Você sabe quais são as diferenças entre DOC e TED?

Você sabe o que diferencia as transferências bancárias TED e DOC? Entende qual é mais vantajosa? Neste post vamos explicar os dois modelos e ainda indicar se é possível receber uma transferência internacional nas duas modalidades.

Saiba quais são as diferenças entre DOC e TED

Você sabe o que diferencia as transferências bancárias TED e DOC? Entende qual é mais vantajosa? Neste post vamos explicar os dois modelos e ainda indicar se é possível receber uma transferência internacional nas duas modalidades.

Você já pensou em fazer DOC e TED para remessas internacionais? Neste post explicamos como as duas operações funcionam, quais são suas características e o que vale mais a pena para enviar e receber dinheiro do exterior.

Se você já precisou fazer uma operação financeira, teve que escolher entre DOC e TED. As duas transações têm a mesma finalidade: passar dinheiro de uma conta-corrente ou poupança para outra. No entanto, o funcionamento dessas alternativas é diferente.

Que tal saber mais? Continue lendo!

DOC e TED são operações similares, mas com algumas características diversas. Veja qual delas é mais interessante, inclusive para remessas internacionais.
Tanto TED quanto DOC são modalidades de transferências bancárias. A maior diferença entre as duas é o limite de dinheiro enviado por cada uma delas.

Afinal, o que é DOC e TED?

DOC e TED são tipos de transferências de dinheiro, que podem ser entre contas de mesmo destinatário ou não e envolver uma ou mais instituições financeiras. Nos dois casos, você também precisa ter as mesmas informações para realizar a transação, ou seja, nome do destinatário, CPF ou CNPJ, dados bancários e tipo de conta.

Apesar dessa similaridade, as duas operações apresentam diferenças. O Documento de Ordem de Crédito (DOC) consiste na transferência de dinheiro no valor máximo de R$ 4.999,99. Ele é dividido em dois tipos:

  1. DOC E: voltado para as transações entre contas bancárias de diferentes titularidades;
  2. DOC D: direcionado para o repasse de dinheiro entre contas de mesma titularidade.

Por sua vez, a Transferência Eletrônica Disponível (TED) envolve a remessa de dinheiro de qualquer valor. Essa operação é obrigatória para todos os envios que ultrapassam R$ 5.000. Da mesma forma que o DOC, existem dois tipos de transações:

  1. TED E: envolve contas bancárias de diferentes titularidades;
  2. TED D: é realizado entre contas do mesmo titular.

Como o DOC funciona?

Para fazer um DOC, você deve entrar no internet banking ou ir a um caixa eletrônico ou agência física e informar a natureza da operação, que pode ser crédito em conta-corrente, pensão alimentícia ou pagamento de fornecedores.

Além disso, precisa informar os dados do beneficiário, que abrangem CPF ou CNPJ, informações bancárias completas e tipo de conta, que pode ser corrente ou poupança. O limite de envio é de R$ 4.999,99. No entanto, não há piso de valor a ser enviado.

O dinheiro sai da sua conta-corrente no momento em que autorizou a operação. Porém, só chega na conta de destino no dia útil seguinte. Isso acontece devido ao tempo de compensação.

A exceção é a realização do DOC após às 21h59min. Nesse caso, o dinheiro vai demorar 2 dias úteis para entrar na conta-corrente do destinatário. Para entender melhor, veja os exemplos:

  1. se fizer o DOC às 16h do dia 13 de janeiro de 2020, uma segunda-feira, o dinheiro sai da sua conta no dia 13 e entra na do destinatário no dia 14 de janeiro de 2020;
  2. se for realizado às 22h50min do dia 13 de janeiro de 2020, o dinheiro sai da sua conta no dia 13 e entra na do destinatário no dia 15 de janeiro de 2020.

O DOC pode ser utilizado tanto por pessoas físicas quanto jurídicas. A operação sofre a incidência de cobrança, mas o valor é variável. Tudo depende do seu banco. Existem contas, inclusive, que isentam o pagamento da transferência.

Se você tem dúvidas sobre a cobrança, é importante consultar o seu pacote de serviços na instituição financeira. A dica é fazer a operação pelos caixas eletrônicos ou pela internet, já que a taxa costuma ser mais baixa. De todo modo, a taxa costuma ficar entre R$ 9 e R$ 22.

