Um dos grandes passos para aqueles que buscam se tornar grandes empreendedores e especialistas em negócios é fazer um MBA. Buscando se especializar nas melhores universidades do mundo, é cada vez mais comum que brasileiros entrem em cursos de renomadas universidades do exterior.

Neste artigo, conheça as melhores universidades para se fazer MBA!

Estudantes de MBA no exterior
Estudantes de MBA no exterior

As melhores universidades

Para construir o ranking de melhores universidades para se fazer MBA, a Quacquarelli Symonds, empresa especializada em análises universitárias, utilizou parâmetros como empregabilidade, média salarial após o MBA, reconhecimento internacional e diversos outros fatores.

Em 2018, a melhor universidade para se fazer MBA, diferentemente do que o senso comum acredita, não é Harvard. Na realidade, Stanford, na Califórnia (EUA) é considerada a melhor universidade, seguida pelas também americanas Harvard, de Boston (Massachusetts) e a Universidade da Pensilvânia, Wharton, localizada no estado da Filadélfia.

Confira essas e outras das melhores universidades para fazer seu MBA:

Stanford

Stanford é líder das melhores universidades do mundo para se fazer MBA
Stanford é líder das melhores universidades do mundo para se fazer MBA.

Localizada em Palo Alto, na Califórnia (EUA), a universidade de Stanford foi fundada em 1891 e oferece diversos cursos, com destaque para as áreas de Engenharia, Humanidades, Administração, Medicina e Direito.

Considerada uma das que mais forma talentos, é de lá que que os fundadores de grandes empresas como Google, HP, Yahoo e Nike se formaram.

Cerca de 100 mil estudantes moram no campus da universidade, que recebe cerca de 20 mil inscrições anuais e só aprova cerca de duas mil e quinhentas pessoas por temporada.

Harvard

Harvard foi, por muitos anos, a líder das melhores universidades para se fazer MBA.
Harvard foi, por muitos anos, a líder das melhores universidades para se fazer MBA.

Talvez a universidade mais famosa do mundo, a Universidade de Harvard está localizada em Cambridge, Massachusetts, também nos Estados Unidos. Foi lá que George W. Bush, ex-presidente dos EUA, o empresário brasileiro Jorge Paulo Lemann e Shery Sandberg, CFO do Facebook estudaram. Por diversos anos, a lista de melhores MBAs do mundo foi encabeçada por Harvard, que recebe destaque por suas pesquisas de negócios e metodologia especial de acompanhamento do estudante, que auxilia o aluno com conexões em empresas e coach de carreira.

Nesta universidade, o MBA tem duração de dois anos e é ministrado em período integral, aplicando diversos estudos de caso.

Wharton

Universidade de Wharton
Universidade de Wharton

Wharton é considerada a primeira escola de negócios do mundo, sendo fundada em 1740, pelo empresário Joseph Wharton. Como pilares, a universidade incentiva o empreendedorismo, a criatividade, a inovação e a capacidade de análise de seus estudantes.

Conhecida por formar líderes, foi lá onde  Elon Musk (CEO da Tesla), Warren Buffett (Investidor) Donald Trump (Presidente dos EUA) e Sundar Pichai (CEO da Google) realizaram seus estudos.

Segundo o ranking de melhores universidades para fazer MBA do Financial Times, esta é a terceira melhor universidade do mundo no quesito MBA.

Nesta instituição, o MBA tem duração de 20 meses, caso seja realizado em período integral. Já um MBA Executivo é feito em dois anos (24 meses) e pode ser realizado na Filadélfia ou em São Francisco.

Agora, vamos conhecer algumas das melhores universidades para se fazer MBA no exterior que não estão localizadas nos Estados Unidos.

London Business School (Inglaterra)

London Business School
London Business School

A Escola de Negócios de Londres é considerada a melhor escola de negócios da Europa e seus alunos são reconhecidos mundo afora por seu grau de comprometimento com os estudos. Nesta universidade, o MBA tem a duração de dois anos e durante o período é sugerido que você tenha contato com “alumnis”, ex-alunos da universidade para trocar experiências. Além disso, o intercâmbio entre outras das melhores universidades do mundo para se fazer MBA é facilitado, com parcerias entre a LBS e a Wharton, por exemplo.

INSEAD SINGAPORE (Singapura)

INSEAD Singapura
INSEAD Singapura

O INSEAD é um instituto francês com três campus espalhados pelo mundo: sua sede principal, em Fountainebleu, na França, o segundo em Singapura e o terceiro e mais novo, em Abu Dhabi, inaugurado em 2017.

Dentre os três, o mais premiado e que até mesmo já desbancou Harvard como o melhor programa de MBA no ano de 2016.

