Já pensou em investir em fundos imobiliários? Aqui estão 5 motivos

por Fabiana Lima
3 minutos de leitura

O sonho de muitas pessoas é viver de renda e não ter mais que trabalhar, principalmente quando a aposentadoria chegar. No entanto, diversos investimentos disponíveis no mercado oferecem um risco alto e não oferecem a garantia que os fundos imobiliários oferecem, de ter uma renda fixa.

Investir em fundos imobiliários pode ser a oportunidade que você estava esperando para começar a viver de renda. Neste artigo, listamos 5 motivos que vão te convencer que os fundos imobiliários são uma ótima alternativa de investimento. Acompanhe!

O que são fundos imobiliários?

Fundo imobiliário é um tipo de investimento que reúne os recursos financeiros de diversos investidores e são aplicados em conjunto no mercado.

Em geral, o valor arrecadado é é usado na construção civil ou na compra de imóveis que serão locados ou arrendados. O lucro obtido nessas transações é dividido entre os participantes, de acordo com a proporção aplicada.

O valor investido é distribuído em cotas que representam cada investidor e o total é administrado por um gestor. Esse profissional é responsável por buscar os melhores investimentos, que vão garantir uma boa rentabilidade no futuro.

Embora os investimentos  adquiridos sejam, na maior parte dos casos, imóveis, alguns fundos podem contar com títulos imobiliários e cotas de outros fundos de investimentos. 

Veja a seguir, porque os fundos imobiliários são uma boa alternativa para quem quer investir.

5 motivos para investir em fundos imobiliários

1. É possível com pouco dinheiro

Os Fundos Imobiliários não exigem um grande investimento para quem quer começar. Existem diversas corretoras oferecendo esse tipo de produto financeiro e algumas permitem investimentos a partir de R$ 50,00.

Com apenas esse valor, o investidor já pode se tornar sócio de um fundo imobiliário e ter direito a uma cota.

2. Pode investir em grandes imóveis

Embora exija um valor baixo para investir, o investidor não precisa se limitar a imóveis pequenos ou de menor valor. Como o investimento é dividido em cotas, é possível encontrar uma cota acessível de um imóvel de maior valor. Assim, o retorno obtido nesse investimento também será ainda melhor. 

3. Fonte de renda extra mensal

Uma das maiores vantagens do fundo imobiliário é que permite ao investidor ter uma fonte de renda extra mensal. O retorno vai depender de quanto o investidor aplicou e do fundo escolhido, mas no longo prazo é possível construir uma reserva interessante e até viver apenas da renda dos fundos adquiridos. 

4. Sem conflito com inquilinos

A locação de imóveis é vista como uma alternativa para quem quer ter uma fonte de renda mensal. No entanto, a tratativa com o inquilino, a manutenção no imóvel e outras questões burocráticas acabam causando desgaste no proprietário do imóvel e até prejudicando o bem.

No fundo imobiliário, o proprietário não tem essa preocupação, recebe apenas o lucro das transações. 

5. Investimento sem cobrança de Imposto de Renda

Na distribuição dos rendimentos dos fundos imobiliários não há cobrança de taxa de imposto de renda, apenas nos ganhos obtido por meio da venda das cotas. O rendimento mensal é depositado na conta do investidor, como se fossem um aluguel. 

Os rendimentos obtidos dos fundos precisam atender três condições para serem isentos de IR: 

  • Ter cotas negociadas na bolsa ou no mercado de balcão organizado; 
  • Contar com, pelo menos, 50 cotistas; 
  • O cotista beneficiado com a isenção não pode ter mais de 10% das cotas.

O investimento que não atender qualquer uma dessas condições será tributado normalmente, mas em geral, os fundos comercializados atendem aos três critérios. 

Quer saber mais sobre investimentos? Continue acompanhando o blog da Remessa Online!

Assuntos relacionados