5 formas de enviar ou receber dinheiro do exterior

Para quem está trabalhando ou estudando no exterior, é comum manter algum tipo de vínculo financeiro com familiares no Brasil. Pensando nisso, trazemos informações importantes sobre as melhores formas de enviar ou receber dinheiro no exterior.

Conheça 5 formas de enviar ou receber dinheiro do exterior

As transações internacionais são parte da rotina de muitas pessoas que estão ou viajam com frequência ao exterior. No mercado financeiro existem muitas formas para realizar essa tarefa, no entanto, é preciso conhecer qual a melhor forma para pagar menos e fazer economiza.

Atualmente, não é necessário nenhum tipo de autorização do governo para fazer remessas do Brasil para o exterior e nem para o recebimento de moeda estrangeira, mas há regras.

De acordo com as normas do Banco Central (BC) as ordens de pagamento do Brasil para o exterior precisam ser feitas, impreterivelmente, em moeda estrangeira.

A taxa de câmbio da operação deve ser negociada entre o remetente e a instituição financeira escolhida. Cada instituição cobra tarifas diferentes e tem condições distintas para o envio e recebimento.

A seguir, veja 5 formas de enviar ou receber dinheiro no exterior.

6 formas para enviar e receber dinheiro do exterior

Desde os bancos tradicionais às modernas plataformas de transferências internacionais online, o mercado financeiro oferece muitos meios para enviar e receber dinheiro do exterior.

Para quem deseja realizar esse processo, é interessante conhecer todas as maneiras para enviar ou receber dinheiro e atingir seus objetivos, de uma forma econômica e eficiente.

É fundamental saber as vantagens e desvantagens de cada forma para ter um planejamento financeiro mais pontual e realista. Confira 6 formas para realizar essa tarefa!

1. Transferência bancária por ordem de pagamento

A transferência bancária por ordem de pagamento para enviar ou receber dinheiro ao exterior é um serviço disponível em quase todas as agências.

O procedimento é simples: basta ir até o banco e solicitar o recurso a partir da ordem de pagamento. Será preciso informar os dados de quem vai sacar o dinheiro e código do banco (Swift), onde vai ser feito o saque.

O beneficiário precisa ter uma conta bancária. Tanto quem enviar dinheiro quanto quem receber vai pagar uma taxa pelo serviço de envio/ recebimento.

A desvantagem é que os bancos do exterior chegam a cobrar de 20 a 40 dólares para fazer a remessa do dinheiro. Já no Brasil, os bancos abatem de 20 a 100 dólares do montante que chega. O valor descontado é de acordo com o que foi transferido. O nome dado para esta tarifa é Ordem de Pagamento Expedida.

2. Vale Postal Eletrônico Internacional

Muita gente não sabe, mas os Correios possuem um serviço de transferências financeiras internacionais para o envio e recebimento de dinheiro para o exterior.

Para enviar o dinheiro para o exterior é preciso ir até uma agência dos Correios com seus documentos e dados do destinatário, inclusive o endereço completo. Os Correios têm acordo com diversos países e vários continentes, basta conferir a relação completa no site oficial.

A conversão dos valores é feita na hora do atendimento e paga em reais. O beneficiário é notificado quando a remessa chega ao país de origem. A notificação geralmente é feita por meio de uma carta que indica a agência que o pagamento deverá ser feito.

É possível enviar pelos Correios dinheiro para mais de 20 países da Europa, Ásia e África.
É possível enviar pelos Correios dinheiro para mais de 20 países da Europa, Ásia e África.

3. Dinheiro vivo

É possível sair do Brasil carregando até R$ 10 mil ou valor equivalente em moeda estrangeira e cheque. Caso leve mais que isso, é necessário fazer uma Declaração de Porte de Valores, que precisa ser apresentada na fiscalização aduaneira ao sair do país.

Durante a apresentação da declaração é necessário também mostrar o comprovante de que a moeda estrangeira foi adquirida em um banco ou instituição autorizada. É uma opção que exige muita atenção.

É preciso avaliar as condições de segurança para transportar essa quantia em dinheiro, que é considerável. Apesar de pagar menos taxas, o risco que você irá correr de acontecer algum contratempo é grande, portanto, não é aconselhável andar com tanto dinheiro durante sua viagem.

