Libra Esterlina é impulsionada por avanços no Brexit

tendências para a libra esterlina

Após meses de incerteza política, saída do Reino Unido da União Européia parece estar caminhando para os detalhes finais, o que fortalece a Libra Esterlina mediante o real.

Após avanços importantes do primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, junto ao Parlamento Europeu em Bruxelas na quinta-feira, o desafio agora é aprovar sua lei de retirada da União Europeia na Câmara dos Comuns que votou três vezes contra a versão de sua antecessora. A sessão extraordinária para votação do projeto que chancela o Brexit está marcada para o sábado, 19/10.

Com o acordo sendo desenhado especialmente desde a semana anterior, a Libra abriu a semana cotada a R$ 5,1847. A moeda britânica seguiu trajetória de apreciação em relação ao Real que, por sua vez, tem perdido força por conta da crise política entre o presidente e seu partido. 

Contudo, muitas incertezas ainda rondam os termos do divórcio. Diversos parlamentares do Partido Trabalhista – que até então estavam contra o Brexit – começam a declarar apoio ao acordo de Johnson (similar ao de sua antecessora, Theresa May). Contudo, Johnson não tem maioria no Parlamento. E isso pode fazer com que o acordo ainda seja revertido até sua concretização.

Em meio a essas incertezas, a Libra Esterlina se manteve em uma trajetória de depreciação, sendo negociada no patamar de R$ 5,3549 na primeira hora do pregão de sexta-feira (18). Na semana, a depreciação do Real em relação à moeda britânica é de aproximadamente 3,28%.

Veja também as análises sobre o dólar e o euro.

André Galhardo é economista-chefe da Análise Econômica Consultoria, professor e coordenador universitário nos cursos de Ciências Econômicas. Mestre em Economia Política pela PUC-SP, possui ampla experiência em análise de conjuntura econômica nacional e internacional, com passagens pelo setor público.