CFDs: o que são Contracts For Difference e como funcionam?

Os CFDs são uma interessante opção para investimento e um dos principais instrumentos do mercado financeiro atual.

Contracts For Difference

O mercado financeiro conta com diversos termos que são relativos a instrumentos para realizar a negociação de ativos. Um dos principais trata-se do Contracts For Difference – CFD, traduzido como contrato por diferença.

Esse contrato permite que os investidores negociem diversos instrumentos financeiros, operando com base na diferença de valor de um ativo. São muito utilizados por investidores com perfil mais ousado, aplicados em ações de alto risco.

Quem atua na bolsa de valores deve conhecer bem todos os instrumentos financeiros para ter maior segurança nos investimentos. Pensando nisso, confira neste post o que são e como funcionam os Contracts For Difference!

O que são os Contracts For Difference – CFDs?

Os Contracts For Difference – CFD são instrumentos financeiros que negociam a diferença de valores de um determinado investimento. Essa diferença é entre o momento da compra e da venda da ação ou ativo.

Em outras palavras, são derivados financeiros referenciados na movimentação de preços de dívidas, possibilitando gerar lucros ou perdas ao investidor. Consiste em contratos baratos e simples, que permitem negociar com diferentes tipos de ativos financeiros.

Os tipos de CFDs que podem ser negociadas são as seguintes:

  • Ações: estão incluídas as maiores empresas do mundo;
  • Matéria-prima: também denominada commodities, como ouro e petróleo;
  • Criptomoedas: investimento em moedas digitais com baixo custo;
  • índices: comuns nas bolsas de valores e permitem investir em todo o mundo.

Como funcionam?

Os Contracts For Difference funcionam da seguinte maneira. Um investidor pode negociar diversos ativos sem ter que possuí-los. Por exemplo, ao comprar uma CFD de uma ação, o investidor não possui de fato a mesma ação, mas tem um contrato com a corretora que reflete as oscilações do valor da cotação. 

Os CFD funcionam para oferecer a possibilidade de gerar lucros com a negociação de ações, moedas, matérias-primas e outros ativos sem ter que, de fato, possuí-los. É um tipo de negócio que investe na mudança de preço do ativo em determinado período, promovendo a lucratividade pela diferença no valor.

Quais as vantagens e desvantagens?

Todo investidor que deseja ter sucesso precisa conhecer bem os prós e contras de cada modalidade de investimento. É uma forma de ter mais segurança e aumentar as possibilidades de impulsionar a lucratividade.

Conheça as vantagens e desvantagens do Contracts For Difference!

Vantagens

Os CFDs são ótimas oportunidades de negócios, pois oferecem flexibilidade, alavancagem e custos reduzidos. Ele aumenta as chances de obter lucros e possibilita investir em diversos ativos, pois tem acesso mais fácil ao mercado global.

Além de diversificar a carteira, o CFD é um excelente complemento para outras formas de negociação, oferecendo a possibilidade de lucrar com alguns benefícios fiscais. É ideal para investidores que desejam se beneficiar de um aumento ou queda dos preços num determinado mercado.

Desvantagens

A principal desvantagem dos CFDs é o alto risco envolvido no investimento, ou seja, existe a possibilidade de acontecer oscilações imprevisíveis, que podem se converter em prejuízos. Por esse motivo, é indicado para investidores mais ousados.

Além disso, os Contracts For Difference estão geralmente associados à negociação de curto e médio prazo. Esse estilo de investimento é bem mais difícil de dominar e de aprender a controlar.

Como é a Negociação de Contracts For Difference?

A negociação dos CFDs está disponível para investidores particulares e exige o uso de recursos de auxílio a serviços, por meio de uma corretora especializada. A maioria das corretoras oferece os seus serviços em plataformas online.

Caso uma posição de negociação permaneça aberta por mais de um dia, a conta é automaticamente atualizada diariamente. Então, se o seu investimento está ganhando, o corretor paga o valor correspondente ao lucro da atualização em sua conta.

