5 dicas para realizar uma transação internacional econômica

por Andrea Cortes
3 minutos de leitura
transação internacional

Certamente, quem precisa fazer uma transação internacional deve ficar atento a uma série de detalhes para torná-la mais barata, prática e segura. Entre as diversas opções, as plataformas online vêm se destacando como uma opção com muito mais benefícios em comparação aos bancos. Apesar da praticidade, algumas pequenas dicas podem tornar a operação ainda mais vantajosa. 

Acompanhe o artigo abaixo para ver 5 dicas para realizar uma transação internacional com tranquilidade. 

Dicas para realizar uma transação internacional

Atualmente, fazer uma operação online pode ser prático, barato e seguro. Para ter diversas vantagens, veja algumas dicas para ajudar a realizar uma transação internacional sem dor de cabeça:

1. Escolha a plataforma barata

Ao se falar em transações internacionais, muitas vezes, o primeiro pensamento que vem à cabeça são os bancos tradicionais. No entanto, já existem plataformas online que são muito mais baratas e menos burocráticas do que os  bancos tradicionais. 

Entre os custos que podem envolver uma transferência internacional estão:

  • Spread/Taxa administrativa da instituição financeira;
  • Tarifa bancária;
  • IOF;
  • Cotação do câmbio;
  • Despesa externa (SWIFT).

Sendo assim, antes de escolher a plataforma, pesquise sobre os valores cobrados pela instituição financeira e economize. Lembrando ainda que o IOF é cobrado de forma obrigatória em qualquer instituição financeira e varia de acordo com a titularidade do beneficiário e remetente da transação internacional. 

cotacao da transacao internacional - 5 dicas para realizar uma transação internacional econômica
O câmbio influencia no valor da transação internacional.

2. Atenção à cotação do câmbio

Nos custos de uma remessa internacional também está embutido a cotação do câmbio. Esse valor merece atenção especial porque, em alguns casos, a instituição pode cobrar uma taxa extra sobre o valor da cotação da moeda sem você perceber. Ou seja, em muitos bancos e outros provedores, a taxa de câmbio é cobrada junto a uma margem de lucro própria, o que acaba tornando a transação mais cara.

Dessa forma, ao escolher a plataforma, opte por uma que não cobra nenhuma taxa extra em cima da cotação do câmbio

3. Fique de olho na segurança

Quando falamos de transações financeiras, nos preocupamos com a segurança. Por isso, é fundamental contar com uma empresa devidamente regulamentada pelo Banco Central do Brasil (Bacen). 

Essa segurança, inclusive, é uma regra básica se você deseja investir nos Estados Unidos, por exemplo. Para isso, precisará abrir uma conta em uma corretora norte-americana e elas exigem esse credenciamento. 

4. Atenção aos prazos

Outra dica importante é se atentar aos prazos para recebimento do dinheiro. Em muitos bancos tradicionais, a transação internacional pode demorar até 5 dias ou mais. Por isso, principalmente se você tem pressa, busque por opções mais rápidas. 

Os prazos para receber uma transferência, no geral, dependem do valor da remessa, país de origem e destino, data de envio, entre outros fatores. Vale a pena conferir todos os detalhes na instituição a ser utilizada. 

5. Utilize as vantagens da Remessa Online

Outra dica que vai fazer total diferença em suas transações internacionais é contar com a Remessa Online. A plataforma oferece diversos benefícios para os usuários como: 

Segurança

A Remessa Online é uma plataforma brasileira 100% digital que garante a segurança dos dados de seus usuários. Primeiramente, ela é devidamente regulamentada pelo Banco Central do Brasil (Bacen). É possível encontrar a plataforma no site do Banco Central com os seguintes dados:

  • Razão Social: Bee Serviços de Assessoria Financeira Tecnologia LTDA – CNPJ:20338931/0001-01

Mas não é só isso! Todas as transações feitas na plataforma são criptografadas para garantir total segurança de quem envia e recebe o dinheiro.

Câmbio na importação: o que é e como funciona.

Mais barata

Outra vantagem é que a Remessa Online pode ser até 8x mais barata do que outras instituições. Os custos da plataforma são:

  • Taxa administrativa – a partir de 1,3% sobre o valor de transferência;
  • Tarifa bancária – gratuita dependendo do valor e da moeda transacionada;
  • IOF de 0,38%;
  • A conversão de moedas é realizada com a taxa de câmbio comercial do momento da transação e não há a cobrança de taxa adicional.  

Rápida

Diferente de outras plataformas, com a Remessa Online o beneficiário recebe o valor da transação, na moeda escolhida diretamente em sua conta bancária, em até dois dias úteis. Mas, geralmente, a transferência é realizada em até um dia útil. 

Atende pessoas físicas ou jurídicas

Com a Remessa Online não importa se você é pessoa física, pequeno empreendedor, Startup ou uma empresa. Com a plataforma, empresas podem fazer transferências internacionais com a  Remessa Online for Business e a Remessa Online for Startups. Ainda pode contar com um atendimento exclusivo para empresas e taxas exclusivas. 

Conclusão

Ao fazer uma transação internacional é muito importante seguir algumas dicas para garantir uma operação barata e segura. Antes de fazer sua transferência, pesquise por plataformas que oferecem os melhores custo-benefício para você. 

Confira nosso artigo para saber mais dicas sobre como fazer transferências internacionais com segurança. 

Assuntos relacionados