Confira 15 dicas para evitar cair na malha fina da Receita Federal

por Andrea Cortes
3 minutos de leitura
Saiba o que é o Radar da Receita Federal

Todos os anos durante o período da declaração do Imposto de Renda, o maior medo de todos os contribuintes é cair na chamada malha fina, não é mesmo? Mas, afinal, você sabe de fato o que isso significa? 

Acompanhe agora todas as nossas dicas para você fazer a sua declaração do IR 2021 de forma segura e evitar problemas com a Receita Federal.

O que é malha fina?

De forma simples, “Cair na malha fina” significa que a sua declaração do Imposto de Renda não foi aprovada. Isso significa que ela não passou pelos rigorosos critérios de análise da Receita Federal. Mas e como funciona todo esse processo?

As declarações do IR são recebidas pela Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil (RFB) e são averiguadas de forma eletrônica por dispositivos próprios. A verificação começa assim que são recebidas as primeiras documentações.

Além disso, são consideradas informações não somente do contribuinte, mas de empresas, instituições financeiras e planos de saúde.

Sendo assim, havendo contradições e divergências entre os dados apresentados pelo cidadão e a complexa pesquisa realizada pela Receita Federal, o contribuinte terá caído na malha fina

Caí na malha fina, e agora?

Se você caiu na malha fina por encontrarem erros em sua declaração, ela ficará retida até que você solucione as inconsistências ou apresente a documentação faltante para que tudo seja devidamente esclarecido.

Segundo a legislação tributária, é permitido que os contribuintes façam as retificações necessárias desde que não tenha instaurado o procedimento fiscal.

Ou seja, antes que você receba alguma intimação ou notificação de lançamento. Em resumo, é importante que você se informe se caiu ou não na malha fina e realize as correções prontamente, evitando o início das fiscalizações.

Declaração de Imposto de Renda 2021:
Como declarar transferências internacionais.

Como corrigir a declaração do Imposto de Renda?

Para sair da malha fina, basta entrar no site Meu Imposto de Renda, o portal de serviços do IRPF, e procurar por um dos seguintes serviços:

  • Visualização das pendências da malha e orientações para solução;
  • Retificação online da declaração;
  • Extrato do processamento: informações detalhadas mesmo para quem não caiu na malha fina.

Lembre-se de observar atentamente o motivo pelo qual a sua declaração foi retida. Isso porque, a multa para quem cai na malha fina e não faz as devidas correções, pode ser de até 75% do imposto devido.

Imposto de Renda 2021: quem deve fazer a declaração do IR?

Dicas para não cair na malha fina!

Melhor ainda do que saber o passo a passo para corrigir sua declaração do Imposto de Renda, é evitar tais transtornos e fazê-la corretamente desde o início, concorda?

Confira agora as nossas 15 dicas para fazer a sua declaração de IR corretamente e evitar cair na malha fina:

  1. Faça a declaração com antecedência;
  2. Apresentar dados legítimos. Fraudar documentos é crime;
  3. Todas as informações devem ser coerentes com as da fonte pagadora;
  4. Se você optar pela declaração em conjunto, atente-se para registrar todos os rendimentos do seu cônjuge;
  5. Insira adequadamente todos os comprovantes de rendimentos;
  6. Declare todos os rendimentos tributáveis;
  7. Declare pensão alimentícia, se a tiver;
  8. Não coloque a mesma pessoa como dependente em mais de uma declaração;
  9. Lembre-se de declarar o seu plano de saúde e de seus dependentes;
  10. Não se esqueça das despesas com educação, exceto de cursos não autorizados pela legislação;
  11. Declare caso tenha sido premiado por loterias;
  12. Declarar todos os ganhos e perdas de capital ou de renda variável;
  13. Não declare doações a entidades assistências não autorizadas pela Receita Federal;
  14. Lembre-se de declarar imóveis ou outros bens que tenha no exterior;
  15. Cuidado com erros de digitação, pois o sistema da Receita Federal não identifica o sinal de ponto (.) como um separador de centavos, por exemplo.

Seguindo todas essas orientações, você certamente não vai cair na malha fina e vai evitar uma enorme dor de cabeça. Quanto mais rápido fizer a sua declaração sem quaisquer divergências, mais rápido terá a sua restituição no bolso.

Conclusão

Faça a sua declaração do Imposto de Renda com atenção redobrada para não cair na malha fina. A Receita Federal possui um sistema altamente qualificado para identificar incongruências nas informações prestadas. Sendo assim, siga todas as nossas dicas para apresentar a sua contribuição de forma simples e segura. 

Outra dica é declarar corretamente suas transferências internacionais. Veja neste artigo como declarar dinheiro recebido do exterior

Assuntos relacionados