O que é uma ordem de pagamento e como funciona?

Realizar transferências por ordem de pagamento pode ser um bom meio de fazer o dinheiro chegar ao destino de forma

ordem de pagamento

Realizar transferências por ordem de pagamento pode ser um bom meio de fazer o dinheiro chegar ao destino de forma rápida, segura e barata. Saiba mais sobre o assunto neste artigo!

A ordem de pagamento é uma autorização para que a retirada de uma quantia do banco com cheques ou remessas de valores seja feita dentro ou fora do país com prazo entre 48h e 7 dias para saque e que pode ser efetuada por meio de cheque internacional, ordem comercial ou ordem de pagamento cruzada.

Você sabe o que é uma ordem de pagamento e como ela funciona? Enviar dinheiro para o exterior ou até mesmo realizar um pagamento para quem não possui conta bancária são apenas alguns exemplos de ordem de pagamento. Com o passar dos anos, o termo ganhou um novo significado e passou a se integrar na evolução da tecnologia dos bancos.

Neste post você vai saber mais sobre o conceito, funcionamento, características e principais informações sobre o assunto nas principais agências bancárias do país. Acompanhe e entenda!

O que é uma ordem de pagamento?

A ordem de pagamento, ou ORPAG, nada mais é do que uma autorização para que a retirada de uma quantia do banco com cheques ou remessas de valores, seja feita sem problemas. Alguns bancos, porém, ainda reconhecem como ordem de pagamento apenas transferências feitas para não correntistas.

Uma das modalidades mais tradicionais de envio de dinheiro ao exterior é a ordem de pagamento, por isso ela é um tema relevante e que gera muitas dúvidas nos usuários de serviços de remessa internacional de dinheiro.

A ordem de pagamento e sua história 

Além de ser um recurso bastante prático e rápido, a ordem de pagamento acabada sendo uma opção que traz uma ótima segurança, especialmente no que diz respeito a depósito em contas bancárias. Isso também inclui transferências internacionais. Afinal, a maioria das ordens de pagamento é realizada online. 

grande parte das ordens de pagamento é feita online
grande parte das ordens de pagamento é feita online

Antigamente, era necessário preencher um formulário em forma de documento para fazer a transferência de dinheiros de uma cidade para outra. Esses documentos possuíam regras — de preenchimento e transmissão — que deveriam ser seguidas à risca.

Os bancos calculavam uma chave numérica que deveria ser decifrada na outra agência, para que então o saque pudesse ser feito. Além disso, ela era transmitida via rádio ou telefone e era feita dentro da própria instituição, ou seja, as ordens de pagamento eram transferências internas.

Nos dias de hoje, o que chamamos de ordem de pagamento são transferências efetuadas pelo sistema, que podem ser feitas internamente ou para instituições diferentes. O documento a ser preenchido também não é mais o mesmo, não necessitando do documento físico.

Embora o recurso esteja em desuso, ainda há pessoas enviando e recebendo ordens de pagamento. O que acontece é que, com o tempo, o termo acabou perdendo seu significado e foi atualizado, dando lugar a um processo e não a um nome específico.

O que era ordem de pagamento há alguns anos, não é mais utilizada nos dias de hoje. 

Por fim, podemos dizer, de modo mais abrangente que todas as operações que dão ordens para que uma quantia seja enviada para outra pessoa, como o TED ou DOC, por exemplo, podem ser chamadas de ordem de pagamento. 

Como funciona a ordem de pagamento hoje em dia 

Comumente utilizada para alguns pagamentos específicos, a ordem de pagamento serve bem a quem precisa pagar os cálculos de rescisão a um ex-funcionário sem conta bancária, envio de remessas de valores, pagamento de serviços e reembolso de compras.

Um cheque administrativo é uma ordem de pagamento, e se caracteriza pelo envio em dinheiro de uma pessoa para outra por meio de um cheque pertencente ao próprio banco emissor.

Para que um indivíduo consiga fazer uma transferência para outra pessoa, ele precisa escolher uma instituição financeira ou banco que disponibilize esse tipo de serviço para dar início ao processo.

Em alguns bancos, esse recurso só pode ser feito quando a outra parte que receberá a quantia não é correntista. Assim que a agência for escolhida, a pessoa deve ir até o local munidas dos seguintes documentos:

  1. nome completo; 
  2. RG, ou outro documento de identidade com foto (CNH, por exemplo); 
  3. CPF;
  4. contrato assinado.

O contrato assinado da ordem de pagamento 

O contrato é o da própria ordem de pagamento, que, aliás, poderá ser assinada no momento da transferência bancária. Junto aos documentos, a pessoa que fará a transferência deve levar o valor a ser enviado mais o correspondente às tarifas que varia de acordo com cada banco e instituição financeira.

para receber uma ordem de pagamento, é necessário que a pessoa que está fazendo a transferência assine um contrato para que o saque possa ser feito
para receber uma ordem de pagamento, é necessário que a pessoa que está fazendo a transferência assine um contrato para que o saque possa ser feito

Para assinar o contrato, é necessário fornecer os seguintes dados: 

  1. nome completo; 
  2. RG ou outro documento de identidade com foto; 
  3. CPF; 
  4. número do contato; 
  5. filiação.

