Como analisar uma ação de investimentos? Entenda!

por Remessa Online
3 minutos de leitura
Analisar uma ação: notebook com dados numéricos da bolsa de valores

Você sabe como analisar uma ação? Ter dúvidas sobre como funciona os investimentos é natural e acontece com muitas pessoas. De fato, é um processo que exige atenção e um conhecimento apurado para acertar nas aplicações.

Nesse contexto, contar com um planejamento e estudo detalhado é indispensável, pois o mercado financeiro é exposto à volatilidade, com isso, há vantagens e riscos. O investimento em ações requer uma análise criteriosa dos objetivos, prazos e uma estratégia bem planejada.

Investir em ações não é uma questão de sorte, é necessário muito conhecimento para escolher melhores ações e vendê-las no tempo oportuno. Para ajudar a entender melhor o assunto, confira neste post como analisar uma ação e saiba tudo para buscar a lucratividade esperada!

O que é uma ação de investimentos?

Termo comum no mercado financeiro, as ações são títulos que correspondem a uma fração do valor de uma empresa. Basicamente consistem em pequenas fatias comercializadas no mercado financeiro nacional e internacional.

Se uma empresa deseja expandir os limites do negócio um dos caminhos é se tornar companhias de capital aberto. Dessa forma, ofertam suas ações no mercado para levantar recursos financeiros.

Após ser classificada como de capital aberto, qualquer pessoa que esteja registrada na Bolsa de Valores pode comprar os títulos e ser um acionista da empresa. Os valores provenientes da compra de títulos pode ser investido em novos projetos, aumentando o valor da empresa no mercado e o retorno para o investidor.

Quanto mais diversificada a carteira do investidor, ou seja, quanto maior o número de ações que ele adquiriu, maiores são as possibilidades de retornos positivos. No entanto, quem investe em ações também está sujeito a ter perdas, desde que a empresa que investiu perca valor de mercado.  

Investir em ações: por onde começar?

O mercado financeiro está chamando a atenção de muitas pessoas, e de fato existem boas possibilidades para realizar investimentos promissores, de todos os níveis. Entretanto, é um ambiente que exige o máximo de cautela e planejamento para não ter prejuízos.

Mesmo que uma ação pareça vantajosa, a decisão de investir nela nunca deve ser repentina, mas com um estudo prévio detalhado do mercado, mesmo sendo difícil prever seu comportamento.

Para tanto o investidor precisa primeiramente utilizar mecanismos para se orientar melhor e embasar suas decisões. Os erros e análises superficiais realizadas no mercado financeiro podem causar prejuízos significativos, por isso, o investidor deve definir bem o seu planejamento e seus objetivos com os investimentos.

Para começar a investir em ações é preciso definir qual a estratégia de análise que você vai utilizar. As técnicas de análise proporcionam informações estudadas sobre o mercado, auxiliando a identificar quais ações são melhores para investir e quais devem ser ignoradas.

As principais formas de analisar as ações e o mercado financeiro são a análise fundamentalista e a análise técnica. Conhecer bem essas estratégias é indispensável para qualquer investidor iniciante ou mais experiente.

Quais as características dos tipos de análise de ações?

Existem duas formas para avaliar uma ação, compostas por estratégias e métodos de análise distintos. Essas duas formas são a análise fundamentalista e a técnica, que auxiliam o investidor a encontrar a melhor alternativa para adquirir títulos.

Para lucrar com ações existem duas formas. A primeira é com a participação nos lucros de uma empresa, que gera lucro com a valorização e crescimento da companhia, desde que seja bem administrada.

Outra forma é pelo ganho de capital, onde o investidor adquire uma ação e aguarda o preço subir para vender e obter o lucro. Ou seja, faz a compra com o preço baixo e vende com valor maior.

Para escolher entre essas duas formas de investimento é fundamental utilizar meios para uma análise eficiente. Nesse contexto, a análise fundamentalista e a análise técnica vai proporcionar maior embasamento nas decisões.

Saiba mais a respeito da análise fundamentalista, demonstrações financeiras e múltiplos de uma empresa!

Análise técnica

Feita por meio de gráficos, a análise técnica é indicada para ganhos de curto e médio prazo, tendo como base o preço da ação no momento. Utiliza também o volume de negociações no mercado para definir o melhor momento para comprar e vender um título.

A análise técnica é uma ferramenta eficiente para fazer a avaliação do comportamento e histórico do preço de uma ação e prever se esse padrão de comportamento vai se repetir.

É uma boa opção para quem deseja investir com base nos preços, ou seja, aplica o dinheiro e pretende vender em um prazo médio ou curto por um valor maior. Justamente por prever que o valor vai aumentar e os lucros vão chegar mais rápido.

Análise Fundamentalista

A análise fundamentalista é a estratégia mais tradicional do mercado, utilizada por investidores de sucesso no Brasil e no exterior, como o Luiz Barsi e Warren Buffett, um dos homens mais ricos do mundo.

