Quanto custa um intercâmbio? Confira as despesas!

por Remessa Online
3 minutos de leitura
quanto custa um intercâmbio: duas mãos segurando moedas e algumas notas na mesa

Quanto custa um intercâmbio? Se você chegou até aqui, é bem provável que esteja com essa dúvida. Apesar da experiência ser única devido à troca cultural e de conhecimento, o valor a ser pago também interfere na sua decisão.

Para explicar o que influencia no custo de um intercâmbio e como fica cada tipo de experiência, criamos este post. Aproveite e veja o que considerar!

Quais fatores interferem no valor de um intercâmbio?

Para saber quanto custa um intercâmbio, é preciso primeiro entender que vários fatores impactam o valor final a ser pago. No seu processo de escolha, é importante analisar os seguintes aspectos:

Cotação cambial

A partir da valorização ou desvalorização do real perante a moeda do país para o qual você vai viajar, o pacote de intercâmbio ficará mais caro. Por isso, vale a pena tomar a decisão com base no câmbio

Data de embarque

A data de embarque influencia o valor final, especialmente se você optar por um intercâmbio de curta duração. Se for a um país em que a alta temporada é o inverno e optar pela viagem nesse período, terá que arcar com custos mais altos.

Turno

O horário da viagem também interfere. Se for em um período de pico, custará mais por causa do valor das passagens.

Carga horária do curso

Aqui, vale a pena avaliar como será o curso que você vai fazer. Se for integral, tende a custar mais.

Tipo de escola

A escola ou a universidade da qual fará parte é outro fator relevante. É mais barato para um adolescente participar em comparação com um adulto que faz um mestrado, por exemplo.

Acomodação

Você vai ficar na casa de uma família? Vai alugar um imóvel? O local em que morará durante o período do intercâmbio também traz mais gastos.

Quanto custa um intercâmbio de estudo e trabalho?

O pacote com essas características é o mais procurado, porque é possível conseguir um emprego para pagar as contas enquanto estiver fora do Brasil. Nesse caso, é obrigatório que a pessoa estude ao mesmo tempo.

Algumas opções de países que oferecem essa possibilidade são: Austrália, Nova Zelândia e Irlanda. Para esse último local, quanto custa um intercâmbio de 25 semanas em Dublin?

O pacote com curso de inglês, duas semanas de acomodação, transfer e seguro fica em aproximadamente R$ 15,6 mil. Para a Austrália, 21 semanas em Brisbane com as mesmas características chega a R$ 17 mil. Nesses valores, ainda é preciso incluir as passagens aéreas.

Para 6 meses — aproximadamente 26 semanas —, o intercâmbio de inglês com trabalho chega a R$ 35 mil na Irlanda. Um curso de espanhol com emprego chega a R$ 49 mil na Espanha.

Quanto custa um intercâmbio de curta duração?

Esses intercâmbios são rápidos. Podem ser feitos a partir de 2 semanas. Por isso, são bastante procurados. Afinal, é possível ter essa experiência durante as férias.

Um pacote de 4 semanas com curso, acomodação, day trip, seguro viagem e transfer para Vancouver, no Canadá, custa cerca de R$ 9,4 mil.

Um intercâmbio de curta duração em Londres, com as mesmas condições, custa cerca de R$ 10 mil. Já para St. Julian’s, em Malta, o valor é bem mais baixo: em torno de R$ 5,2 mil.

Quanto custa um intercâmbio de 3 meses?

Para ficar a partir de 9 semanas em outro país, quanto custa um intercâmbio? Novamente, depende do destino e de outros fatores.

Um curso com 12 semanas em Malta com acomodação, transfer e seguro viagem tem valor de aproximadamente R$ 21,4 mil. Para estudar inglês no Canadá, na África do Sul e na Irlanda por esse período, o custo é de R$ 33 mil.

Quais são os destinos mais em conta?

Mais do que saber quanto custa um intercâmbio, é importante entender que é possível economizar. Vários destinos são interessantes e oferecem boa experiência cultural, ao mesmo tempo que são baratos. Entre eles estão:

  1. Malta: está na Europa e é um país pequeno. Adota o euro como moeda oficial e tem custo de vida baixo. Tem fácil acesso à Itália. O clima é úmido e quente, e a ilha tem muitas praias. O inglês é um dos idiomas oficiais;
  2. África do Sul: oferece boas opções na Cidade do Cabo. Oferece alta qualidade de ensino e tem valores acessíveis. A moeda é o rand, que é desvalorizada em relação ao real. O clima é semelhante ao do Brasil;
  3. Canadá: aceita muitos brasileiros e é um lugar com alta qualidade de vida. O dólar canadense é valorizado, mas menos do que a moeda americana. Oferece boas experiências culturais;
  4. Irlanda: tem ampla comunidade brasileira em Dublin e pouca burocracia. É um país receptivo, com muitos pubs para sair. Oferece fácil acesso a outros países da Europa;
  5. Estados Unidos: é um país mais caro, mas tem cidades acessíveis, como Fort Lauderdale e San Diego. Oferece boa infraestrutura e passeios de entretenimento.

Agora que você viu as dicas de países e quanto custa um intercâmbio, chegou o momento de pensar na parte prática. Afinal, terá que fazer o envio e o recebimento de dinheiro do exterior com certa frequência — e isso pode gerar gastos elevados.

O que fazer? A melhor alternativa é contar com a Remessa Online. Com a plataforma, você faz operações em 1 dia útil e com custos a partir de 1,3%. Em alguns casos, a tarifa bancária é zerada. Faça sua simulação e veja as condições.

Entendeu quanto custa um intercâmbio a partir das diferentes variáveis? Lembre-se de que o câmbio é importante, porque interfere no valor final.

Então, que tal conhecer a Remessa Online e começar a planejar sua viagem? Acesse o site e cadastre-se para realizar suas operações de câmbio agora mesmo!

Resumindo

Quanto custa um intercâmbio de um ano?

O valor a ser pago depende de vários fatores, como destino, acomodação, trabalho e mais.

Qual é o lugar mais barato para fazer intercâmbio?

Existem algumas possibilidades, como Malta, África do Sul, Canadá, Irlanda e Estados Unidos.

Quanto custa para fazer um intercâmbio no Canadá?

Um pacote com 4 semanas fica em aproximadamente R$ 9,4 mil.

Assuntos relacionados