Visto para Europa: o que é preciso e os documentos necessários

União Européia

Muitas pessoas têm dúvidas sobre se é preciso tirar visto para Europa. Se você quer viajar ao continente para turismo, o visto vai ser diferente daquele que é exigido para entrar nos Estados Unidos. Não é preciso fazer a solicitação antecipadamente, pois o mesmo é concedido no momento do desembarque. Saiba mais sobre esse e outros detalhes e viaje com tranquilidade.

Para turismo de até 90 dias, grande parte dos países europeus não exige o visto para Europa por conta do Tratado de Schengen, que é uma convenção dos países europeus acerca de uma política de abertura das fronteiras e livre circulação de pessoas entre os países que fazem parte.

Todos os integrantes da União Europeia (com exceção do Reino Unido e Irlanda) e três países que não fazem parte da UE (Suíça, Noruega e Islândia) assinaram o acordo. Apesar de parecer liberal, cabe cautela acerca desse tratado já que cada país tem suas próprias regras fronteiriças sobre a entrada e circulação de estrangeiros em seus territórios.

O Ministério das Relações Exteriores preparou um comunicado com informações úteis para os brasileiros sobre como se comportar ao passar pela imigração dos países europeus e quais documentos portar.

Quando não é preciso visto para Europa?

Ao desembarcar na Europa, é concedido ao turista uma autorização para circular e você pode viajar livremente entre os países que estão na área de Schengen.

Os países da área de Schengen são: Áustria, Alemanha, Bélgica, Dinamarca, Espanha, Estônia, Eslováquia, Eslovênia, Grécia, Hungria, Holanda, Itália, Islândia, França, Finlândia, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta,  Noruega, Polônia, Portugal, República Checa, Suécia e Suíça.

Caso você vá para um país que não esteja na lista, é preciso entrar em contato com o consulado e se informar quais as especificações para turistas e sobre a necessidade da retirada do visto.

Se ultrapassar os 90 dias legais para permanecer na zona Schengen, o turista pode ser deportado por estar descumprindo as regras. Se for deportado, você não vai poder voltar à União Europeia por um ano.

Ao completar  90 dias de estadia na Europa, você vai ter que voltar ao Brasil e esperar 6 meses (a contar a partir da data do início do visto) para poder viajar à Europa novamente. Ou seja, é possível viajar por 90 dias pela Europa a cada 180 dias.

Quais documentos necessários para entrar na Europa?

Apesar de não precisar de visto para Europa, você vai ter que apresentar documentos no setor de imigração.
Apesar de não precisar de visto para Europa, você vai ter que apresentar documentos no setor de imigração de cada país que pretende visitar.

Apesar de muitos países não terem a necessidade de visto, para entrar na Europa você vai precisar de:

  1. Passaporte com validade até 6 meses da data em que vai deixar o local. Em caso de seu passaporte está próximo de vencer, peça a renovação;
  2. Os países que fazem parte da Área de Schengens exigem ao turista que tenha um Seguro Viagem pra em caso de doenças ou acidentes. O ideal é escolher um seguro de acordo com sua preferência e perfil de viajante;
  3. Passagem de retorno, que trata-se de um cuidado para evitar que o turista se mantenha ilegalmente em um país europeu. Assim, no momento do desembarque, você precisa está com sua passagem com a data de volta para o país de origem ou outro destino;
  4. Comprovante de hospedagem, o que pode ser a reserva em hotel ou carta convite de um morador do país (A carta convite deve ser emitida se você tiver um amigo ou familiar que more na EU). O documento deve ser assinado e carimbado pela entidade responsável e enviado ao Brasil pelos Correios);
  5. Capacidade financeira, ou seja, preciso que você comprove que tem capacidade financeira para se manter no país e demonstre o quanto você está levando para a Europa. Você pode fazer isso com o limite do cartão de crédito, dinheiro ou também o extrato de um cartão de recarga e moeda estrangeira. Em geral, pede-se que você disponha de pelo menos 65 euros por dia;

Questionamentos que vão ser feitos ao entrar na Europa

Responda com sinceridade e calma as perguntas feitas na imigração.
Responda com sinceridade e calma as perguntas feitas na imigração.

Ao entrar na imigração, não é raro que lhe façam alguns questionamentos que vão incluir:

  1. Capacidade financeira (conforme citamos no tópico anterior);
  2. Profissão no país de origem. Caso seja estudante, tenha o comprovante de matricula da instituição;
  3. Objetivo de viagem: O recomendado é ser sincero. Revele se está indo para turismo, reunião de negócios, evento acadêmico (mostre a ficha de inscrição do evento) e etc.;
  4. Roteiro que pretende seguir: Fale sobre seu planejamento e cidades e pontos turísticos que pretende conhecer;
  5. Conhecidos no país: Só fale que tem conhecidos no país se tiver a carta convite, pois as autoridades podem ficar desconfiadas se você tiver conhecidos, mas os mesmos não te convidaram.

Conseguimos responder suas dúvidas sobre visto para Europa? Em caso de querer saber sobre visto para estudo/ trabalho, o mais recomendado é buscar as especificações do consulado do país que você vai.