Os Contracts For Difference são negociados por estratégias, considerando as necessidades, planejamento e perfil de cada investidor. As principais estratégias de investimento em CFDs são:

  • • Negociar a curto prazo: uma boa alternativa para quem é iniciante, consiste em verificar tendências nos valores dos ativos e adicionar os períodos para ter melhor visão financeira;
  • • Acompanhar as notícias: importante para saber o que pode impactar no mercado financeiro;
  • • Considerando que o valor subjacente do CFD vai subir: então posiciona-se como um comprador de CFD;
  • • Considerando que o valor do CFD vai cair: então o ideal é vender em um curto prazo.

CFDs são permitidos no Brasil?

Os Contracts For Difference teoricamente são permitidos pois, tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos, é possível utilizar esse modelo de investimento. Porém, no mercado financeiro exterior, ou seja, em bolsas de outros países.

Qual a diferença entre CFDs e ações normais?

Os CFD são diferentes das ações tradicionais em alguns pontos, e é muito comum que os investidores em ações normais utilizem o CFD. Especialmente para aproveitar as oportunidades do mercado.

As principais diferenças são as comissões aplicadas, que são mais baixas e a margem é constituída por uma fração do valor total. Além da possibilidade de aproveitar momentos de queda de preços para a venda das CFDs.

Remessa Online: ideal para investir no exterior!

O mercado internacional oferece grandes oportunidades para investir e ter lucros satisfatórios, em moeda forte e valorizada. É uma ótima alternativa para proteger e aumentar o patrimônio.

Além disso, a grande variedade de opções para investir é um ponto favorável para desenvolver um planejamento eficiente para aplicar bem o dinheiro. Dessa forma, é muito mais seguro, já que no mercado internacional não enfrenta os períodos de instabilidades que são comuns no Brasil.

Com o avanço da tecnologia, você pode fazer aplicações no exterior sem sair de casa, tudo por meio de processos digitais totalmente seguros. Basta abrir uma conta em uma corretora internacional e enviar dinheiro para iniciar os investimentos.

A Remessa Online oferece as melhores condições para você enviar dinheiro ao exterior e fazer investimentos. Com uma taxa justa, a partir de 1,3%, os processos são rápidos e livres de burocracias.

Além de ter as principais corretoras internacionais integradas na plataforma, facilitando e oferecendo mais segurança para enviar dinheiro. As operações são modernas, totalmente online e credenciadas pelo Banco Central do Brasil, a melhor alternativa do mercado.  

Como você percebeu, o Contracts For Difference – CFD é uma boa opção de investimento, embora seja considerado de alto risco. Com o devido planejamento e conhecimento de mercado, é possível ter ótimos resultados.

Gostou do post? Agora que você entendeu mais sobre o CFD, o que acha de conhecer serviços financeiros importantes para seus investimentos? Acesse o site da Remessa Online e faça seu cadastro, é prático e gratuito!

Resumindo

O que é o Contracts For Difference – CFD?

São instrumentos financeiros que negociam a diferença de valores de um determinado investimento. Ou seja, derivativos financeiros referenciados na movimentação de preços de divisas.
Basicamente, consiste em contratos baratos e simples, que permitem negociar com diferentes tipos de ativos financeiros.

Quais os tipos de CFDs podem ser negociadas?

Ações: estão incluídas as maiores empresas do mundo
Matéria-prima: também denominada commodities, como ouro e petróleo
Criptomoedas: investimento em moedas digitais com baixo custo
Índices: comuns nas bolsas de valores e permitem investir em todo o mundo.

Quais as estratégias para negociar CFDs?

Negociar a curto prazo: uma boa alternativa para quem é iniciante, consiste em verificar tendências nos valores dos ativos e adicionar os períodos para ter melhor visão financeira
Acompanhar as notícias: importante para saber o que pode impactar no mercado financeiro
Considerando que o valor subjacente do CFD vai subir: então posiciona-se como um comprador de CFD
Considerando que o valor do CFD vai cair: então o ideal é vender em um curto prazo.