Como emitir nota fiscal por exportação de serviços

A prestação de serviços para o exterior também exige a emissão de notas fiscais. O prestador de serviços precisa emitir uma nota fiscal no Brasil e uma invoice para o exterior. Esse processo gera muitas dúvidas nos profissionais, e o objetivo deste artigo é ajudá-los sobre como proceder.

Como emitir nota fiscal em serviços prestados ao exterior

No meio comercial, emitir notas fiscais é um procedimento habitual e exigido por lei, também é um documento importantíssimo para a comercialização de produtos e serviços.

Uma forma de garantir a legalidade de todo o processo de venda ou prestação de um serviço, resguardando os clientes e o empreendimento. Para o comércio exterior não é diferente, é essencial emitir a invoice, que é similar a nota fiscal.

Não sabe o que é invoice? Invoice é um documento equivalente a uma nota fiscal, porém é emitida apenas para serviços no exterior. A seguir, vamos explicar o que é esse documento e como deve ser feita a sua emissão. Confira!

Qual a importância de emitir a nota fiscal

Emitir a nota fiscal é uma forma de garantir a legalidade dos processos comerciais e que o estabelecimento está cumprindo as leis. A aplicação dos tributos se inicia na emissão da nota e é uma forma de atestar que o negócio paga os impostos devidamente.

Além de ser um requisito obrigatório, a nota fiscal transmite mais confiança e credibilidade, pois é por meio da nota que é possível prestar assistência caso ocorra algum problema, isso é um ponto positivo para ter a fidelidade dos clientes.

A emissão da nota fiscal também é aplicável ao mercado exterior, que é mais rigoroso e exige o procedimento correto e garantias em caso de imprevistos. Ou seja, a nota fiscal é indispensável para qualquer estabelecimento e proporciona benefícios e a consciência tranquila de que está tudo correto e dentro dos requisitos legais.

O que é invoice?

Invoice é um documento que comprova a venda de um serviço para um cliente no exterior. Assim como a nota fiscal brasileira, na invoice, o prestador de serviços informa os serviços que foram prestados ao cliente no exterior, bem como seus valores etc. 

A emissão da invoice não substitui o uso da nota fiscal brasileira, pelo contrário. O prestador de serviços deve emitir os dois documentos. Um para enviar ao cliente no exterior e o outro para declarar a venda de serviços dentro do território brasileiro – onde seu CNPJ está inscrito. 

A emissão da invoice isenta o prestador do pagamento de alguns impostos como PIS e Cofins, conforme orientação do Ministério da Economia, mas outros impostos podem incidir sobre a atividade. 

O que deve conter em uma invoice?

A invoice, que é uma forma de atestar uma venda ao exterior, deve conter dados básicos que precisam estar descritos impreterivelmente. É importante conferir todos os dados informados para garantir que tudo esteja correto. Os dados que não podem faltar no documento são:

  1. descrição do produto;
  2. valor;
  3. nome do comprador e empresa;
  4. datas para envio dos produtos;
  5. forma de pagamento;
  6. dados bancários.

O mercado exterior é muito exigente e faz questão que tudo esteja correto, por esse motivo é essencial garantir a emissão da invoice com todas as informações. É uma forma de proporcionar segurança a quem contratou um serviço ou comprou um produto.

Quando emitir a invoice e a nota fiscal?

A emissão da invoice deve ser feita assim que o serviço for faturado para o cliente, de acordo com as condições combinadas no contrato de prestação de serviços. A emissão e o envio do documento ao cliente são processos necessários para que a conclusão do serviço seja comunicado, informando também que o pagamento já pode ser realizado. 

Depois que o pagamento for realizado pelo cliente e recebido pelo prestador de serviços, é o momento de emitir a nota fiscal brasileira. A nota de serviços, emitida no Brasil, serve apenas para fins contábeis. 

Na nota fiscal internacional, os valores devem discriminados em reais, e convertidos de acordo com o câmbio do dia do pagamento. É importante fazer a emissão da nota fiscal na mesma data em que o pagamento for realizado para inserir o valor correto, de acordo com a atualização cambial. Caso não seja possível, lembre-se de verificar o valor do câmbio na data do recebimento.

Faça o registro no Siscoserv

Juntamente com a emissão da Invoice, é preciso registrar a operação no Siscoserv. O Siscoserv (Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio), controla as informações sobre importações e exportações de serviços para o exterior. 

Toda venda ao exterior deve ser registrada nesse sistema, para controle da Receita Federal. O registro é feito diretamente no site do Siscoserv. 

A Remessa Online pode te ajudar a receber pelos serviços prestados ao exterior. Acesse o site e conheça a nossa plataforma Remessa Online for Business

Invoice é o nome dado a uma nota fiscal internacional.
Invoice é o nome dado a uma nota fiscal internacional.

Remessa Online: a melhor opção para receber serviços prestados no exterior!

A Remessa Online oferece serviços de transações internacionais em mais de 100 países que são a melhor opção para receber serviços prestado no exterior, pois o processo é simples, eficiente e com as menores taxas do mercado.

Para receber dinheiro de produtos ou serviços executados no exterior é fácil, basta fazer o cadastro na plataforma digital Remessa Online, fornecendo dados básicos e em poucos minutos você vai estar pronto para realizar operações financeiras.

É importante frisar que a conta corrente em que o dinheiro será transferido precisa ser da mesma titularidade da informada no cadastro na plataforma digital. O passo a passo para receber é o abaixo:

  1. emita uma invoice;
  2. compartilhe os dados para recebimento com seu cliente;
  3. faça upload dos documentos;
  4. resgate o dinheiro para sua conta.

O custo de serviço da Remessa Online é o mais baixo do mercado, 1,3% fixa e além disso a tarifa bancária é de R$ 5,90 para valores abaixo de R$ 2.500 – acima desse valor é gratuita. O imposto que é cobrado no processo é o IOF de 0,38% e deve considerar o câmbio comercial da moeda envolvida.

As atividades da Remessa Online são credenciadas pelo Banco Central e as vantagens de realizar movimentações financeiras pela plataforma digital são diversas. Além da comodidade de fazer operações de onde estiver, você tem toda a segurança, eficiência, taxas baixas e a facilidade de operações sem burocracias.

Como percebeu, a nota fiscal e a invoice são itens essenciais para manter o empreendimento regularizado e proporcionar segurança aos clientes, ainda mais no mercado exterior, que é muito exigente.Receber dinheiro do exterior por serviços prestados ou produtos vendidos exige atenção e sempre buscar melhores condições para economizar, pensando nisso, acesse o site da Remessa Online e veja serviços que vão ajudar muito nessa tarefa!

Resumindo:

O que é invoice?

 É o documento usado para faturar serviços prestados ou contratados, e produtos comprados ou vendidos no exterior. A invoice é fornecida por aquele que presta o serviço ou vende o produto.

Qual a diferença entre invoice e nota fiscal?

A invoice é emitida em transações internacionais. Já a nota fiscal é emitida para operações realizadas no Brasil, e é utilizada como base para cálculo de imposto.

Quando emitir a invoice e a nota fiscal?

A invoice é emitida no ato do faturamento do produto ou serviço ao cliente. Já a nota fiscal para serviços prestados ao exterior é emitida quando o pagamento chega, e no valor em reais convertido no dia do recebimento.