Estudar no exterior com nota do ENEM é possível

As notas do ENEM saem nesta sexta-feira (17) e muitos estudantes estão na expectativa para saber se o resultado lhes possibilitará ingressar no ensino superior em 2020. Mas sabia que a nota do ENEM pode te ajudar a estudar no exterior? Descubra como.

Saiba como estudar no exterior com a nota do ENEM

As notas do ENEM saem nesta sexta-feira (17) e muitos estudantes estão na expectativa para saber se o resultado lhes possibilitará ingressar no ensino superior em 2020. Mas sabia que a nota do ENEM pode te ajudar a estudar no exterior? Descubra como.

O Exame Nacional do Ensino Médio foi criado pelo governo brasileiro em 1998 com o objetivo de avaliar o desempenho dos estudantes da escolaridade básica. Por isso, participam todos os estudantes que concluíram ou estão concluindo o ensino médio.

Com o passar do tempo, as notas do ENEM passaram a ser utilizadas como critério para seleção de estudantes que pretendem  concorrer a uma bolsa no Programa Universidade para Todos e também como complementação ou substituição das provas de vestibular em diversas instituições de ensino superior.

Neste artigo, você vai entender melhor como funciona o exame e os seus programa de ingresso às universidades, além de descobrir se é possível estudar no exterior com nota do ENEM. Acompanhe!

O ENEM foi crescendo e hoje já é o maior vestibular do país.
O ENEM foi crescendo e hoje já é o maior vestibular do país.

O que é e como surgiu o ENEM

O Exame Nacional do Ensino Médio surgiu em 1998, naquela época, com o objetivo principal de avaliar o desempenho dos estudantes brasileiros em fase de conclusão do Ensino Médio. 

O propósito do governo era entender o nível de conhecimento dos alunos que concluíram a escolaridade básica e se preparavam para entrar nas universidades.

Com o passar do tempo, o ENEM passou a ser o maior vestibular do país e começou a ser utilizado como ferramenta de ingresso em universidades públicas e privadas, por meio de programas federais como o ProUni, financiamento do Fies e o Sisu. 

O ENEM também é critério obrigatório para o ingresso de estudantes brasileiros em diversas universidades estrangeiras de países como Portugal e Inglaterra, conforme veremos mais adiante.

O ENEM e o ingresso em universidades brasileiras

Existem algumas maneiras de ingressas na universidade com a nota do ENEM 2019: Sisu, ProUni e Fies. Saiba mais sobre cada uma delas e os prazos para inscrição nas seleções de 2020.

Sisu 2020

O Sistema de Seleção Unificado (Sisu) foi criado pelo Ministério da Educação para que as instituições públicas oferecessem vagas universitárias para candidatos à partir da nota do ENEM.

Podem se inscrever no Sisu todos os candidatos que fizeram o exame no ano anterior, desde que tenham obtido uma nota na redação superior a zero e que estejam em consonância com as normas descritas no edital.

Atenção: As inscrições para o Sisu 2020 poderão ser feitas entre 21 a 24 de janeiro.

ProUni 2020

O Programa Universidade para Todos (ProUni) é voltado para os alunos que vão tentar bolsa de estudo em universidades particulares.O governo federal concede aos interessados bolsas de estudo integrais e parciais em curso de graduação em todo o país. A obtenção da bolsa vai depender da nota que o aluno tirou no ENEM e da sua renda familiar.

Para concorrer as bolsas pelo ProUni 2020 o estudante não pode ter zerado a redação e a soma das notas das provas do ENEM 2019 deve ser igual ou superior a 450 pontos.

Atenção: As inscrições para o ProUni 2020 acontecerão entre 28 e 31 de janeiro de 2020.

Fies 2020

Por fim, o Fundo de Financiamento Estudantil, conhecido como Fies, é outro programa federal. Nele, o governo financia de 10% a 100% do valor das mensalidades e, depois de formado, o aluno paga a dívida com o governo. Funciona como se o governo emprestasse os recursos financeiros para que o estudante pagasse a sua formação.

O estudante precisará de um fiador e um banco. A escala de financiamento varia de acordo com a renda do estudante.

Atenção: as inscrições para o Fies 2020 vão de 5 a 12 de fevereiro.

