PicPay: tudo que você precisa saber sobre a plataforma

por John
3 minutos de leitura
O PicPay funciona como carteira eletrônica e traz diversos benefícios para os usuários. Conheça e esclareça as principais dúvidas sobre a plataforma!

O uso de carteiras digitais é uma prática cada vez mais frequente, já que facilita transações e reduz as burocracias. Por isso, vale a pena conhecer o PicPay e entender como essa plataforma funciona!

Você já conhece o PicPay? Ele é uma carteira digital criada para facilitar o dia a dia de pessoas físicas e jurídicas. Assim, traz novas possibilidades para o pagamento de contas, com soluções completas aos usuários, porém, o seu uso gera dúvidas.

publicidade:
Confira cotação do dólar, do euro e demais moedas mundiais em tempo-real nas páginas de cotação do Remessa Online – Transferências Internacionais.

A preocupação sobre a segurança, o funcionamento e os benefícios da plataforma são comuns, afinal, ela afeta as finanças dos consumidores. Dessa forma, preparamos este conteúdo para explicar tudo sobre o PicPay. Confira!

O que é e como funciona o PicPay?

O PicPay é uma fintech que surgiu em 2012 para funcionar como carteira digital, permitindo a realização de transferências de valores entre contatos, além de permitir a quitação de valores para empresas credenciadas. O usuário precisa abrir uma conta no aplicativo para ter acesso às funcionalidades disponíveis.

Pessoas jurídicas

O PicPay tem soluções voltadas às empresas, permitindo o envio de cobranças, pagamento com cartão de crédito e controle sobre as transações. O aplicativo tem propostas específicas para:

Nesse caso, os aplicativos têm o objetivo apenas de receber dinheiro, então não oferecem a opção para realizar pagamentos. Especificamente nesses casos, as taxas variam de acordo com o prazo escolhido para fazer os saques.

Quais são os serviços ofertados?

Já que o PicPay funciona como uma carteira digital, ele permite a realização de diversas transações financeiras. Veja só!

Receber pagamentos

Os usuários podem receber valores por meio da conta do PicPay. Isso pode ser feito via boleto, transferência bancária (TED ou DOC) e cartão de débito. Para sacar os valores, você pode utilizar o Banco24Horas ou enviar o saldo para outro banco.

Fazer pagamentos

É possível realizar pagamentos com o saldo da conta ou utilizando o cartão de crédito cadastrado. Além de enviar valores para outra conta PicPay ou transferir às contas bancárias de outras titularidades. O prazo para as retiradas é de dois dias úteis.

Parcelar compras

Os pagamentos realizados para usuários PicPay PRO podem ser parcelados em até 12 vezes. O vendedor pode escolher se a taxa será paga por ele ou pelo comprador. 

PicPay Store

O aplicativo também oferece o PicPay Store, que permite a realização de recargas para celular, compra de jogos, assinatura de músicas e outros serviços para trazer mais comodidade aos usuários.

Obter rendimentos

Todos os depósitos rendem automaticamente 100% da CDI, garantindo um retorno maior do que a manutenção do dinheiro em uma poupança. Outro benefício é que os valores podem ser retirados quando o usuário deseja.

Quais são os limites e as taxas?

Não são cobradas taxas para receber valores em contas pessoais. A exceção é apenas para os usuários PRO, que podem receber pagamentos parcelados e ilimitados com uma taxa de 1,99%. Para parcelamentos, incide a cobrança de 3,49% ao mês para o comprador.

Para pagar boletos com cartão de crédito ou PicPay card, incide taxa de 2,99%. Se optar por parcelamento, também ocorre o acréscimo de 3,49% sobre cada parcela. Porém, se o pagamento for feito com saldo de carteira, as tarifas são dispensadas. O aplicativo também mostra o cálculo do valor com as taxas, garantindo transparência para o usuário.

