De Olho no Câmbio #105: Uma nova era se inicia

Confira a análise do economista André Galhardo sobre os acontecimentos da semana e o impacto nas principais moedas globais.

Como-a-vitória-de-Joe-Biden-pode-valorizar-o-Real

Uma era encerra e outra inicia. Joe Biden assumiu a cadeira de presidente dos Estados Unidos e começou a reverter uma série de ações de Donald Trump. Por outro lado, o mundo ainda sofre com o crescente número de casos de infectados pela Covid-19, enquanto iniciam a imunização em massa.

Acompanhe, a seguir, os desdobramentos desses e outros acontecimentos sobre as principais moedas globais.

Perspectivas

O calendário de indicadores econômicos está bastante cheio para a próxima semana. No exterior, destaque para o anúncio do Fomc/Fed da taxa de juros e perspectivas econômicas, além do PIB preliminar do quarto trimestre.

No Brasil, teremos o anúncio do número de empregados e desempregados em dezembro segundo o Caged, além da prévia da inflação oficial pelo IPCA-15 e dados fiscais da União divulgados pelo Ministério da Economia. 

Com essas informações e dados no radar, devemos aguardar uma semana com mais volatilidade cambial. Contudo, não podemos nos esquecer que a primeira semana de Biden no poder está nos holofotes dos analistas, portanto, as ações do presidente estadunidense pode trazer um Real mais apreciado.

Seguimos de olho.