Saiba tudo que você precisa para estudar na Argentina

por Remessa Online
3 minutos de leitura
Saiba como fazer para estudar na Argentina

Quer estudar na Argentina? As opções no país são variadas e as vagas nos cursos universitários, muitas vezes, são ilimitadas. Veja essas e outras diferenças do sistema do país para o modelo brasileiro.

Uma experiência no exterior sempre é enriquecedora. Quando você faz um intercâmbio, tem a chance de conhecer novas pessoas e culturas, aprender mais e melhorar o seu currículo. O melhor de tudo é que você nem precisa ir longe para alcançar esse objetivo. Basta estudar na Argentina.

Especialmente, a capital Buenos Aires tem excelentes universidades, que formam um profissional qualificado. Outras cidades importantes são La Plata e Rosário. Juntos, esses três locais contam com as principais instituições de ensino públicas.

Além disso, o fato de não ter vestibular no país faz com que muitos brasileiros escolham essa alternativa. O curso que mais atrai é o de Medicina, o que faz com que, somente na Universidade Nacional de Rosário existam 1,5 mil brasileiros de um total de 4 mil estudantes.

Por que esse número significativo? Existem vários motivos, explicaremos neste post. Confira!

estudar na argentina 1024x683 - Saiba tudo que você precisa para estudar na Argentina
Uma das maiores vantagens de estudar na Argentina é que não há necessidade de fazer vestibular para disputar uma das vagas.

A experiência de estudar na Argentina

A Argentina é um país diferenciado na América Latina. As universidades são de qualidade e costumam ser gratuitas. Sem exigência de vestibular e com vagas ilimitadas para vários cursos, como Medicina, atraem muitos alunos que querem se formar e seguir uma carreira de sucesso.

Geralmente, não há aplicação de provas para submeter a inscrição. Isso acontece porque todo o sistema universitário argentino é financiado por dinheiro público

Com o custo de vida baixo e a valorização do real perante o peso argentino, muitas vezes, é mais vantajoso o aluno estudar na Argentina do que cursar uma universidade pública no Brasil.

Além disso, a experiência é enriquecedora. O contato com outra cultura, o aprendizado do espanhol e a qualidade do conhecimento obtido nas universidades torna o estudante mais preparado nos âmbitos pessoal e profissional.

A partir dessa vivência, você aprende a lidar com situações cotidianas, desenvolver a criatividade e se inspirar. Mais que obter aprendizado teórico, é possível angariar experiências pessoais.

Os motivos para estudar na Argentina

As peculiaridades do ensino na Argentina tornam esse país um dos melhores lugares para estudar. Para favorecer ainda mais, as universidades têm amplo destaque acadêmico e estão no ranking das melhores da América Latina.

Com isso, o reconhecimento acadêmico é facilitado, inclusive com a possibilidade de validar no Brasil o diploma obtido na Argentina. Outras vantagens de estudar no território dos hermanos são as que apresentamos abaixo.

Ingresso na universidade sem vestibular

O acesso ao Ensino Superior é diferente na Argentina. Não existe processo seletivo. A exigência é a submissão dos documentos exigidos, que passarão por análise dos órgãos brasileiros e do país da universidade. Se estiverem de acordo com os pré-requisitos, você já consegue sua vaga no curso.

Valorização do real perante o peso argentino

O real é uma moeda muito mais forte que o peso argentino. Segundo a cotação do dia 19 de dezembro de 2019, por exemplo, 1 peso argentino vale R$ 0,068. Com isso, o estudante consegue viver bem, alimentar-se de forma correta, ter atendimento médico de qualidade e boa vida social gastando pouco.

Equilíbrio no custo de vida

Os gastos mensais são menores na Argentina. Além da valorização do real, os produtos custam menos por lá. A única exceção são os apartamentos, que são mais escassos em Buenos Aires, elevando o preço dos aluguéis na cidade toda. Com isso em mente, você deve gastar cerca de R$ 2.500 com todos os serviços incluídos, ou seja, moradia, água, internet, luz, TV a cabo, telefone, alimentação e gás.

O gasto médio com transporte público fica por volta de R$ 250, enquanto a alimentação custa aproximadamente R$ 800. Com material de estudo, você deve gastar cerca de R$ 150. Tudo soma R$ 3.700. Se você quiser reduzir as despesas, basta dividir a moradia.

Proximidade com o Brasil

A Argentina é um país mais próximo, que faz fronteira com o Brasil. Por isso, é mais fácil de se deslocar e as passagens aéreas tendem a ser mais baratas. O resultado são visitas mais frequentes para a família e os amigos que permaneceram no Brasil.

Entenda como estudar na Argentina - Saiba tudo que você precisa para estudar na Argentina
Para visitar ou estudar na Argentina você não precisa de visto, apenas passaporte ou documento de identificação.

Os documentos e as certificações necessários

Para estudar na Argentina, você precisa organizar toda a documentação necessária. São solicitados:

  1. histórico escolar e certificado de conclusão do Ensino Médio;
  2. RG ou passaporte;
  3. carteira de vacinação;
  4. histórico de antecedentes criminais;
  5. comprovante de residência;
  6. certidão de nascimento.

A Universidade de Buenos Aires agora exige o teste de proficiência em espanhol. É preciso fazer uma das 3 opções a seguir: Avaliação de Serviço Internacional da Língua Espanhola, Certificado de Espanhol Intermediário ou Certificado de Língua e Uso de Espanhol.

Os trâmites para estudar na Argentina ainda incluem:

  1. legalização na Secretaria de Educação do país;
  2. apostilamento dos documentos;
  3. emancipação, se você tiver menos de 18 anos;
  4. tradução juramentada e sua legalização no colégio de tradutores de Buenos Aires;
  5. convalidação de diploma no Ministério da Educação da Argentina;
  6. emissão do certificado de domicílio e de antecedentes penais argentino;
  7. legalização dos antecedentes criminais da Polícia Federal;
  8. emissão do Documento Nacional de Identidade (DNI).

Agora que você entendeu como estudar na Argentina, saiba que você pode aplicar essas dicas para ingressar em algumas das melhores universidades do país. É só enviar seus documentos e fazer o processo burocrático.

Através da Remessa Online você pode enviar dinheiro ao exterior para pagar sua graduação, pós-graduação ou intercâmbio para estudar na Argentina e garantir sua matrícula antes mesmo de viajar ao país. A Remessa pratica as menores tarifas do mercado e o dinheiro é enviado em apenas 1 dia útil e para mais de 100 países!

Se você quer estudar na Argentina ou em outro país, mas já passou da graduação, saiba que também pode fazer uma especialização, mestrado ou doutorado. Veja dicas para fazer pós-graduação no exterior e aproveite as oportunidades.

Resumindo:

Quanto custa um curso de Medicina na Argentina?

Todos os cursos em universidades públicas são gratuitos. Você só precisa arcar com as despesas pessoais e o material acadêmico necessário.

Quais os documentos necessários para estudar na Argentina?

É preciso apresentar documentos pessoais, histórico de antecedentes criminais, carteira de vacinação, comprovante de residência e histórico escolar.

Precisa de passaporte para estudar na Argentina?

Não. A Argentina tem parceria com o Brasil e, para viajar, você pode usar o seu RG, no lugar do passaporte.

Assuntos relacionados