4. Usando um cartão pré-pago

Há diversas opções de cartões pré-pagos com bandeira internacional.

A partir desses cartões, é possível enviar dinheiro para o exterior colocando crédito diretamente no cartão da pessoa que está fora do país ou receber no seu, da mesma forma.

O cartão pré-pago é uma das formas de enviar ou receber dinheiro no exterior. O saldo pode ser usado tanto para compras quanto para saques.
O cartão pré-pago é uma das formas de enviar ou receber dinheiro no exterior. O saldo pode ser usado tanto para compras quanto para saques.

O cartão pré-pago é uma das formas de enviar ou receber dinheiro no exterior. O saldo pode ser usado tanto para compras quanto para saques. O cartão pode ser usado para gastos diversos na modalidade crédito e também, a depender do tipo, ser usado para saque em caixas eletrônicos.

Neste tipo de transação é necessário atentar que pode haver cobrança de taxa em cada depósito e para o saque. Realmente há possibilidade de cobrança de tarifas toda vez que você utilizar o cartão

5. Abrir conta no exterior

Também é possível abrir uma conta no exterior e são solicitados praticamente os menos documentos para abertura no Brasil, como comprovante de residência, de renda e documentos pessoais. Com a conta ativa no exterior você poderá transferir valores entre contas.

É uma opção que deve ser avaliada com cautela. Se a pessoa tem outras finalidades para a conta, compensa mantê-la, porém se for usada em caráter eventual, os custos de manutenção tornariam mais caro, ainda mais pelo fato de os custos serem baseados em moeda estrangeira que pode ser bem mais valorizada que o real.

6. Enviar pela Remessa Online

Para enviar pelo site Remessa Online, que é uma instituição credenciada pelo Banco Central, você precisa fazer um cadastro simples  enviando documento de identidade e comprovante de residência.

O envio de dinheiro ao exterior é feito mediante o preenchimento dos dados da conta destino. A cotação, tarifa e imposto aplicado serão mostrados na hora em que você estiver fazendo o processo.

O cálculo utilizado pela Remessa Online é referenciado no câmbio atual, IOF, tarifa bancária que é fixa em R$5.90 e para valores acima de R$ 2.500 é gratuita, e o custo fixo de 1,3 %, o menor do mercado. É a melhor condição do mercado, assim você irá economizar bastante, com toda a transparência.

Outro fator interessante é o limite para transferências internacionais, na Remessa Online você pode transferir até R$ 37.500 por dia ou até R$ 75.000 por ano. Suas transferências são concluídas com agilidade, em no máximo 2 dias úteis a quantia estará disponível para o beneficiário.

As vantagens de um serviço moderno e prático como realizar movimentações financeiras online são fantásticas. Você terá toda a comodidade de enviar e receber dinheiro de onde estiver, basta ter acesso à internet.

Os processos são simples e sem burocracias, por meio de um cadastro rápido, onde em 5 minutos está concluído, oferece toda segurança e eficiência para uma operação transparente e econômica.

O pagamento para a Remessa Online deve ser feito por transferência bancária (TED). A transação é super rápida e o beneficiário recebe os valores em um dia útil. É possível acompanhar todas as etapas da operação.

Por meio da Remessa Online também é possível obter qualquer tipo de recebimento do exterior, além de aguardar a melhor cotação para transferir para sua conta no Brasil. Para recebimentos no Brasil, o prazo é de até 2 dias úteis.

Por ter taxas inferiores à dos bancos e rapidez no serviço, cada vez mais pessoas estão escolhendo a Remessa Online para fazer suas transações financeiras internacionais.

Conhecendo as formas de enviar ou receber dinheiro no exterior é possível avaliar a maneira que melhor se adapta ao seu perfil e necessidade, em relação ao tempo de envio/ recebimento, taxas a serem pagas e todos os trâmites necessários.

Como você já está por dentro das formas de enviar e receber dinheiro do exterior, bem como a melhor opção para economizar, acesse o site da Remessa Online e confira serviços incríveis que vão contribuir muito para o seu planejamento financeiro!