Empreendedorismo digital: descubra como ganhar dinheiro online

por Remessa Online
3 minutos de leitura
O empreendedorismo digital permite ter uma renda a mais e até expandir seus negócios para o exterior. Com isso, você pode mudar de rumo na carreira.

Já pensou em investir no empreendedorismo digital? Veja o que caracteriza essa possibilidade e como ganhar dinheiro com ele.

Começar um negócio diferente e podendo trabalhar de casa, é o objetivo de milhares de pessoas. Aliás, 3,8 milhões de brasileiros já adotam o home office, segundo o IBGE. Muitos investem no chamado empreendedorismo digital.

A ideia é usar a internet para gerar negócios. Existem várias possibilidades, como redação, diagramação, marketing digital, venda de infoprodutos e mais. A grande vantagem desse modelo é que, mais do que ter liberdade e autonomia, você pode expandir para outros países e ganhar mais fazendo o mesmo serviço atual.

Achou interessante? Neste conteúdo vamos explicar melhor como funciona o empreendedorismo digital e de que forma aproveitar o mercado. Confira! 

O que é o empreendedorismo digital?

O empreendedorismo digital é um modelo de negócios que utiliza a internet para vender produtos ou serviços. Dentro desse escopo, existem várias possibilidades, inclusive com os e-commerces. Assim, você tem a chance de comercializar para diferentes lugares e atender novos clientes.

É importante entender que esse conceito está diretamente relacionado a uma empresa que funciona de maneira 100% digital. Assim, pouco importa se você é Microempreendedor Individual (MEI) ou uma companhia com 100 colaboradores. É preciso que a venda e a divulgação ocorra pela internet.

Qual seu impacto nos dias atuais?

No Brasil, 70% da população já está conectada à internet. Esse percentual representa 126,9 milhões de pessoas. Além disso, o e-commerce deve movimentar R$ 106 bilhões em 2020. Ainda que as perspectivas sejam alteradas devido à pandemia do coronavírus, é fato que existe um grande movimento de compras online.

Nesse cenário, ingressar no empreendedorismo digital é uma forma de ganhar dinheiro em um mercado sem fronteiras. As possibilidades são enormes, como:

  1. infoprodutos: são materiais consumidos de forma online. Você pode gerar o conteúdo ou ser um afiliado, que consiste em divulgá-lo;
  2. cursos a distância: é possível elaborá-los e vendê-los, de acordo com as suas competências e habilidades. Existem plataformas específicas para eles;
  3. e-commerces: consistem em plataformas de vendas de produtos ou serviços. Podem ser complementados com as lojas das redes sociais e os marketplaces. Esses se referem às plataformas que anunciam itens de diferentes marcas e pessoas, como o Mercado Livre.

Essas opções também têm um impacto na geração de renda. Com 12,3 milhões de desempregados no Brasil, o empreendedorismo digital por necessidade surge como uma alternativa viável.

O relatório Brazil Digital Report confirma essa informação. De acordo com o levantamento, mais de 39% da população economicamente ativa no Brasil trabalha em uma iniciativa empreendedora. Depois de terem essa experiência, muitos continuam com seus negócios por terem mais benefícios.

Ainda existem aqueles que aproveitam o empreendedorismo por oportunidade. Ou seja, pessoas que já têm o desejo de iniciar um negócio, mas não tiveram o “empurrão” necessário para isso. De toda forma, essa é uma alternativa em que você pode ganhar dinheiro sem sair de casa.

Quais são seus diferenciais no mercado?

As pessoas que desejam se aventurar no mundo do empreendedorismo digital, precisam considerar algumas características básicas desse mercado. A seguir, listamos as principais. Veja!

Inovação

A inovação ainda é uma dificuldade do brasileiro, como aponta o relatório Brazil Digital Report. É importante entender que nem todo empreendedor trabalha com essa característica, porque ela prevê a realização de algo diferente ou a renovação de um modo já existente. A ideia é atender às necessidades dos consumidores.

Flexibilidade no trabalho

O empreendedor digital trabalha por conta própria e, por isso, faz seus horários. Como a venda pode ocorrer a qualquer momento, é normal ter que trabalhar em períodos alternativos. Por outro lado, você pode se organizar para fazer o chamado horário comercial. Tudo depende do que você deseja.

Devido a essa flexibilidade, o profissional pode até atuar com projetos paralelos e ver no empreendedorismo digital um complemento de renda, como no caso dos freelancers. Nesse caso, os ganhos tendem a ser mais limitados, mas ainda é uma opção válida. Outros preferem viver como nômades digitais para conhecer mais lugares.