Os limites aplicáveis dependem do tipo de transação. Para fazer pagamentos, não existe limitação se o usuário utilizar o saldo de carteira. No entanto, caso utilize cartão de crédito, o limite é de R$ 800, pois acima desse valor incide uma taxa.

Um ponto importante é que a limitação é mensal, ou seja, se os pagamentos no cartão ultrapassarem R$ 800 em um mesmo mês, o usuário pagará uma taxa de 1,99% do valor dos próximos valores enviados. Essa cobrança só é dispensada se a pessoa que receber o pagamento for usuário PRO.

Pagamento por boleto

Nos pagamentos por boleto, existem dois limites que devem ser observados pelos usuários — é possível pagar até R$ 5 mil por dia e R$ 10 mil por mês. Acima disso, não é possível realizar a operação e a renovação do limite acontece sempre no dia 1º de cada mês.

Como abrir uma conta?

Para criar uma conta basta baixar o PicPay para Android ou iOS. Depois, selecione a opção para fazer um cadastro e preencha seu nome e sobrenome. Na próxima tela, é preciso inserir o telefone celular com DDD para receber o código de confirmação.

O aplicativo solicitará também o seu e-mail, o CPF e a data de nascimento. Por fim, escolha o nome de usuário e conclua a operação. Após concluir esses procedimentos, é importante validar a identidade para trazer mais segurança para a conta. Isso é feito enviando uma selfie e uma foto do documento de identidade (frente e verso) pela aba de “ajustes” do aplicativo.

Como fazer transações internacionais?

Apesar do PicPay facilitar a realização de transações, muitas vezes o usuário precisa fazer transferências internacionais ou receber valores de outros países. Nesse caso, é importante contar com ferramentas específicas que facilitem esse procedimento.

Uma dica importante para isso é contar com a Remessa Online. O Cadastro é Simples e a plataforma permite enviar e receber pagamentos com taxas atrativas.

Você pagará apenas 1,3% do valor da transação e a moeda será convertida pelo câmbio comercial, com tarifa adicional de R$ 5,90 apenas em transferências inferiores a R$ 2.500. Além disso, será necessário arcar apenas com o Imposto sobre Operações Financeiras, que varia entre 0,38% e 1,11%. 

Os valores enviados são disponibilizados para o destinatário em até 1 dia útil. Caso utilize a plataforma para receber pagamentos, o dinheiro estará na sua conta em até 2 dias úteis após a quitação.

Conhecendo o PicPay e as funcionalidades da plataforma, é possível aproveitar todos os benefícios que uma carteira digital proporciona. Contudo, se precisar fazer pagamentos internacionais, conte com a Remessa Online para auxiliar nessa tarefa.

Se você gostou das nossas dicas e quer mais informações para auxiliar nas transações financeiras, siga as nossas redes sociais —  Facebook, LinkedIn e Twitter — e acompanhe as novidades!

Resumindo

O que é o PicPay?

É uma carteira digital que oferece funcionalidades para pessoas físicas e jurídicas, com o objetivo de facilitar os procedimentos para enviar e receber pagamentos.

Como funciona a plataforma?

A plataforma pode ser usada para enviar e receber dinheiro ou pagamentos. Isso pode ser feito por transferência, pagando boletos ou com cartão de crédito. O PicPay também oferece soluções específicas para as empresas.

Quais são os serviços ofertados?

Com o Picpay, o usuário consegue:

Quais são os limites e as taxas?

A maior parte das transações não tem taxas. Elas são cobradas apenas se os pagamentos ultrapassam R$ 800 mensais, quando o usuário utiliza o cartão de crédito como forma de pagamento ou parcela a compra.

Como abrir uma conta?

Ele deve ser baixado em aparelhos Android e iOS. Para se cadastrar, é necessário seguir os passos indicados na tela e fazer a validação de identidade.

Como fazer transações internacionais?

Conte com a Remessa Online para enviar e receber pagamentos internacionais. O cadastro e a transação são feitos pela internet, com segurança, comodidade e economia.

Assuntos relacionados