People Per Hour: O que é, Tipos de Trabalho e Como Cadastrar

por Remessa Online
3 minutos de leitura

Você já ouviu falar no PeoplePerHour? Esse é um serviço de oportunidades freelancers para profissionais autônomos de diversas áreas. 

A plataforma conecta as empresas aos profissionais freelancers e dá suporte durante a negociação. Se você deseja contratar ou oferecer seu serviço, vale a pena conhecer essa opção e comparar com outras plataformas concorrentes.

Para quem quer receber em dólar ou em outra moeda para aumentar ainda mais a renda, essa é uma oportunidade para receber em outras moedas, já que está disponível para empresas e profissionais de todo o mundo.

Confira a seguir como funciona o PeoplePerHour, como é feito o pagamento, se vale a pena e como o site é avaliado pelos profissionais.

O que é o PeoplePerHour?

O PeoplePerHour (PPH) é uma plataforma de oportunidades freelancers para profissionais autônomos do mundo todo. 

A empresa foi fundada em 2007, com sede no Reino Unido, mas o serviço é totalmente on-line. Qualquer pessoa pode se cadastrar e começar a utilizar o serviço para encontrar oportunidades freelancers.

Esse serviço é bastante similar a outras plataformas de vagas freelancer, pois cumpre o papel de conectar os melhores profissionais freelancers com empresas que precisam de apoio de profissionais autônomos em projetos ou demandas pontuais.

Para os brasileiros, é uma plataforma interessante pela oportunidade de encontrar trabalho em empresas do exterior e receber em dólar, aumentando ainda mais a renda no fim do mês.

Assim como outros sites concorrentes, a maioria das oportunidades são para profissionais de comunicação, marketing, tradução, tecnologia, programação, mídia social e data science. 

O PeoplePerHour é seguro?

Sim, a plataforma deixa todas as informações transparentes em relação ao método de pagamento e histórico de negociação entre freelancers e empresas contratantes para garantir que ambas as partes estejam protegidas.

Para as empresas, a plataforma torna mais segura a contratação ao apresentar perfis de freelancer completos, com avaliações, espaço para links externos e portfólio. 

A plataforma também aconselha que dados pessoais não sejam compartilhados antes de negociações ou que pagamentos sejam realizados. Endereços, telefone pessoal, dados bancários e outros detalhes não são recomendados que sejam compartilhados.

Toda a negociação e entrega do trabalho é feita e acompanhada pela própria plataforma PPH.

Diante de algum problema, dúvida ou denúncia, é possível contar também com a equipe de Suporte ao Cliente da plataforma.

Como funciona o People per hour?

peopleperhour oportunidade freelancer 1024x683 - People Per Hour: O que é, Tipos de Trabalho e Como Cadastrar

O trabalho na PeoplePerHour funciona de forma muito semelhante a de outras plataformas de serviços freelancers. No site, a empresa se cadastra para divulgar uma proposta ou para encontrar o freelancer através dos filtros de perfis da plataforma.

O freelancer, ao encontrar uma oportunidade dentro de sua área, pode enviar uma proposta para a empresa, que irá avaliar a oferta.

Um diferencial destacado na plataforma é a possibilidade de selecionar os freelancers por localização. Dessa forma, os contratantes conseguem encontrar pessoas da sua área local permitindo até mesmo, futuramente, uma contratação na empresa.

Esse filtro é um ótimo diferencial se o projeto exigir o profissional fisicamente, mas em atividades remotas, talvez não seja a opção mais interessante para ambas as partes.

No site, as ofertas aparecem em valores predefinidos pelos profissionais, a partir de  £ 10.

A empresa pode optar por escolher a oferta do profissional, para testar e avaliar o trabalho do freelancer. Ao gostar e ficar satisfeito, ele também pode solicitar o profissional em um projeto de acompanhamento mais duradouro.

Para as empresas, o PeoplePerHour é uma plataforma vantajosa porque permite encontrar profissionais qualificados, avaliar o portfólio e negociar uma parceria para projetos pontuais, sem precisar contratar um profissional temporário ou contratar uma agência.

Do lado dos freelancers, se torna vantajoso porque é mais uma janela de oportunidades para conquistar mais clientes.

Os trabalhos podem ser contratados por apenas uma hora ou mais, conforme for necessário.

Para se cadastrar na plataforma, não é necessário pagar nenhuma taxa e nem mensalidade. No entanto, o site tira uma porcentagem de 3,5% na comissão por transação, ou seja, por cada demanda concluída.

