Quanto um desenvolvedor pode ganhar sendo freelancer para o exterior?

Saiba quanto um desenvolvedor pode ganhar trabalhando para o exterior

Muitos profissionais que exercem atividades como freelancers, encontram excelentes oportunidades de prestação de serviços para clientes localizados no exterior. Com a Internet e a possibilidade de trabalhar de forma remota se tornou uma excelente oportunidade. Saiba quanto um desenvolvedor pode ganhar trabalhando como freelancer para o exterior.

Os desenvolvedores de sistemas são profissionais muito requisitados, isso porque existe uma demanda de mercado muito grande de profissionais para a criação de softwares, aplicativos, monitoramento de sistemas digitais e redes.

Se você tem formação e conhecimento na área e quer saber quanto ganhar um desenvolvedor prestando serviços remotamente para clientes no exterior, este artigo é para você.

Além disso, vamos ajudá-lo a entender como funciona a atividade freelancer, como conseguir novas oportunidades e investir em uma estratégia de internacionalização dos seus serviços.

Ficou curioso? Então continue a leitura e entenda mais sobre quanto um desenvolvedor pode ganhar trabalhando como freelancer para o exterior.

Como funciona a atividade de um freelancer?

A atuação de profissionais como freelancers têm crescido muito no mundo todo. Geralmente, esses especialistas são pessoas descontentes com estruturas organizacionais e que buscam mais liberdade e autonomia para o exercício da sua profissão.

Além disso, a oferta de serviços como freelancer está associada a novos desafios na carreira, crescimento profissional e pessoal e também a busca por experiência no mercado internacional.

E para quem tem habilidades exigidas nos meios digitais, trabalhar desta forma pode ser uma excelente oportunidade tanto para o seu crescimento profissional quanto para uma boa fonte de renda.

Hoje, há uma procura muito grande por programadores, desenvolvedores, profissionais da Tecnologia da Informação, do marketing digital, web designers, entre outros. Se você tem alguma especialidade nesta área, pode começar a considerar a possibilidade de expandir os seus horizontes profissionais.

Quais são os requisitos para quem ser freelancer para clientes internacionais?

Se você quer começar a sua jornada como freelancer de desenvolvimento para o mercado internacional, o primeiro passo é ter o domínio do inglês. Mesmo que a empresa que você vai atender não tenha o inglês como idioma nativo, a habilidade é considerada essencial. 

Se além do inglês você também dominar o idioma do país, será um diferencial interessante na contratação dos seus serviços. Entretanto, para começar, o importante é que você tenha consciência do quão importante é conseguir se comunicar em inglês.

Quanto um desenvolvedor pode ganhar como freelancer depende de fatores como experiencia, país para qual está prestando serviço e portfólio.
Um desenvolvedor que quer trabalhar para o exterior precisa ter domínio da Língua Inglesa.

Apresentar ao cliente em potencial um bom portfólio de trabalho é fundamental. Você pode montar o material em português, mas é imprescindível que apresente ao cliente também uma versão em inglês. Lembre-se que são poucos países que falam o nosso idioma, por isso é necessário comunicar sua mensagem de forma eficiente.

Por fim, outra dica importante é que você esteja por dentro do mercado internacional e conheça as principais características da empresa contratante, com as informações certas você aumentará as chances de fechar bons contratos de prestação de serviços como freelancer.

Quanto um desenvolvedor pode ganhar prestando serviços para o exterior?

Os valores variam muito de um país para o outro, por isso, antes de precificar os seus serviços é essencial realizar uma pesquisa do mercado e descobrir quais são os valores médios cobrados pelos profissionais freelas daquela região.

Para você ter uma ideia, nos Estados Unidos, um desenvolvedor sênior de uma empresa de tecnologia privada ganha um salário médio de USD 6.000,00 por mês e os profissionais que atuam em empresas públicas recebem salários que giram em torno de USD 10.800,00 por mês.

Entretanto, como esses valores são muito específicos, eles não devem servir como base para a precificação dos seus serviços. Confira abaixo algumas dicas que vão ajudá-lo a calcular quanto um desenvolvedor pode ganhar:

  1. conheça o valor da sua hora como profissional no Brasil e no país que você deseja atuar como freelancer;
  2. saiba quais são os custos envolvidos no seu trabalho;
  3. faça uma pesquisa de mercado e descubra quanto os seus concorrentes estão cobrando;
  4. ajuste o preço de acordo com o seu projeto e suas características, como por exemplo, prazo de entrega e demandas mais específicas.

Como começar a internacionalizar os seus serviços?

Primeiro, você deve começar a pesquisar sobre o mercado e as oportunidades para profissionais que atuam na área de desenvolvimento. 

Tendo uma boa base e informações relevantes a respeito da sua atuação, o passo seguinte é a montagem do seu portfólio. Com um portfólio profissional a empresa terá condições de avaliar como é o seu trabalho e se ele está alinhado com as necessidades do contratante.

Com o seu portfólio pronto, o próximo passo é começar a buscar oportunidades no mercado internacional. A plataforma do LinkedIn pode ser uma excelente fonte de informações sobre empresas que buscam desenvolvedores. Além dela, sites como o Freelancer  e o Workana trazem inúmeras oportunidades para quem quer atuar como freela na área de tecnologia.

Como a Remessa Online pode ajudar você?

A Remessa Online é uma plataforma de transferências internacionais de dinheiro, que realiza seus serviços de forma totalmente online. Os usuários podem enviar e receber dinheiro do exterior de uma forma simples, com menos burocracia que a dos bancos tradicionais e de forma mais barata. A Remessa possui a menor tarifa do mercado: apenas 1,3%.

Se você quer começar a atender clientes localizados fora do país, é imprescindível buscar um serviço de remessa internacional que seja eficiente e que ajude a receber pelos seus serviços. Além disso, um bom planejamento, o domínio do inglês e um portfólio afiado são requisitos essenciais para fechar bons contratos de trabalho.

Agora que você já sabe quanto um desenvolvedor pode ganhar, que tal conhecer mais sobre os serviços da Remessa Online? Acesse o nosso site e descubra como fazer e receber remessas internacionais de dinheiro de forma segura, barata e descomplicada.

Resumindo

Como funciona a atividade de um freelancer?

O freelancer é um profissional que atende outras empresas, geralmente de forma remota, por meio de um contrato de prestação de serviços. Ele pode trabalhar em horário flexível e trabalhar em quanto projetos conseguir.

Vale a pena ser freelancer de desenvolvimento?

Sim! O mercado está em busca de profissionais da área e você pode encontrar excelentes oportunidades tanto no Brasil quanto no exterior.

Quanto ganha um freelancer de desenvolvimento trabalhando para empresas do exterior?

Os valores variam muito de um país para o outro, por isso é necessário pesquisar o mercado e avaliar qual é a média cobrada pelos desenvolvedores que residem lá. De qualquer forma, o valor pago costuma ser sempre mais interessante do que o valor recebido como profissional contratado de uma empresa brasileira.