O que é o código CFOP

Pretende trabalhar com exportações? Conhecer a sigla CFOP é fundamental para que as operações sejam realizadas. Neste artigo, você entenderá melhor o conceito de CFOP e porque ele é importante para a exportação de produtos.

Entenda o que é o código CFOP

A sigla CFOP (Código Fiscal de Operações e Prestações) representa um código numérico de quatro dígitos que identifica a natureza de circulação de uma mercadoria. Desta forma, ele é utilizado para classificar mercadorias e identificar prestadores de serviços responsáveis pelo transporte intermunicipal e interestadual delas. 

Todos os profissionais responsáveis pelas notas fiscais em uma empresa devem entender o que é o CFOP e ter sempre em mãos os códigos da tabela mais utilizados em sua empresa. 

Para saber mais, reunimos neste artigo tudo sobre o CFOP e como funciona a Tabela de Entradas e Saídas de mercadorias. Confira!

Pra que serve o código CFOP?

Utilizar o CFOP é muito importante para as empresas que trabalham com comércio exterior pois é por meio dele que o Governo verifica a circulação de mercadorias no país e no exterior. Também é por meio da tabela CFOP que será definida se a operação fiscal terá que recolher impostos ou não. 

Por isso, a indicação do código é obrigatória em todos os documentos fiscais de uma empresa quando houver entradas e saídas de mercadorias, bens e aquisição de serviços. 

Dessa forma, todas as operações de compra e venda se tornam mais transparentes aos olhos da Receita Federal, permitindo assim que os impostos sejam cobrados da maneira correta. 

O Convênio S/Nº, de 15 de dezembro de 1970, determinou a sua criação. Todas as entradas, saídas, aquisições ou prestações de serviços tem um código próprio. Assim, cada CFOP pode começar pelos dígitos 1, 2, 3, 5, 6 ou 7, conforme os seguintes grupos:

Entradas

  • 1.000 – Entrada e/ou Aquisições de Serviços do Estado;
  • 2.000 – Entrada e/ou Aquisições de Serviços de outros Estados;
  • 3.000 – Entrada e/ou Aquisições de Serviços do Exterior.

Saídas

  • 5.000 – Saídas ou Prestações de Serviços para o Estado;
  • 6.000 – Saídas ou Prestações de Serviços para outros Estados;
  • 7.000 – Saídas ou Prestações de Serviços para o Exterior. 
 O código CFOP indica se deve ou não ocorrer o recolhimento de impostos sobre os produtos transportados.
O código CFOP indica se deve ou não ocorrer o recolhimento de impostos sobre os produtos transportados.

Como funciona o CFOP

Mas como o CFOP funciona exatamente? Em suma, o código indica se deve ou não ocorrer o recolhimento de impostos sobre os produtos transportados e como isso deve ser feito.

Sendo assim, há uma lógica na sequência numérica do código que, se conhecida em detalhes, pode facilitar o trabalho de quem é responsável pelas notas fiscais. 

  1. Primeiro dígito: informa se o produto ou a atividade é de entrada ou de saída;
  2. Segundo dígito: mostra qual é o grupo ou a operação referida no documento fiscal;
  3. Terceiro e quarto dígitos: especificam o tipo de prestação ou de operação.

No entanto, como existem mais de 500 códigos, é muito difícil decorar todos. Por isso, é importante ter a tabela CFOP sempre em mãos e atualizada.

Importações e o CFOP

Ao realizar importações para o Brasil para que elas sejam validadas, a emissão da Nota Fiscal é um dos documentos fiscais mais importantes. Para sua emissão, o CFOP é fundamental.

Por isso, o CFOP utilizado deve ser adequado para o tipo de Operação de Importação realizada, e o tipo de entrada que será dada para o bem importado dentro da empresa. Desse modo, poderão ser indicados quais impostos devem ser recolhidos. 

Segundo as normas técnicas da NF-E, as operações internacionais devem ter seu CFOP iniciado com 3 e 7, sendo 3 para importações e 7 para exportações.

Por isso, é fundamental conhecer os códigos mais utilizados em suas importações. Dessa forma, é possível evitar que erros sejam cometidos, permitindo que você ganhe agilidade em suas operações. 

Pague a sua importação com a Remessa Online

Agora que você já conhece a tabela CFOP e sabe de sua importância para as importações de suas mercadorias, você pode facilitar os pagamentos para o exterior utilizando a plataforma brasileira Remessa Online

Com a Remessa Online, enviar dinheiro para mais de 100 países é muito mais seguro, fácil e barato. 

Toda atividade é credenciada pelo Banco Central do Brasil (Bacen) e, além disso, a plataforma oferece a tecnologia de criptografia em todas as transações. Para utilizar os serviços da Remessa Online você pode fazer o cadastro gratuito em nosso site. 

Outro importante benefício é que você poderá contar com taxas menores que em bancos convencionais, apenas 1,3% sobre o valor enviado. Em operações acima de R$ 2.500,00 não existe taxa bancária. Ainda, o valor do câmbio é baseado no câmbio comercial e não há a cobrança de taxa adicional.  Continue acompanhando o blog da Remessa Online e fique por dentro de outras vantagens para enviar e receber dinheiro do exterior.

Resumindo:

O que é código CFOP?

A sigla CFOP (Código Fiscal de Operações e Prestações) representa um código numérico de quatro dígitos que identifica a natureza de circulação de uma mercadoria.

Para que serve o código CFOP?

O código indica se deve ou não ocorrer o recolhimento de impostos sobre os produtos transportados e aponta como isso deve ser feito. Existe uma tabela padrão com mais de 500 códigos, um para cada tipo de mercadoria.

O que é a tabela CFOP?

É uma tabela federal com mais de 500 códigos que indica qual código deve ser usado de acordo com o tipo de mercadoria em circulação.