Como criar uma conta PeoplePerHour?

O passo a passo para se cadastrar na plataforma é bem simples. Confira:

  1. Acesse o site www.peopleperhour.com;
  2. Clique no canto superior do site em “Inscrever-se”;
  3. Escolha entre as opções “Eu quero contratar um freelancer” ou “Eu quero trabalhar como freelancer“;
  4. Você pode escolher entre  se cadastrar com o login do Facebook ou do seu E-mail. Pronto.

De acordo com sua escolha de cadastro como freelancer, continue preenchendo as demais informações solicitadas pela plataforma para deixar o seu perfil profissional o mais completo possível.

Além de colocar descrição, foto, nome e habilidades, link também para seu site profissional, portfólio ou LinkedIn, para deixar seu perfil com mais credibilidade.

Avaliações

É possível conferir a avaliação da plataforma através do próprio site do PPH. Eles divulgam alguns comentários de freelancers e empresas que utilizam o serviço e a nota do site no Trustpilot.

No Web site Planet também é possível conferir um review da plataforma e avaliações de outros usuários, com o feedback em relação ao modelo de trabalho, recursos, facilidade de uso, suporte e preço.

Por fim, existe ainda a possibilidade de conferir a nota da plataforma e comentários ao fazer o download, tanto na Apple Store quanto na Google Play.

Quais são as categorias de trabalho que o PeoplePerHour oferece?

No PeoplePerHour, existem 9 categorias centrais e dentro delas diversas segmentações para áreas específicas de trabalho. Em predominância, destacam-se as áreas de tecnologia e programação, marketing digital, vendas e redação, que são as mais comuns entre os sites freelancers:

Redação e tradução

Na categoria de redação e tradução, o profissional pode realizar trabalhos pontuais ou participar de projetos de transcrição.

As principais oportunidades são para produção de conteúdo para revistas, blogs, sites e livros, escrita técnica, redação de pesquisa acadêmica, revisão, escrita criativa, ghostwriting e produção e revisão de currículos e cartas de apresentação (cover letter).

Mídia social

peopleperhour categoria midia social 1024x683 - People Per Hour: O que é, Tipos de Trabalho e Como Cadastrar

No PeoplePerHour, os profissionais que trabalham com gestão e produção de conteúdo para redes sociais encontram oportunidades para trabalhar com as principais mídias sociais do momento, além de trabalhos como estratégia de mídia social, monitoramento, gestão e análise de resultados.

Marketing Digital

A área de marketing digital é bastante abrangente, por isso, nessa categoria o profissional freelancer encontra oportunidades em diversas vertentes. 

As principais propostas são para trabalhar com SEO, Adsense, Web Analytics, SEM, Adwords, CRO, marketing de conteúdo, Growth Hacking, e-mail marketing, marketing para e-commerce, marketing de influenciadores, conteúdos virais, podcasts para empresas e produtos etc.

Edição de vídeos e fotos

A plataforma também disponibiliza uma categoria para os profissionais do audiovisual. Dentro dessa seção, é possível encontrar oportunidades para quem trabalha com fotografia profissional publicitária, fotojornalismo, videomaker, edição de foto e vídeo.

Edição de música e áudios

Essa categoria da plataforma é bastante diferente, pois envolve diversas áreas que as pessoas geralmente não imaginam ter espaço para os freelancers.

As áreas da categoria incluem serviços para:

  • Compositores de música e letra;
  • Escrita lírica; 
  • Cantores; 
  • Arranjo musical; 
  • Afinação vocal; 
  • Transcrição de música;  
  • Mixagem de áudio e som; 
  • Edição de áudio e som; 
  • Treinamento e coaching vocal; 
  • Dublagem; 
  • Produção musical;  
  • Dj; 
  • Podcast;
  • Audiolivros etc.

Vendas

A categoria de vendas envolve também atividades de marketing e branding. As principais áreas de atuação no site são para arrecadação, relações públicas, estratégia de pesquisa, eventos, marketing de fidelidade, prospecção de clientes e pesquisas de satisfação.

