprir com obrigações legais da mesma forma.

3- Alemanha

A Alemanha também é um dos destinos mais procurados pelos empreendedores brasileiros, como vimos. No país, o processo de abertura também tem características específicas. Veja o passo a passo.

como abrir empresa na alemanha passos 1024x529 - Abrir empresa na Europa: quanto custa e melhores países

Abrir empresa na Alemanha: o que é necessário?

Para abrir uma empresa no país, também é necessário apresentar uma documentação completa sobre empreendedor e sócios (se houver): passaporte, contrato social, certidão simplificada da empresa obtida pela Junta Comercial brasileira e outros que forem solicitados.

Também é necessário escolher a forma jurídica da empresa (GmbH ou UG, ou algo como LTDA e pré-LTDA), apresentar atividade da empresa, o nome e administradores.

Como um brasileiro pode abrir uma empresa na Alemanha?

Para abrir empresa na Alemanha e residir no país, os brasileiros precisam de uma

Permissão de Residência específica para trabalhadores autônomos.

Essa autorização pode ser iniciada na Alemanha e o processo inclui agendamento, entrevista e emissão do documento pelo governo do país. É um processo burocrático, que pode levar cerca de 3 meses.

Outra alternativa existente é abrir uma empresa no país sem a obrigatoriedade de residir na Alemanha e ter um endereço lá. Com essa opção, o administrador da empresa faz a gestão de forma remota.

Outros países

Outros países também se destacam muito pelas oportunidades de empreendedorismo, qualidade de educação e empregos, o que é interessante para quem deseja se mudar para o exterior com a família.

O ranking dos melhores 10 países são:

  1. Dinamarca; 
  2. Romênia; 
  3. Estônia; 
  4. Suécia, 
  5. Lituânia; 
  6. Noruega; 
  7. Letônia; 
  8. Reino Unido; 
  9. Irlanda;
  10. Islândia.

Conclusão

A Europa não se destaca mundialmente apenas por ser o destino desejado de turismo de milhões de pessoas, o continente é também um centro de desenvolvimento de novos negócios.

A possibilidade de melhorar a qualidade de vida, viver no exterior e ganhar independência financeira é o sonho de muitos empreendedores que enxergam em países como Portugal, Alemanha e Espanha a oportunidade de realizar esses objetivos.

Como vimos, existem vários países que são abertos aos brasileiros empreendedores, com apoio governamental para facilitação de crédito e investimento.

Agora que você já conhece quais são eles e como começar a abertura de uma empresa na Europa, é hora de colocar o planejamento em prática!

Precisa transferir fundos para o exterior? Saiba como a Remessa Online pode te ajudar!

Assuntos relacionados