A renomada Universidade de Coimbra é uma das instituições portuguesas que aceitam a nota do ENEM como critério para ingresso.
A renomada Universidade de Coimbra (foto) é uma das instituições portuguesas que aceitam a nota do ENEM como critério para ingresso.

A nota do ENEM em Portugal

Em Portugal, diversas universidades aceitam a nota do ENEM como forma de seleção de candidatos ingressantes no ensino superior. Isso acontece graças a um acordo de cooperação firmado entre o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira e institutos portugueses. 

Ao todo, 47 universidades portuguesas e centros de ensino superior em Portugal aceitam a nota do ENEM como substituição ao vestibular para ingresso dos estudantes brasileiros. A Universidade de Coimbra, uma das mais renomadas e tradicionais instituições de ensino superior da Europa, é uma delas.

Lista completa das universidades portuguesas que aceitam a nota do ENEM

Confira abaixo a lista completa de instituições de ensino superior de Portugal que aceitam a nota do ENEM para ingresso de estudantes:

  • 1. Universidade de Coimbra (UC)
  • 2. Universidade do Algarve (UAlg)
  • 3. Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria)
  • 4. Instituto Politécnico de Beja (IPBeja)
  • 5. Instituto Politécnico do Porto (P.Porto)
  • 6. Instituto Politécnico Portalegre (IPP)
  • 7. Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA)
  • 8. Instituto Politécnico de Coimbra (IPC)
  • 9. Universidade de Aveiro (UA)
  • 10. Instituto Politécnico da Guarda (IPG)
  • 11. Universidade de Lisboa (ULisboa)
  • 12. Universidade do Porto (U.Porto)
  • 13. Universidade da Madeira (UMa)
  • 14. Instituto Politécnico de Viseu (IPV)
  • 15. Instituto Politécnico de Santarém (IPSantarem)
  • 16. Universidade dos Açores (UAc)
  • 17. Universidade da Beira Interior (UBI)
  • 18. Universidade do Minho
  • 19. Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (Cespu)
  • 20. Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (Universidade Lusófona)
  • 21. Instituto Politécnico de Setúbal (IPS)
  • 22. Instituto Politécnico de Bragança (IPB)
  • 23. Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB)
  • 24. Universidade Lusófona do Porto (ULP)
  • 25. Universidade Portucalense (UPT)
  • 26. Instituto Universitário da Maia (Ismai)
  • 27. Instituto Politécnico da Maia (Ipmaia)
  • 28. Universidade Católica Portuguesa (UCP)
  • 29. Universidade Fernando Pessoa (UFP)
  • 30. Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA)
  • 31. Instituto Leonardo da Vinci (ILV)
  • 32. Escola Superior de Saúde do Alcoitão (Essa)
  • 33. Universidade Lusíada – Norte
  • 34. Universidade Lusíada
  • 35. Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC)
  • 36. Escola Superior Artística do Porto (Esap)
  • 37. Universidade Europeia
  • 38. Instituto Universitário de Lisboa (Iscte-IUL)
  • 39. Escola Superior de Saúde Norte da Cruz Vermelha Portuguesa (ESSNorteCVP)
  • 40. Universidade Autônoma de Lisboa (UAL)
  • 41. Instituto Politécnico da Lusofonia (Ipluso)
  • 42. Instituto de Estudos Superiores de Fafe (IESFafe)
  • 43. Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes (Ismat)
  • 44. Instituto Superior Dom Dinis (Isdom)
  • 45. Instituto Superior de Gestão (ISG)
  • 46. Instituto Superior de Gestão e Administração de Santarém (Isla Santarém)
  • 47. Instituto Superior de Gestão e Administração de Gaia (Isla Gaia)

No portal do INEP você acessa o link de todas as universidades da lista e obtém detalhes sobre como ingressar em cada uma dessas universidades usando a nota do ENEM.

É importante ressaltar que o uso da nota do ENEM para ingressar em universidades portuguesas substitui o vestibular, mas não remove o custo das mensalidades do curso. Além disso, o aluno ainda pode precisar passar por outros testes de aptidão durante o processo seletivo para disputar uma das vagas. Ao escolher a universidade portuguesa que pretende estudar, leia atentamente os detalhes do processo de seleção.

