Como transferir dinheiro para outro país: confira o passo a passo

por Andrea Cortes
3 minutos de leitura

Com o mundo cada vez mais globalizado, certamente muitas pessoas precisam transferir dinheiro para outro país, seja fazer pagamentos de produtos ou serviços. Entre as opções disponíveis no mercado, a Remessa Online é uma forma segura, rápida e bastante econômica. 

Acompanhe no artigo abaixo o passo a passo para transferir dinheiro para o exterior com rapidez e economia. Vamos lá?

Como transferir dinheiro para outro país?

Quem precisa transferir dinheiro para outro país, não quer perder dinheiro nem tempo nesse processo, não é mesmo? Ainda que seja possível fazer essa operação com os bancos tradicionais, essa opção costuma ser mais cara e demorada. 

Por isso, a Remessa Online surgiu para quem deseja fazer transferências internacionais de forma prática, rápida, segura e, claro, econômica.

Ela também atende todos os públicos. Além de pessoas físicas, é possível enviar dinheiro como pessoa jurídica com o Remessa Online for Business. E não é só isso. A Remessa Online for Startups conta com soluções exclusivas para startups que ainda têm dúvidas sobre como transferir dinheiro para outro país.  

Passo a passo para transferir dinheiro para outro país

É muito simples saber como transferir dinheiro para outro país. Para começar, basta fazer o cadastro gratuito no site da Remessa Online. Após ter seu acesso liberado, siga o passo a passo:

  1. Entre no site ou aplicativo da Remessa Online e faça seu login;
  2. Clique no campo “Enviar dinheiro”;
  3. Informe a conta que o dinheiro será enviado. Também indique se é para a mesma titularidade ou para terceiros;
  4. Escolha o motivo da transação. Serão apresentadas diversas razões, escolha a que melhor se aproxima da sua. Dependendo da opção escolhida, será necessário anexar alguns documentos adicionais; 
  5. Preencha os dados da transferência, indicando o valor que será enviado e em qual moeda. Na plataforma, é possível enviar dinheiro em nove moedas;
  6. Preencha os dados do beneficiário (nome, país, dado da conta bancária e código SWIFT). 
  7. Se desejar, você pode dar um nome para a sua operação. Assim, os dados ficarão gravados para futuras transações;
  8. Aguarde a aprovação;
  9. Pague pela transação, fazendo uma transferência TED para a conta indicada e anexe o comprovante;
  10. Aguarde a confirmação do pagamento;
  11. Espere que em até um dia útil o dinheiro irá cair na conta do beneficiário.
Quais os impostos de uma transferência internacional?

Documentos adicionais

Como dissemos no passo 4, dependendo do motivo da transferência, você terá que anexar um documento que comprove as razões da transação para que ela seja aprovada. Essa é uma exigência do Banco Central, a fim de garantir mais segurança para os usuários. 

Os documentos que devem ser anexados irão depender do motivo da operação. Veja alguns exemplos:

  • Pagamento por serviços do exterior: Invoice e contrato de prestação de serviço;
  • Pagamento por importação: Invoice, conhecimento de embarque (BL, AWB ou CRT) – para importação à vista ou DI (Declaração de Importação) ou DUIMP (Declaração Única de Importação) – para importação a prazo;
  • Pagamento de cursos no exterior: Invoice ou um contrato de prestação de serviços educacionais;
  • Investimentos: Comprovante de abertura da conta de investimento no exterior que inclua o número da conta e o nome do titular;
  • Compra de imóvel: Contrato de compra e venda de imóveis;
  • Pagamento de aluguel no exterior: contrato de locação assinado pelas partes envolvidas.

É importante lembrar que para transferências entre pessoas físicas não é necessário anexar documentos adicionais

Quanto pagar para transferir dinheiro para outro país?

Viu como é fácil transferir dinheiro para outro país com a Remessa Online? Além da praticidade, o processo também é muito econômico. Isso porque, além de taxas mais baratas, a plataforma utiliza o câmbio comercial. Isso significa que não tem margem de lucro para fazer a conversão das moedas. 

A plataforma tem um custo de operação a partir de 1,3% sobre o valor enviado para a maioria das moedas.  Já para dólar canadense, dólar australiano, libra esterlina e franco suíço essa taxa é cobrada de forma regressiva, variando de 1% a 1,9%. Ou seja, quanto maior a quantia, menor é o valor.

Além disso, é cobrado uma pequena tarifa bancária, gratuita dependendo da operação e do valor transacionado.  E, por fim, é cobrado o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), tributo obrigatório que pode ser de:

  • 1,1% para transferências entre contas da mesma titularidade;
  • 0,38% para envios para contas de terceiros.

Conclusão

Agora que você já sabe como transferir dinheiro para o exterior, lembre-se de separar os documentos necessários e contar com a Remessa Online que oferece os melhores custo-benefício para você. 

Também, confira nosso artigo para saber mais dicas para realizar as suas transferências internacionais com segurança

Assuntos relacionados