Nesta instituição, é possível realizar programas de intercâmbio entre os três campus, fazendo sua experiência ser ainda mais rica em aprendizado!

No INSEAD, o modelo de MBA é diferente das demais desta lista, já que pode ser realizado em dez ou doze meses, com um ritmo intenso de aprendizado e, por sua duração menor, pode ser mais acessível que outros dos melhores MBAs do mundo.

HEC Paris (França)

https://www.instagram.com/p/BuGUTHMABP5/

A “Escola de Altos Estudos Comerciais de Paris” (HEC Paris) é uma das melhores da França no quesito MBA e uma das mais pluralistas. Em 2018, por exemplo, o presidente do Conselho de MBA da instituição era um brasileiro, por exemplo.

A escola apresenta ótimos números, com taxa de empregabilidade de 97% em três meses de curso, com 50% destes conquistando cargos na Europa após o MBA.

São oferecidos três tipos de MBA na instituição: o MBA comum, de 16 meses, o MBA executivo de 15 a 18 meses e o Trium, um MBA Global em que as aulas são ministradas em quatro países: Reino Unido, Estados Unidos, França e China, de maneira rotatória à cada módulo.

SDA Bocconi (Itália)

https://www.youtube.com/watch?v=NR_1-ZduhIg&feature=youtu.be

Com MBAs ministrados em inglês e duração de um ano, a SDA Bocconi é a melhor universidade para se fazer MBA na Itália. Localizada em Milão, ela ostenta 87% de empregabilidade para seus graduandos três meses após a graduação.

A idade média dos estudantes da SDA é 29 anos, com estudantes de mais de 30 países estudando juntos para se tornarem os melhores líderes em suas empresas.

Além da grade de alta performance do MBA, a universidade oferece diversas atividades extracurriculares para que os estudantes ampliem seus horizontes, como clubes de estudos de Marketing e Tecnologia, Saúde, Finanças e até mesmo um clube de esqui.

IMD (Suiça)

https://www.youtube.com/watch?v=1XmFuyRf5jY

Localizado em Lausanne, na Suiça, o Instituto Internacional de Desenvolvimento Gerencial (IMD) é uma instituição que oferece cursos de MBA e MBA Executivo, com o objetivo de desenvolver profissionais que desejam assumir cargos de alto nível hierárquico.

O curso tem um ano de duração e classes com, no máximo, 90 alunos. Assim como outras universidades da lista, o quadro de alunos é diverso: são mais de nacionalidades dividindo espaço e buscando o tão sonhado título de Mestre.  

CEIBS (China)

https://www.youtube.com/watch?v=j87okr_O7M8

O MBA na CEIBS (Escola Internacional de Negócios da China e Europa), universidade localizada em Shanghai, China, é um dos melhores da Ásia e aplica diversos cases em suas aulas. Como o mercado chinês é um dos que mais cresce e possui um ritmo frenético, diversas oportunidades surgem no país.

A CEIBS é uma parceria entre o governo chinês e a União Europeia, estabelecida em 1994 e pensada para estreitar os laços comerciais e tecnológicos entre os países da UE e a China.

A cada ano, cerca de 260 profissionais finalizam o MBA Executivo nesta universidade, que também figura entre as melhores para Ph.Ds.

Melbourne (Austrália)

Universidade de Melbourne
Universidade de Melbourne

Além de ser uma das cidades com o maior índice de qualidade de vida e de felicidade do mundo, Melbourne também abriga uma das melhores universidades, que se destaca também por seu programa de MBA.

Algo que se destaca na universidade é o incentivo aos estudantes de fora, que remete à população do país: cerca de 45% dos moradores da Austrália são estrangeiros ou possuem pais originários de outros países.

E as políticas de incentivo não restringem os estudantes internacionais, pelo contrário. Todos os que possuem o visto de estudante acima de 14 semanas, independente do nível do estudo que realizará no país, pode trabalhar legalmente no país por meio período (20 horas semanais). Para estudantes de Mestrado com pesquisa e PhD, não existe uma limitação de horário para o trabalho.

Nesta universidade, o mestrado tem duração de dois anos.

Como pagar seus estudos no exterior?

Primeiro, é necessário realizar seu cadastro na Remessa Online. Cadastre-se aqui.

Depois, clique em “Novo envio”. Agora, você precisa selecionar o que você quer fazer. Em outros serviços, você encontrará “Pagar curso ou tratamento de saúde”.

Depois de inserir as informações e enviar os documentos necessários, siga as informações dadas pela página e cadastre sua história.

Após identificação do seu pagamento, o valor estará disponível na conta do beneficiário em até um dia útil.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a gente! Estamos à disposição para te ajudar. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here