Transferências bancárias costumam ser bem mais baratas quando realizas pelo internet banking ou pelo app.
Transferências bancárias costumam ser bem mais baratas quando realizas pelo internet banking ou pelo app.

Como a TED funciona?

A TED é realizada da mesma forma que o DOC, ou seja, pela agência física, caixa eletrônico ou internet banking. Também será necessário ter os dados do beneficiário. Não existe limite de valor, mas todas as transferências acima de R$ 5.000 são executadas pelo modo eletrônico de forma obrigatória.

A principal vantagem da TED em relação ao DOC — e uma das maiores diferenças — é o tempo de término da operação. Se for realizada até as 17h (ou o limite estabelecido pelo banco), o dinheiro sai da sua conta e entra na do destinatário no mesmo dia, desde que seja dia útil.

Aliás, o prazo de um banco para outro é de apenas alguns minutos — não demora 1 hora. Se a quantia for transferida após o horário delimitado pela instituição financeira, vai entrar somente no próximo dia útil.

As tarifas são as mesmas do DOC na maioria dos bancos. Por isso, vale a pena consultar o seu banco.

Caso queira cancelar a operação, nem DOC nem TED oferecem essa alternativa. O processo ocorre de forma automática se houver divergência de dados do banco, da agência, da conta e do CPF ou CNPJ. Nesse caso, a quantia é devolvida no mesmo dia para TED e demora até 2 dias para DOC.

Se o erro for relacionado ao valor da transferência, a operação é realizada, sem possibilidade de cancelamento. Nesse caso, é importante conversar com o destinatário para solicitar o reembolso do que foi enviado a mais.

Existem alternativas para receber dinheiro do exterior?

Tanto DOC quanto TED permitem receber remessas internacionais. O custo da transação varia conforme o seu banco. Como é elevado, geralmente, é mais fácil utilizar outras plataformas, como a Remessa Online.

Por meio dela, é possível realizar transações de envio e recebimento de dinheiro, usando o câmbio comercial – mais barato que o câmbio turismo. O custo da transação é o mais baixo do mercado, apenas 1,3%.

Além disso, é cobrado o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) de 0,38%. Com isso, o envio de R$ 1.000 no dia 13 de janeiro de 2020 tem uma cotação de R$ 4,1339 e um Valor Efetivo Total (VET) de R$ 4,2285. Com isso, a pessoa recebe 236,49 dólares.

Para fazer o cadastro simples, basta acessar o site da Remessa Online e preencher seu nome, seu CPF, seu e-mail e sua senha. Por sua vez, o completo exige apresentação de documento de identidade, comprovante de residência, declaração e recibo de entrega de Imposto de Renda (IR) atualizado e ficha cadastral assinada.

Assim, ao optar pela Remessa Online, você paga menos encargos do que aconteceria com os bancos. Isso porque o câmbio utilizado é o comercial e não existem custos escondidos ou embutidos.

Com essas informações, você já sabe o que é DOC e TED, bem como entende o que é necessário para fazer as suas transferências internacionais. Se optar pela Remessa Online, pode fazer sua simulação direto no site para verificar as condições.

Então, que tal começar a enviar e receber dinheiro do exterior? Aproveite para ver outras dicas relevantes para essas operações seguindo nossos perfis no Facebook, no LinkedIn e no Twitter.

Resumindo:

O que é TED?

Transferência Eletrônica Disponível (TED) é um tipo de transferência bancária que, se realizada até as 17h, cai na conta do destinatário no mesmo dia útil. Não existe limite de envio pelo TED.

O que é DOC?

Documento de Ordem de Crédito (DOC) é um tipo de transferência de dinheiro cujo valor máximo pode ser de R$ 4.999,99. O dinheiro tem até 1 dia útil para ser enviado para a conta do destinatário.

O que é mais barato TED ou DOC?

Os valores costumam ser iguais. Para ter informações mais específicas, é preciso consultar o seu banco.

Quanto tempo leva para um DOC cair na conta?

O DOC leva 1 dia útil para o dinheiro chegar na conta do destinatário. Se a transferência for feita depois das 21h59min, pode demorar até 2 dias úteis.

Quanto tempo leva para um TED cair na conta?

Se a transferência for feita até as 17h (ou até o fim do expediente bancário do seu banco) ele cai no mesmo dia (em cerca de 30 minutos). Se for feita após as 17h, cai na conta no início do expediente bancário no dia útil seguinte.