Investimento a custo baixo

Os negócios digitais, geralmente, não precisam de grandes investimentos iniciais. Você pode trabalhar de casa e sem contratar pessoas, o que reduz os seus custos de forma significativa. Em alguns casos, nem precisa de estoque. Assim, o seu foco passa a ser sua estratégia e a geração de vendas.

Ausência de fronteiras geográficas ou sociais

As barreiras geográficas deixam de existir no empreendedorismo digital. Você pode vender produtos ou prestar serviços para pessoas de qualquer lugar do Brasil e até mesmo para outros países. Isso traz mais oportunidades e leva até a um ganho maior, já que é possível receber em dólar, por exemplo.

Nesse contexto, é importante destacar o e-commerce. Por ser um comércio realizado de forma online, ele se enquadra nessa característica, mas prevê a entrega do produto na casa do consumidor.

A vantagem de optar por esse modelo é atender a um número maior de pessoas com praticidade e agilidade. Por isso, esse é um mercado forte, que vem ao encontro dos novos comportamentos dos consumidores. 

Como aderir ao empreendedorismo digital?

Começar seu investimento no empreendedorismo digital, depende da adoção de algumas boas práticas. Como todo negócio, é necessário se preparar para iniciar sua jornada. Essa medida ajuda a reduzir os riscos e ter mais chance de sucesso. Para saber o passo a passo, confira abaixo.

Elabore um plano de negócios

Desenvolva esse documento estratégico, que destaca a sua visão sobre o negócio e as análises sobre as possibilidades existentes. O plano de negócios serve como um guia, porque ele apresenta informações de mercado, clientes e concorrência.

Mais do que isso, cita seus objetivos de curto, médio e longo prazo. Com isso, fica mais fácil tomar decisões. O ideal é que ele seja o mais realista possível, inclusive na definição de metas.

Estude as opções para atuação

Defina em quais áreas pretende atuar. Como já apresentamos, existem várias possibilidades. Confira algumas das principais:

  1. produtor: cria conteúdos online, como e-books, podcasts, vídeo-aulas etc.;
  2. afiliado: divulga o produto de outras pessoas para receber uma comissão a cada venda realizada. É uma boa opção para quem deseja ganhar sem gerar materiais ou gerenciar estoque;
  3. e-commerce: prevê a venda de um produto, que é entregue na casa do consumidor por delivery, Correios ou transportadora;
  4. soluções tecnológicas: é possível criar uma startup com o objetivo de solucionar um problema existente. Pode vender serviços, aplicativos e softwares;
  5. influenciador digital: é a pessoa que cria autoridade em determinado segmento por meio de seus vídeos e conteúdos e ganha dinheiro com a exibição de anúncios e parcerias com marcas.

Aposte no marketing digital

Investir em estratégias de divulgação é fundamental. O marketing digital ajuda a vender mais e a atrair clientes. Além disso, você tem a chance de expandir seu negócio para o exterior. É só adotar algumas boas práticas:

  1. conheça o mercado: saiba o que é possível fazer, de acordo com cada país. Avalie as demandas e as necessidades por meio de uma pesquisa aprofundada;
  2. prepare seu site: crie uma versão em inglês do seu site e deixe as informações de suporte e contato visíveis;
  3. use as redes sociais: gere perfis em inglês para atender mais clientes. Atualize de forma frequente com conteúdo relevante para gerar engajamento;
  4. invista em anúncios: aposte na mídia paga para ter um retorno mais rápido. Essa é uma forma de atender mais pessoas.

Além disso, é importante ter uma forma de enviar e receber dinheiro do exterior. Aqui, vale a pena usar a Remessa Online, que realiza transferências por apenas 1,3% de custo, com taxa de câmbio comercial e no prazo de 1 dia útil. Assim, você expande a sua marca e ganha mais dinheiro sem se preocupar com gastos extras.

Agora você já entendeu o que é preciso para começar no empreendedorismo digital. As etapas a serem colocadas em prática são simples, mas exigem dedicação e esforço. Ao fazer isso, os resultados tendem a ser os melhores possíveis.

Gostou da possibilidade de prestar serviços para outros lugares? Confira os 5 melhores países para empreender no exterior e trace um plano de expansão! 

Resumindo

Como funciona o empreendedorismo digital?

A ideia é vender produtos ou prestar serviços pela internet. Isso permite ampliar seu negócio e também atender clientes no exterior.

Quais são os principais benefícios do empreendedorismo digital?

Você pode inovar, ter flexibilidade e autonomia no trabalho, faz um investimento a custo baixo e tem a chance de expandir para outros países.

Como ganhar dinheiro com empreendedorismo digital?

Para isso, é preciso ter uma estratégia bem elaborada, que passe pelo uso de redes sociais, mídias pagas, conhecimento do mercado e preparação de um site.

Assuntos relacionados