Esses dados devem ser passados para a pessoa que receberá o dinheiro. Quando a ordem de pagamento for depositada diretamente em uma conta corrente ou poupança, a agência e número de conta dever ser fornecidos no momento da emissão da mesma.

Em seguida, o cliente que emitiu a ordem de pagamento deverá informar a outra parte que já é possível fazer o saque. Essa comunicação é importante para que quem esteja pendente de um recebimento, não espere tanto tempo para retirar o dinheiro.

Em alguns casos podem ser exigidos outros documentos pela instituição, por isso é importante consultar a instituição responsável pela operação, e verificar qual será o rol de documentos exigidos para a realização das suas operações. Isso reduz o risco de problemas e a necessidade de retrabalhos ou atraso no envio do seu dinheiro.

Como eu recebo a ordem de pagamento? 

Você pode receber em dinheiro, por meio do cheque ORPAG ou em débito direto na sua conta. 

Qual o prazo da ordem de pagamento? 

De forma geral, o prazo de saque de uma ordem de pagamento é de 48 horas, e um prazo limite de 7 dias.  

De modo geral, o prazo de saque de uma ordem de pagamento é de 48 horas chegando a um limite de 7 dias. Os valores de saque são, geralmente, superiores a R$ 1.000,00.

Esse prazo é importante para que a rotina de processamento da ordem de pagamento seja completa, bem como, as atualizações dos dados do banco e agência a receber o crédito — prazo essencial para que o sistema compreenda todos os passos das informações referentes ao cliente.

Tipos de ordem de pagamento 

Existem 3 variações de ordem de pagamento. Veja.

Cheque internacional 

Usado para transferências feitas para o exterior, emitido pela moeda local. No entanto, é mais comum que seja em dólar ou euro (conhecidas como moedas fortes). O cheque internacional consiste em um cheque pessoal emitido por uma pessoa física.

Vale lembrar que a troca do cheque internacional exige a comprovação dos recursos e que a taxa de câmbio de turismo, é a utilizada na conversão. No caso de cheques até 1500 dólares, o dinheiro é liberado na hora, mas acima desse valor, o prazo é de até 45 dias de acordo com legislação brasileira.

O cheque internacional pode ser trocado nas seguintes moedas:

  1. dólar Americano – USD (Apenas os sacados nos Estados Unidos);
  2. dólar Australiano – AUD (Apenas os sacados na Austrália);
  3. dólar Canadense – CAD (Apenas os sacados no Canadá);
  4. euro – EUR (Apenas os sacados na União Europeia);
  5. libra Esterlina – GBP (Apenas os sacados na Inglaterra).

Ordem comercial 

Emitida por uma empresa ou entidade que precisa enviar dinheiro, a uma conta bancária em outro país.

Ordem de pagamento cruzada 

Facilita o pagamento por meio de conta corrente, para que não seja necessário usar dinheiro em espécie.

Dicas de segurança

O saque da ordem de pagamento, ocorre em dinheiro e é comum o recebedor sair com o dinheiro no bolso. 

Em algumas localidades isso é até possível, mas o recomendável é cuidar da segurança, em todos os sentidos, para evitar transtornos ou ações mal-intencionadas.

Vão aí algumas dicas para se precaver e cuidar da segurança:

  • esteja acompanhado quando for realizar o saque;
  • escolha uma agência conhecida, onde já esteja acostumado fazer algum tipo de transação;
  • não conte a ninguém que você está indo sacar dinheiro;
  • para não chamar a atenção, realize no caixa o pagamento de algumas contas;
  • tenha um comportamento natural dentro e fora da agência;
  • peça discrição ao caixa;
  • não pare pelo caminho, indo direto para casa.

Vale a pena usar a ordem de pagamento? 

Atualmente, a ordem de pagamento é mais utilizada para quem precisa ou quer transferir dinheiro aos países do exterior. No entanto, algumas opções de transferência online são mais seguras e mais baratas, o que faz com que a operação seja deixada de lado.

Mas ainda é útil àqueles que não são correntistas e precisam receber algum tipo de pagamento por serviços realizados. Além disso, o custo da ordem de pagamento é bastante atrativo para quem trabalha com transferências.

Quando se pergunta quais as vantagens da ordem de pagamento, vale destacar principalmente a sua segurança, já que é uma operação 100% segura e que não oferece qualquer risco para o cliente da instituição.

Como ela funciona nas instituições bancárias mais tradicionais?

Elencamos a seguir o funcionamento desse tipo de operação em algumas instituições bancárias conhecidas. Confira!

