Remessa Online ou Wise: 4 diferenças entre as plataformas

por Andrea Cortes
3 minutos de leitura
Remessa Online ou Wise

Quem precisa fazer transferências de dinheiro para o exterior se depara com várias opções de plataformas online que são mais atrativas do que as instituições tradicionais. Mas, com tantas opções, fica difícil saber qual a melhor. Portanto, se você está em dúvida entre a Remessa Online ou Wise, acompanhe o artigo abaixo e veja 4 diferenças entre as duas plataformas. 

Remessa Online ou Wise

Tanto a Remessa Online como a Wise são plataformas de transferências de dinheiro entre diferentes países. Ambas possuem valores e limites mais atrativos do que os bancos tradicionais, mas quais as diferenças entre elas? 

Para ajudar, confira abaixo alguns pontos específicos das duas plataformas:

1. Valores das tarifas para transferências

Remessa Online ou Wise? Primeiramente, é importante ressaltar que ambas possuem formas distintas de cobrar de seus clientes. Por isso, antes de escolher a melhor alternativa, é importante conhecer as tarifas cobradas em cada plataforma.

Remessa Online ou Western Union: saiba qual escolher.

Taxa da Remessa Online

As taxas da Remessa Online são:

  • Custo da operação: a partir de 1,3% sobre o valor enviado para a maioria das moedas. Para remessas em dólar, o custo varia de 1% a 1,4% de acordo com o valor enviado;
  • Tarifa bancária fixa: cobrança decrescente, que pode ser zerada dependendo do valor e da moeda transacionada.
  • IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), tributo obrigatório que pode ser de 1,1% para envios para contas da mesma titularidade ou 0,38% para envios para contas de terceiros;
  • Câmbio comercial, sem margem de lucro. O que torna a operação mais barata.

Além disso, ao fazer uma simulação no site, você sabe exatamente quanto vai pagar e o beneficiário irá receber. 

Confira aqui:
As vantagens da Remessa Online em comparação à Wise

Taxa da Wise

Na Wise, as taxas variam de acordo com uma série de fatores como a origem e destino das remessas, além do valor a ser enviado e moedas de envio e recebimento. Até mesmo a forma de pagamento, via TED ou boleto, interferem nesse valor. 

Além disso, nessa taxa estão incluídos os valores de IOF de: 

  • 0,38% para transferências para terceiros;
  • 1,1% para transferências entre contas da mesma titularidade. 

Também, assim como a Remessa Online, a Wise não cobra tarifas adicionais na conversão do câmbio. Além disso, essa taxa é assegurada por até 72h, dependendo da moeda a ser utilizada. 

Portanto, para saber exatamente o quanto você irá pagar, o ideal é fazer uma simulação no site da Wise

limites da remessa online ou wise 2 - Remessa Online ou Wise: 4 diferenças entre as plataformas
Conheça os limites de envio da Remessa Online e da Wise.

2. Limites

As duas plataformas também possuem diferenças em seus limites. O cliente que faz o cadastro simples na Remessa Online pode transferir até R$ 37.500 diariamente, desde que não ultrapasse R$ 75 mil por ano. Quem desejar aumentar esse limite deve fazer um cadastro completo que irá ampliar de acordo com o seu imposto de renda.

Já na Wise o limite varia conforme a forma de pagamento. Quando é feito por boleto, o valor é de R$ 9 mil por mês. Já para pagamentos via TED, o limite é de até  R$ 1 milhão, que também irá depender do Imposto de Renda. 

3. Moedas disponíveis

Seja na Remessa Online ou Wise, é possível enviar dinheiro em Real para Euro, Dólar ou Libra esterlina e outras principais moedas mundiais. No entanto, há uma diferença na variação de moedas disponíveis para as operações. Veja:

  • Enviar dinheiro do Brasil para o exterior: Remessa Online – 9 moedas e Wise – 51 moedas
  • Enviar dinheiro do exterior para o Brasil: Remessa Online – 7 moedas e Wise – 23 moedas

4. Naturezas das operações

Uma das grandes diferenças entre a Remessa Online ou Wise é a natureza das operações. Isso porque, enquanto a primeira permite operações entre pessoas físicas e jurídicas, a Wise ainda não permite o envio entre empresas e pessoas físicas. 

Ou seja, com a Remessa Online é possível:

  • Pagar por importações;
  • Receber por exportações;
  • Receber por serviços prestados para o exterior como freelancer;
  • Pagar por serviços, tratamentos médicos e estudos no exterior;
  • Pagar ou receber por aluguéis de imóveis;
  • Enviar dinheiro para familiares ou amigos;
  • Enviar dinheiro para uma corretora de investimentos no exterior.

Já com a Wise nada disso é possível até o momento. Você pode apenas enviar ou receber dinheiro de outras pessoas físicas. Além disso, a Remessa Online possui a Remessa Online for Startup, que garante preços acessíveis para startups, assim como outras facilidades para esse tipo de empresa. 

Conclusão

Quem precisa fazer transferências para o exterior pode contar com diversas plataformas. Com isso, a Remessa Online e Wise se tornam mais vantajosas do que os bancos tradicionais por terem tarifas muito mais econômicas.

Para mais dicas como essa, veja neste artigo porque a Remessa Online é a opção mais segura para as suas transferências internacionais

Assuntos relacionados