7 dicas práticas para atrair investidores para sua startup

por Remessa Online
3 minutos de leitura
Atrair investidores: ícone de foguete representando startup

Se você quer ter sucesso com a sua startup, precisa atrair investidores. Esse é um dos grandes desafios desse tipo de negócio, especialmente quando chega a hora de expandir a produção.

Normalmente, essas empresas começam com poucos recursos. Mas seu crescimento sustentável depende de caixa. Esse dinheiro pode surgir a partir de diferentes fontes, como:

  1. Investidores-anjo, que costuma aliar experiência ao aporte de capital;
  2. Capital semente, ou seja, o investidor-anjo aplica apenas os valores necessários para os primeiros passos;
  3. Venture capital, que consiste em oferecer participação societária ao investidor;
  4. Crowdfunding, ou investimento coletivo, em que várias pessoas fornecem uma quantia menor para contribuir para o projeto.

Qualquer que seja a sua escolha, é fato que a sua startup precisa chamar a atenção para obter recursos. O que fazer para atrair investidores? Algumas dicas ajudam a atingir esse objetivo. Veja quais são as 7 principais.

1. Tenha um bom planejamento

O primeiro passo é ter um bom plano de negócios, documento que vai guiar as suas decisões. Ele deve ser o mais realista possível e demonstrar para o investidor quais são as perspectivas para curto, médio e longo prazos.

É importante que o planejamento está pronto para ser aplicado e faça uma projeção adequada dos dados. Complemente com informações sobre os diferenciais da sua startup.

Ao seguir esses passos, você mostra que seu negócio está preparado para alcançar o mercado-alvo esperado. Além disso, sinaliza como deverá ser o retorno do investimento.

Uma dica para fazer um bom plano de negócios é usar o Canva. Ele evidencia os objetivos da startup e sua proposta de valor. Ao mesmo tempo, melhora a visualização da empresa.

2. Construa um pitch potente

Os detalhes do plano de negócio servirão para embasar o pitch, ou apresentação da empresa. Aqui, devem estar descritos vários detalhes sobre a startup, como:

  1. Estratégias de marketing e vendas;
  2. Conhecimento do mercado e da concorrência;
  3. Estágio de desenvolvimento em que a empresa se encontra;
  4. Tipo de investimento procurado;
  5. Relação buscada com o investidor;
  6. Valor pretendido;
  7. Necessidade a ser atendida.

Apesar de serem vários fatores, é importante que o pitch seja breve. Vale a pena incluir também o seu Produto Mínimo Viável (MVP), a forma de distribuição do produto ou serviço e mais. 

3. Faça a prospecção de investidores

Depois de deixar os documentos prontos, procure os possíveis interessados. Existem várias alternativas para usar nesse momento. Entre elas estão:

  1. Participar de eventos específicos, como o DemoDay de Startups;
  2. Fazer contato via LinkedIn;
  3. Procurar sites de organizações de investimento-anjo;
  4. Verificar programas de incubação e aceleração;
  5. Corporate venture.

De toda forma, é importante ter networking. Assim, fica mais fácil atrair investidores alinhados ao seu modelo de negócio.

4. Tenha uma boa equipe

Um dos fatores analisados pelo investidor é o time da empresa, ou seja, a qualidade da equipe. Para atender às demandas, é importante que os gestores tenham experiência no mercado.

Mais do que isso, toda a equipe deve ser qualificada e ter conhecimento do seu nicho de atuação. Esses aspectos fortalecem as conquistas da startup ao longo dos anos.

5. Seja transparente

Ter transparência na gestão e nas tomadas de decisão é um dos principais aspectos para atrair investidores. Todas as informações devem estar disponíveis, como:

  1. Gastos;
  2. Situação atual do negócio;
  3. Possíveis dívidas;
  4. Projeções;
  5. Número de vendas.

6. Busque inovação

Startups precisam ser inovadoras — essa é, praticamente, uma obrigação. Por isso, é importante provar que tem essa capacidade para atrair investidores.

É fundamental que a pessoa interessada seja capaz de acreditar no potencial da sua empresa. Para isso, ele olhará a tecnologia usada, a qualificação da equipe e até a satisfação dos clientes.

O investidor também verificará a defensabilidade do negócio, ou seja, a sua capacidade de inovar para impedir que novos entrantes do mercado retirem a sua vantagem competitiva.

7. Certifique-se de que é o momento certo para receber investimentos

Sua startup pode ter grande potencial, mas o momento pode prejudicar os resultados alcançados. Esse é outro quesito analisado pelos investidores. Portanto, tenha certeza de que está na hora certa.

Aqui, é preciso analisar o tamanho do mercado da empresa e garantir que ele suporte uma organização exponencial ou escalável. Se esses critérios estiverem alinhados, é mais um ponto a favor para você.

Todas essas dicas também podem ser aplicadas para conseguir investimentos no exterior. Nesse caso, é preciso de uma plataforma de transferências internacionais.

Com a Remessa Online, você envia e recebe dinheiro do exterior a custo a partir de 1,3% e prazo de 1 dia útil. A operação é simples e eficiente, e você ainda pode usar a Remessa Online for Startups, que oferece uma equipe específica para escalar o seu negócio e estruturar sua ampliação para outros países.

Agora você já sabe o que fazer para atrair investidores e alcançar bons resultados para sua startup. As dicas apresentadas podem ser um pouco complexas, mas são um caminho certo para atingir os seus objetivos.

O que acha de saber mais sobre a possibilidade de conseguir mais recursos para sua startup? Conheça o investimento-anjo e veja o que muda com a nova regra.

Resumindo

Como atrair investidores para o meu negócio?

É preciso ter um bom planejamento, construir um pitch potente, fazer a prospecção dos investidores, ter uma boa equipe, ser transparente, buscar inovação e ter certeza de que é o momento certo para receber investimentos.

Onde encontrar um investidor?

É possível encontrá-lo via LinkedIn, em programas de aceleração e incubação, feiras especializadas e mais.

Onde encontrar um investidor-anjo?

A procura é feita nos mesmos lugares, mas você também pode ir direto a sites de organizações de investimento-anjo.

Assuntos relacionados