O sistema educacional americano vale a pena para seus filhos?

O sistema educacional americano vale a pena para seus filhos

Os Estados Unidos é um dos destinos favoritos de muitos brasileiros que decidem morar fora do país. Com uma economia estável e excelentes oportunidades de trabalho, ele se tornou uma boa opção para quem busca educação de qualidade. Mas o sistema educacional americano vale a pena para seus filhos? Descubra neste artigo.

Se você pretende morar nos Estados Unidos, certamente já pesquisou diversos aspectos relacionados à rotina de vida em território norte-americano. A documentação necessária, os vistos exigidos, as regras para obtenção de green card e os requisitos para morar e trabalhar de forma legal são apenas alguns aspectos que devem ser avaliados antes da mudança.

Além disso, se você têm família  — ou tem planos de ter filhos — também deve considerar a necessidade de pesquisar a respeito do sistema educacional americano, e suas principais características. 

Neste artigo, montamos um panorama completo sobre o assunto, com informações sobre a estrutura do sistema educacional no país, o sistema de notas, o calendário letivo e o ambiente nas escolas norte-americanas.

Ficou curioso? Continue a leitura e aprofunde o seu conhecimento sobre o assunto.

Qual é a estrutura do sistema educacional americano?

O sistema educacional americano é dividido em quatro etapas: a pre-k ou pre-school, elementary school, middle school ou junior high e high school. Entenda um pouco mais sobre cada uma destas etapas de ensino:

Pre-K ou Pre-School

A pré escola, na maior parte dos estados americanos é opcional. Direcionada para crianças na faixa etária dos 3 aos 5 anos, ela pode ser oferecida por empresas de prestação de serviços, cuidadores infantis independentes e até mesmo organizações comunitárias. 

A sua atividade é muito semelhante a oferecida pelas creches brasileiras, com a diferença que na pre-k o foco costuma ser o ensino de línguas ou um programa geral de educação infantil.

Elementary School ou Primary School

A partir dos seis anos, todas as crianças que vivem nos Estados Unidos são obrigadas a frequentar a escola. A etapa é chamada de elementary school ou primary school e se assemelha ao ensino fundamental no Brasil.

Esta etapa de ensino pode durar de cinco a seis anos, variando de acordo com o estado. O currículo de estudos inclui matemática, leitura, educação física e também ensino de idiomas.

O sistema educacional americano foi desenvolvido para explorar os potenciais de cada aluno.
O período Middle School começa quando os alunos têm por volta de 11 anos e dura três anos.

Middle School ou Junior High

A próxima etapa é o ensino médio e ela tem duração de três anos. Em alguns estados é utilizado o sistema Middle Scholl, que começa quando os alunos têm 11 anos, em outros, é usado o sistema chamado de Junior High, no qual as crianças começam com 12 anos.

Assim como as etapas anteriores, o ensino médio é gratuito e oferece aos alunos disciplinas obrigatórias e disciplinas eletivas. 

High School ou Senior High School

A última etapa do sistema de ensino educacional americano, também chamado de ensino secundário, acontece entre os 14 e 18 anos. Neste período, as principais disciplinas são obrigatórias, mas o aluno tem a opção de escolher algumas eletivas, que vão variar de acordo com o seu interesse.

É importante saber que nem todos os estados americanos oferecem a high school gratuitamente e, nos casos em que ela for gratuita, a seleção é feita com base no zip code (código postal) da família. Caso você opte por uma instituição privada, existem alternativas de escolhas administradas por organizações independentes e grupos religiosos.

Ao concluir a High School, o aluno recebe um certificado de conclusão, que lhe concede a condição básica para ir a uma universidade.

Como funciona o sistema de notas?

O sistema de notas adotado pelos Estados Unidos é bem diferente do sistema brasileiro. Enquanto aqui usamos notas de 0 a 10, com uma média que pode variar de 5 a 7, no sistema americano são utilizadas letras. Entenda:

  1. A+ (97-100% de acertos); 
  2. A- (93-96% de acertos);
  3. A (90-92% de acertos);
  4. B+ (87-89% de acertos);
  5. B- (83-86% de acertos);
  6. B (80-82% de acertos);
  7. C+ (77-79% de acertos);
  8. C- (73-76% de acertos);
  9. C (70-72% de acertos);
  10. D+ (67-69% de acertos),
  11. D- (63-66% de acertos),
  12. D (60-62% de acertos);
  13. E/F (menos que 60% de acertos).

Qual é o calendário letivo nos Estados Unidos?

As escolas americanas dividem o seu calendário em trimestres, sendo que o ano letivo costuma começar em agosto ou setembro (no outono), encerrando em maio ou junho. 

De forma geral, o horário escolar para os alunos do ensino fundamental funciona das 8h30 às 15h30, com pausa para o almoço, que ocorre nas dependências da instituição de ensino.

No caso das escolas secundárias, o horário costuma ser das 7h30 às 14h30, geralmente divididos em seis aulas de uma hora ou em quatro aulas de 90 minutos. Neste caso os alunos também têm um intervalo para almoço, que geralmente é de meia hora.

Os horários podem variar de um estado para o outro, entretanto, no geral, as atividades extra curriculares e esportivas ocorrem fora do horário escolar e geralmente não há aulas nos finais de semana.

Como o calendário é diferente, os alunos têm pequenas pausas no mês de dezembro, entre as semanas do natal e do ano novo, além de uma pausa no mês de março, durante a chegada da primavera. 

Como é o ambiente nas salas de aula?

O método escolar americano é reconhecido em todo o mundo pela qualidade da sua educação. Os alunos são incentivados a encontrar e desenvolver os seus talentos e habilidades, por isso, algumas etapas do ensino possuem cadeiras eletivas, que podem ser escolhidas de acordo com os interesses pessoais de cada aluno. 

Se compararmos com o modelo de ensino utilizado no Brasil, existem inúmeras diferenças, que vão desde o formato, até o calendário e o sistema de notas.

Além disso, o ambiente nas salas de aula é pensado com foco no conforto, funcionalidade e beleza. Por isso, as salas de aula são pensadas como ambientes acolhedores, que muitas vezes são ocupados por sofás, tapetes e pufes.

Sem dúvida, a educação nos Estados Unidos é um dos grandes benefícios para quem vai morar no país. Além da qualidade no ensino, o sistema foi desenvolvido com o objetivo de agregar, atraindo o interesse dos alunos e desenvolvendo suas melhores habilidades.

Sistema educacional americano: na imagem dois jovens estudantes (um garoto e uma garota) fazem sinal de positivo com o polegar.
O sistema educacional norte americano foi planejado com o objetivo de
desenvolver as melhores habilidades dos alunos.

Agora que você já conhece as principais características do sistema educacional americano, que tal aprofundar o seu conhecimento sobre o país? Então confira este post e descubra quais são os feriados nacionais nos Estados Unidos. 

Resumindo

Como são os anos escolares nos Estados Unidos?

O sistema educacional americano possui a seguinte estrutura básica: Pre-School (duração de dois anos), Elementary School (duração de até seis anos), Middle School ou Junior High e High School (ambos os últimos com duração de três anos cada).

Qual é o calendário letivo americano?

As escolas americanas dividem o seu calendário em trimestres. O ano letivo se inicia em agosto ou setembro (no outono), e encerra entre os meses de maio e junho. Há uma pausa no fim do ano e outra na primavera (março).

Qual o horário escolar americano?

Geralmente, o horário escolar para os alunos do ensino fundamental funciona das 8h30 às 15h30, com pausa para o almoço. Nas escolas secundárias, o horário costuma ser das 7h30 às 14h30, também com pausa para o almoço.