Como funciona a monetização no YouTube Premium

Como o YouTube Premium paga adsense

Veja como funciona o YouTube Premium e de que forma ele gera receita para o produtor de conteúdo, uma vez que não envolve exibição de anúncios.

O YouTube Premium é um serviço pago que não veicula anúncios nos vídeos transmitidos para os assinantes. Os usuários que utilizam esse recurso podem assistir conteúdos offline, têm acesso ao YouTube Music, um serviço de streaming da plataforma, e ao YouTube Originals, produção de filmes e séries do YouTube. 

O recurso oferece diversos benefícios para o usuário, mas para o criador de conteúdo, o serviço é vantajoso? Como o YouTuber ganha dinheiro com a ferramenta?

Neste artigo, você vai entender como funciona a monetização do adsense no YouTube Premium. Confira!

O que é o YouTube Premium?

Para você entender melhor, podemos dizer que o YouTube Premium é uma junção do Spotify e da Netflix. Como assim? A ferramenta paga do YouTube permite que o usuário tenha acesso a conteúdos de música, de forma ilimitada, tanto on-line, quanto off-line. 

Além disso, o usuário também pode baixar os vídeos de seus canais preferidos para assistir quando estiver sem acesso à internet. Os vídeos podem ser reproduzidos em segundo plano.

O serviço permite, ainda, que o assinante acompanhe os filmes e séries produzidos originalmente pelo YouTube. Como você pôde ver, a ferramenta se assemelha em alguns aspectos com o Spotify e com a Netflix. Com a diferença de que os conteúdos serão sempre em áudio e vídeo. 

Os usuários que consomem muito conteúdo no YouTube encontram a vantagem de ter sempre seus vídeos e músicas preferidas disponíveis na plataforma, por uma assinatura mensal de R$ 20,90 – no plano básico. 

Esses conteúdos são livres de anúncio. Isso mesmo, assim como no Spotify, o usuário não terá nenhum anúncio interferindo em seu conteúdo. A falta dos anúncios, porém, tem gerado muitas dúvidas em quem produz ou pretende produzir conteúdo para o YouTube. Sem o adsense YouTube, como os vídeos são monetizados

Como os vídeos são monetizados no YouTube Premium?

No modelo gratuito, onde o usuário não paga nenhuma assinatura para utilizar o YouTube, o adsense YouTube é gerado a partir das visualizações dos conteúdos monetizados. Ou seja, naqueles vídeos que têm anúncios no início ou no meio do vídeo – algumas vezes mais de um anúncio no mesmo conteúdo. 

Quando o usuário assina o YouTube Premium, ele paga um valor mensal para a plataforma. Desse valor, uma parte vai direto para o YouTube e a outra é dividida entre os criadores de conteúdo, de acordo com o tempo de exibição dos seus vídeos. 

O que isso quer dizer? Quanto mais tempo os assinantes assistirem a vídeos do canal, mais dinheiro o criador vai receber da assinatura paga.

Dessa forma, os assinantes premium acabam sendo mais interessantes para o YouTube e para os criadores. 

Outra forma de monetização que o YouTube criou para ajudar os criadores de conteúdo é o Programa de Membros do YouTube. Nesse recurso, os usuários podem se tornar assinantes de um canal específico. Saiba mais sobre esse serviço neste artigo

Se você precisa receber os rendimentos das suas criações, saiba que a Remessa Online pode te ajudar! O pagamento é feito de forma similar ao AdSense. A Remessa Online permite que você receba os pagamentos do YouTube com os menores custos do mercado, basta criar uma conta no site. Faça seu cadastro e aproveite.

Resumindo

Quanto custa YouTube Premium?

O plano básico do YouTube Premium custa R$ 20,90 por mês.

Qual a vantagem do YouTube Premium?

Para o usuário, ele pode assistir a vídeos do YouTube sem ser interrompido por anúncios. Para o produtor de conteúdo, ele recebe uma parte do valor da assinatura, calculada em função do tempo que o usuário passa assistindo vídeos do canal.