Banco do Brasil

No Banco do Brasil o valor da transferência realizado por meio de uma Ordem de Pagamento, fica disponível para retirada pelo beneficiário no mesmo dia. Confira algumas regras da instituição:

  • para receber a ordem de pagamento o beneficiário não precisa ser correntista do banco;
  • é possível receber em dinheiro ou por meio de cheque de ordem de pagamento, em qualquer agência BB.

Banco Bradesco

O Banco Bradesco oferece aos brasileiros em trânsito no exterior e residentes fora do país, serviços de envio de ordem de pagamento. A instituição disponibiliza aos clientes interessados um formulário modelo que deve ser preenchido com todos os dados para operacionalizar a ordem de pagamento.

Os clientes do Banco Bradesco, também conseguem realizar o envio de ordem de pagamento ao exterior para pessoa física por meio do aplicativo Bradesco Internet Banking.

É importante destacar que para o envio do dinheiro, é necessário ter em mãos os seguintes dados do beneficiário: nome completo, endereço, número de agência e conta e código swift do banco.

Caixa Econômica Federal

A Caixa Econômica Federal oferece o serviço de pagamento ao fornecedor, que permite o agendamento de pagamentos de forma rápida e simples. Entretanto, para usar o serviço é necessário ser correntista do banco e ter um convênio específico para realizar o uso do serviço.

Os documentos necessários para sacar a ordem de pagamento, podem variar de banco para banco e agência para agência. Por isso, antes de realizar a operação, é interessante consultar as regras junto ao banco ou empresa que vai realizar o serviço.

Banco Itaú

O banco Itaú foi uma das primeiras instituições bancárias a oferecer o serviço no Brasil. Você pode realizar o serviço diretamente pela internet, se for cliente ou em uma agência bancária. No site da instituição, é possível consultar e o rastrear a ordem de pagamento.

Vale destacar que operações de ordem de pagamento, podem ter várias taxas atreladas a ele, como por exemplo: Taxa de envio, Imposto sobre Operações Financeiras, Taxa de Câmbio e Custos Swift. O cliente deve analisar individualmente cada custo, e verificar com calma antes de escolher a instituição financeira responsável pela operação.

Como escolher a melhor opção para fazer uma ordem de pagamento? 

Taxas 

É importante que, sempre que você for escolher uma instituição financeira ou banco para fazer operações, você fique de olho nas taxas cobradas. Como sabemos, grande parte delas costuma ser bastante abusiva.Isso quer dizer que, nos casos de transferências internacionais, não basta levar em conta apenas o IOF e o valor que será depositado — tenha sempre em mente a somatória de todas as taxas cobradas pelo serviço.

tenha em mente todas as taxas que serão cobradas para fazer a ordem de pagamento
tenha em mente todas as taxas que serão cobradas para fazer a ordem de pagamento

Credibilidade e segurança

Como vimos ao decorrer do artigo, as transferências feitas online costumam ser mais baratas. Por isso, também são as mais procuradas. Isso pode ser um problema, caso você não saiba a procedência do site e da empresa.

Procure por empresas especialistas em transferências utilizando ordem de pagamento, que tenham total condição de oferecer suporte e segurança, além de excelentes taxas e qualidade de serviços.

A Remessa Online, por exemplo, é credenciada pelo Banco Central do Brasil para intermediar transferências internacionais. O que quer dizer que além de taxas mais baixas, também apresenta grande segurança para seus clientes.

Não deixe, também, de sempre conferir se ao lado da barra de endereços do seu navegador você encontra um cadeado fechado. Isso significa que o site é protegido e criptografado.

Se você gostou deste post e precisa realizar algum pagamento ou transferência para o exterior e está em busca de uma solução rápida, segura e eficiente, visite o site da Remessa Online e conheça todas as nossas soluções e funcionalidades!

Resumindo:

O que é uma ordem de pagamento?

A ordem de pagamento é uma autorização para que a retirada de uma quantia do banco com cheques ou remessas de valores seja feita dentro ou fora do país, que normalmente são destinadas a não correntistas, mas que atende a outros tipos de demanda.

Quais são os tipos de ordem de pagamento?

1- Cheque internacional
2 – Ordem comercial
3 – Ordem de pagamento cruzada

Qual é o prazo da ordem de pagamento?

O prazo de saque de uma ordem de pagamento é de 48 horas chegando a um limite de 7 dias. Os valores de saque são, geralmente, superiores a R$ 1.000,00.

Quais são as taxas e custos atrelados ao serviço?

Taxa de envio, Imposto sobre Operações Financeiras, Taxa de Câmbio e Custos Swift. O cliente deve analisar individualmente cada custo e verificar com calma antes de escolher a instituição financeira responsável pela operação.

Como escolher a melhor opção de banco ou empresa para realizar as operações?

Você deve avaliar as taxas, bem como a credibilidade e segurança da empresa.