Considerada pela TopUniversities como a quarta melhor universidade do mundo, a renomada University of Oxford (foto) exige que estudantes brasileiros apresentem a nota do ENEM durante o processo seletivo.
Considerada pela TopUniversities como a quarta melhor universidade do mundo, a renomada University of Oxford (foto) exige que estudantes brasileiros apresentem a nota do ENEM durante o processo seletivo.

Nota do ENEM na Inglaterra

A Inglaterra conta com algumas das melhores universidades do mundo. O que muita gente não sabe é que a nota do ENEM pode ser usada por brasileiros como parte do processo seletivo de ingresso em algumas instituições de ensino superior britânicas. As universidades britânicas que aceitam a nota do ENEM são:

  1. University of Oxford: constantemente no top 10 de melhores universidades do mundo, a renomada Oxford exige a nota do ENEM como um dos critérios para ingresso de brasileiros;
  2. University of Bristol: a nota do Enem é parte do processo de admissão. É estipulada uma nota de corte e alunos que não atingem essa nota nem avançam no processo seletivo;
  3. Kingston University: a universidade exige aproveitamento mínimo de 55% no Enem para que o estudante entre no processo seletivo por uma vaga;
  4. University of Glasgow: a nota no Enem é uma das exigências para o processo de admissão.
  5. Birkbeck University of London: a nota do Enem está na lista de itens obrigatórios para participar do processo de admissão.
Universidade de países como França e Canadá (foto) também exigem a nota do ENEM como parte do processo seletivo para estudantes brasileiros.
Universidade de países como França e Canadá (foto) também exigem a nota do ENEM como parte do processo seletivo para estudantes brasileiros.

Estudar fora do país com a Nota do ENEM

A parceria entre o Ministério da Educação é firmada apenas com o governo de Portugal, mas diversos outros países como França, Canadá e Inglaterra, por exemplo, consideram a nota do ENEM para o ingresso de alunos brasileiros em cursos de graduação.

Se você pretende estudar fora do país, o planejamento é essencial. Conhecer a cultura, o custo de vida e as características do país de destino, as particularidades de cada universidade e as exigências vai tornar a sua experiência mais proveitosa.

O planejamento financeiro é outro ponto que merece atenção, por isso, antes de viajar, pesquise sobre moedas, formas de pagamento, despesas e serviços de remessa internacional de dinheiro. 

A Remessa Online é a primeira plataforma digital de transferências internacionais do Brasil. Pessoas físicas e empresas podem enviar e receber dinheiro do exterior de forma simples, barata e sem a burocracia exigida pelas instituições bancárias.

Através da Remessa Online você pode efetuar todos os pagamentos ao exterior para garantir sua matrícula em uma universidade estrangeira. O dinheiro é enviado em apenas 1 dia útil e o custo de envio é o mais barato do mercado.

Se você quer usar sua nota do ENEM para estudar em uma universidade fora do país, vale a pena pesquisar as instituições estrangeiras que mais atenderão suas necessidades e quais serão os critérios de seleção.

Você gostou deste artigo sobre estudar no exterior com nota do ENEM? Então aproveite para conferir este artigo com dicas sobre programas de intercâmbio gratuitos.

Resumindo:

Quando sai a nota do ENEM 2019?

A nota do ENEM 2019 será liberada dia 17 de janeiro de 2020.

Qual é o prazo para inscrição do Sisu 2020?

As inscrições para o Sisu 2020 poderão ser feitas entre 21 a 24 de janeiro.

Qual é o prazo para inscrição do ProUni 2020?

As inscrições para o ProUni 2020 acontecerão entre 28 e 31 de janeiro

Qual é o prazo para inscrição do Fies 2020?

As inscrições para o Fies 2020 vão de 5 a 12 de fevereiro.

Quais universidades de Portugal aceitam a nota do ENEM?

47 universidades de Portugal e centros de ensino superior portugueses aceitam a nota do ENEM para ingresso de estudantes brasileiros. No site do INEP é possível acessar as páginas de todas elas.

Quais universidades da Inglaterra aceitam a nota do ENEM?

5 universidades da Inglaterra exigem o ENEM como um dos critérios
1 – University of Oxford
2 – University of Bristol
3 – Kingston University
4 – University of Glasgow
5 – Birkbeck University of London