Design

Assim como a área de tecnologia, a categoria de Design é bastante frequente em todas as plataformas freelance. Na PeoplePerHour, as áreas de atuação são divididas em:

  • Design gráfico; 
  • Design de logotipo; 
  • Produção de cartões e papelaria; 
  • Diagramação de livros e revistas; 
  • Rótulos; 
  • Fontes e tipografia; 
  • Ilustração e desenho; 
  • Cartoon; Animação; 
  • Design de moda; 
  • Web Designer; 
  • Design de interior; 
  • Design 3D etc

Tecnologia e Programação

peopleperhour programacao e tecnologia 1024x683 - People Per Hour: O que é, Tipos de Trabalho e Como Cadastrar

Sem dúvidas, a área de Programação e Tecnologia é uma das que mais se destacam no mercado freelancer. É um reflexo da demanda por profissionais qualificados, mas que acabam tendo um custo alto no orçamento das empresas em contratação efetiva.

Na PeoplePerHour, as oportunidades se dividem nas seguintes áreas:

  • Programação e codificação; 
  • Data Science; 
  • Banco de dados; 
  • Desenvolvimento de aplicativos;  
  • Teste de software, 
  • Desenvolvimento de CMS; 
  • Desenvolvimento de sites; 
  • Desenvolvimento de jogos etc.

Administração, gestão e finanças

No PeoplePerHour, as empresas podem também encontrar profissionais freelancers na categoria de Negócios, para contabilidade de finanças, consultoria e assessoria tributária, desenvolvimento de gestão e assistência em processos administrativos.

Como funciona o pagamento da PeoplePerHour?

Para proteger a empresa e o freelancer, o PeoplePerHour conta com o sistema de pagamento em depósito, o PeoplePerHour Wallet. 

A empresa contratante, ao fechar a negociação com o freelancer, tem o valor do serviço debitado em seu cartão de crédito e esse saldo fica bloqueado na plataforma, até que o freelancer entregue o trabalho e o cliente sinalize que o que foi combinado está entregue.

Após finalizado o projeto, é muito fácil. O saldo é liberado para o freelancer de forma imediata após o contratante sinalizar que ficou satisfeito com o serviço.

Se por alguma razão houver algum conflito ou insatisfação com o que foi entregue, se o saldo não for liberado mesmo com a finalização do projeto, é necessário entrar em contato com a equipe de suporte ao cliente.

Como a Remessa Online pode te ajudar com o trabalho freelancer?

Através da Remessa Online, você como freelancer, empreendedor ou contratado de empresas do exterior consegue receber seu pagamento com rapidez, segurança e as menores taxas do mercado.

Receber e enviar dinheiro para o exterior é muito mais fácil com o serviço disponibilizado pela Remessa Online. 

Em poucos minutos, você realiza seu cadastro e começa a realizar transações internacionais com o prazo de recebimento de, no máximo, 2 dias úteis. O prazo geralmente é muito mais rápido.

O cadastro na plataforma é gratuito e todas as taxas e impostos presentes na operação são transparentes. Você pode conferir como funciona realizando uma simulação no próprio site, sem precisar se cadastrar.

Além de receber em libra, pelo Peopleperhour, você pode receber dinheiro em dólar e várias outras moedas. 

Veja como é fácil fazer transferências internacionais com a Remessa Online.

Receba dinheiro do exterior com melhores taxas e prazos!

Conclusão: Vale a pena trabalhar na People per hour?

Como freelancer, uma estratégia interessante para conseguir sempre mais oportunidades é estar ativo em mais de uma plataforma. Por isso, vale a pena conhecer a PeoplePerHour se você deseja ter mais uma janela de oportunidades para trabalhar para empresas do exterior e receber em outra moeda.

No entanto, vale a pena considerar tanto os lados positivos como os pontos negativos destacados por quem já utiliza a plataforma.

Uma queixa comum é que o site gera muito Spam, assim como outras plataformas do segmento, o que acaba dificultando para os profissionais e empresas.

Outro ponto a ser considerado é que a plataforma possui uma avaliação inferior em relação aos concorrentes, como o Upwork, Fiverr e Guru.

De modo geral, vale a pena conhecer as funcionalidades e até mesmo realizar um teste. Para se destacar, invista um bom tempo personalizando seu perfil e realize boas propostas.

Para ser encontrado com facilidade, use títulos fáceis e atrativos, com palavras-chaves para a sua área de trabalho. Além disso, lembre-se de deixar seu portfólio sempre atualizado. 

Para receber os pagamentos da plataforma, não tem complicação. Você pode receber dinheiro do exterior com facilidade pela Remessa Online.

Assuntos relacionados