Com a estratégia fundamentalista tem o objetivo de avaliar a situação financeira das empresas e com base nessas informações, projetar os resultados. Assim concluindo se estão valorizadas ou não. É uma opção vantajosa para investimento, pois permite avaliar o valor da companhia e das ações no mercado.

Os pontos abordados na análise fundamentalista pode ser divididos em:

  • Análise quantitativa;
  • Análise qualitativa;
  • Valuation;
  • Análise macroeconômica.

Análise das demonstrações financeiras

O estudo de demonstrações financeiras é o início da avaliação fundamentalista e podem ser conhecidas como balanço patrimonial e demonstração de resultado do exercício.

Esses documentos são disponibilizados ao público desde que as empresas estejam na bolsa. É uma avaliação inicial e abrangente que pode ir além das questões econômicas.

Os pontos analisados com base na demonstração de resultados do exercício e no balanço patrimonial são a alavancagem financeira, retornos sobre os ativos, patrimônio e a margem líquida.

Múltiplos de uma empresa

O próximo passo na avaliação, após ter visto o balanço da empresa, é constatar se os resultados foram interessantes. Ainda assim, outros fatores precisam ser considerados antes de decidir comprar a ação.

Avaliar como a empresa alvo dos estudos se comporta em relação às concorrentes, inclusive com aquelas que têm melhores condições e valores de mercado, sendo negociadas na bolsa com preços mais vantajosos.

O acompanhamento de indicadores financeiros é essencial para qualquer investidor, principalmente se optar pela análise fundamentalista. Os indicadores mais usuais para fornecer informações relevantes e influenciar na decisão de compra dos títulos são:

  • Índice de distribuição (payout ratio);
  • Índice de Liquidez corrente (LC);
  • Índice Dividend Yield;
  • Índice Preço sobre o Lucro (P/L);
  • Índice Preço/Valor Patrimonial (P/VPA).

Ficar atento às variações do mercado é fundamental

Todo investidor deve estar ciente que antes de analisar uma ação é preciso conhecer e saber utilizar os indicadores para ter o aporte necessário. É importante estudar muito sobre o assunto para saber quais empresas são mais promissoras e vão corresponder bem aos investimentos.

O mercado é variável e sofre influências externas, como questões políticas, por exemplo. Nesse contexto, escolher as ações que vão compor a sua carteira de investimentos é uma tarefa delicada, e deve ser considerado um cenário mais amplo antes de tomar uma decisão.

Independentemente do seu objetivo e recursos disponíveis para aplicar, o mercado financeiro não é uma questão de sorte ou azar. O segredo está em aplicar estratégias de investimento certas e em estruturadas para fazer escolhas mais sólidas e usar as variações do mercado ao seu favor.

O mercado internacional oferece oportunidades únicas para os investidores brasileiros. Com grande presença de empresas sólidas e reconhecidas mundialmente, as possibilidades de encontrar ações promissoras para lucrar em moedas mais valorizadas são inúmeras.

Contudo, saber usar as estratégias para analisar uma ação também é essencial para contribuir com o seu sucesso, por isso, o planejamento é muito importante para evitar prejuízos.

Com o avanço da tecnologia ficou mais fácil investir no exterior, sem a necessidade de se deslocar para outro país. Para tanto, você vai precisar contar com parceiros confiáveis para enviar dinheiro ao exterior e aplicar nas ações com eficiência e segurança.

Você vai precisar ter uma conta em uma corretora internacional para investir no exterior e contar com uma forma mais econômica para enviar dinheiro. Nesse sentido, a Remessa Online se destaca como a melhor alternativa para fazer transações internacionais.

Além de ter as principais corretoras internacionais integradas na plataforma digital, a Remessa Online oferece a menor taxa do mercado, com um processo de envio concluído em até 1 dia útil. Uma excelente opção para ter comodidade, agilidade e segurança, já que as atividades são credenciadas pelo Banco Central do Brasil.

Como você percebeu neste artigo, analisar uma ação de uma maneira estratégica e planejada contribui consideravelmente para o sucesso. Portanto, se deseja começar bem no mundo dos negócios, o melhor caminho é saber analisar corretamente uma ação de investimentos.

Gostou do post? Agora que você já sabe como avaliar uma ação, o que acha de conhecer serviços financeiros que são extremamente úteis para todo investidor? Acesse o site da Remessa Online e confira!

Resumindo

O que é uma ação de investimentos?

As ações são títulos que correspondem a uma fração do valor de uma empresa. Basicamente consistem em pequenas fatias comercializadas no mercado financeiro nacional e internacional, que são as bolsas de valores.

Quais as estratégias para analisar uma ação de investimentos?

análise fundamentalista
análise técnica

Assuntos relacionados