Afinal, é possível abrir conta na Europa estando no Brasil?

Se você pretende morar na Europa ou simplesmente viaja para fora do país com frequência, pode ser interessante abrir uma conta bancária em território estrangeiro. Neste artigo, vamos te explicar melhor como isso funciona e de que forma você deve proceder para abrir a sua conta.

Porquinho com símbolos representando o Euro

Para quem vai morar fora do Brasil abrir uma conta no país de destino é regra. Mas e quem viaja para o exterior com frequência, será que vale a pena abrir este tipo de conta bancária? De forma geral vale a pena sim, já que a abertura da conta representa uma redução significativa nos custos com taxas e despesas bancárias.

Neste artigo você descobrir se é possível abrir uma conta na Europa, se realmente vale a pena, os custos deste tipo de operação, os documentos necessários, bem como outras informações relevantes sobre o assunto! Acompanhe e entenda!

Posso abrir uma conta na Europa estando no Brasil?

A resposta é afirmativa! Você consegue abrir conta na Europa em em inúmeros países como os Estados Unidos, por exemplo. Entretanto, é importante saber que as regras, processos e documentos vão depender do país e da instituição bancária escolhida.

Aqui, o que você precisa saber logo de início é que para abrir conta em outro país estando no Brasil, você deve procurar abrir uma conta de não-residente. 

Para abrir uma conta em Portugal, por exemplo, a instituição poderá exigir uma relação com o país (investimento, estudo, etc.). Neste caso, vale a pena pesquisar opções em bancos digitais, mas, em linhas gerais, os bancos que abrem contas para não residentes costumam exigir documentos como o passaporte e o número fiscal (para obter número fiscal é necessário ter um vínculo com o país).

Vale a pena abrir uma conta bancária na Europa?

Se você viaja com frequência ou vai morar na Europa, vale muito a pena. As vantagens estão relacionadas principalmente à economia no câmbio da moeda em pagamentos realizados em operações de débito e crédito com o cartão.

De forma geral, os cartões bancários atrelados às contas aberta nas Europa são válidos em toda União Europeia e também nos Estados Unidos. 

Outra economia é no recolhimento de tributos. O IOF, por exemplo, é um tributo pesado e que acaba afetando o planejamento financeiro de quem pretende pagar as despesas no cartão durante a estadia fora do país. É justamente por isso que não é vantajoso utilizar uma conta brasileira no exterior.

Quanto custa abrir uma conta na Europa?

Antes de abrir uma conta bancária na Europa você deve fazer uma boa pesquisa de mercado. Além de consultar as vantagens e características de cada instituição, também é necessário avaliar os custos de abertura e manutenção da sua conta.

De forma geral, os bancos digitais e alguns bancos tradicionais não cobram taxas para abertura de conta e/ou manutenção. Além disso, banco europeus costumam oferecer contas básicas com serviços mínimos e taxas mais baixas, isso tudo deve ser avaliado de forma individualizada junto às plataformas dos bancos.

Quais são os documentos necessários?

A documentação exigida também varia de acordo com o país e a instituição bancária escolhida. Aqui, os bancos digitais acabam sendo opções mais flexíveis, entretanto, é importante avaliar individualmente cada instituição.

Em Portugal, por exemplo, a solicitação de abertura de contas para estrangeiros residentes inclui a apresentação de documentos como: cartão cidadão, número de identificação fiscal, passaporte válido e comprovante de residência.

Na Irlanda, a documentação exigida inclui a apresentação do passaporte válido ou outro documento de identidade aceito no país e comprovante de residência.

Já na Itália, a lista é mais extensa e costuma incluir, entre outros: passaporte ou Carta d’Identità, comprovante de residência, visto de residência e número do Codice Fiscale.

Como enviar dinheiro do Brasil para a Europa?

Enviar dinheiro para conta no exterior é um processo relativamente simples, mas que exige atenção. Seja para efetuar pagamentos por serviços ou compras, para auxiliar pessoas que residem em outro país ou simplesmente para ter valores disponíveis durante uma viagem na Europa, é necessário pesquisar a contar com o suporte de empresas especializadas.

Se você vai morar em outro país, este tipo de transação vai ser comum no seu dia a dia até que você se estabeleça no seu novo endereço.

Como mencionamos neste artigo, uma ótima alternativa para quem precisa movimentar dinheiro no exterior com frequência, é ter uma conta internacional. Nesses casos, os bancos digitais trazem mais facilidade para o dia a dia. Entre as opções mais conhecidas, vale destacar bancos como o N26, Revolut, WB21, OpenBank e Monzo.

O envio de dinheiro para conta no exterior, pode ser feito de diferentes formas, por meio de bancos, casas de câmbio ou plataformas online. Nesse cenário, a Remessa Online oferece diversas vantagens para os usuários, garantindo um ótimo custo-benefício com a transação. 

O envio de dinheiro para contas no exterior é bastante simples. Confira a seguir um passo a passo de como usar os serviços da Remessa Online para enviar o seu dinheiro do Brasil para a sua nova conta na Europa!

Primeiro passo: cadastro na plataforma da Remessa Online

Acesse a página de cadastro da Remessa e preencha os seus dados: nome completo, CPF e endereço.

Para transações superiores a R$ 75 mil ao ano ou R$ 37,5 mil por envio você precisará fazer o cadastro completo. Nesse caso, é preciso enviar a documentação para análise, incluindo:

  • RG ou CNH emitidos nos últimos 10 anos;
  • Comprovante de residência dos últimos 90 dias;
  • Declaração e recibo de entrega de Imposto de Renda;
  • Ficha cadastral assinada.

Segundo passo: enviar o dinheiro

Depois de concluir o seu cadastro, você pode selecionar a opção “Fazer remessa” e, posteriormente, “Enviar dinheiro”. A plataforma vai solicitar alguns dados para dar andamento à sua solicitação:

  • Para quem o valor será enviado (mesma titularidade ou para terceiros);
  • Motivo do envio (pagamento de produtos, manutenção de terceiros, entre outros);
  • Definição da moeda;
  • Valor da operação;
  • Dados do beneficiário. 

Terceiro passo: efetue o pagamento

O último passo é realizar o pagamento da transação por meio de TED para a conta indicada. Após a confirmação do pagamento, o valor será disponibilizado na conta de destino no prazo de até 1 dia útil.

Você quer começar a enviar o seu dinheiro para fora do país? Então acesse o site da Remessa Online, faça o seu cadastro e comece agora mesmo!

Resumindo

Posso abrir uma conta na Europa estando no Brasil?

A resposta é afirmativa! Você consegue abrir conta na Europa em em inúmeros países como os Estados Unidos, por exemplo.
Entretanto, é importante saber que as regras, processos e documentos vão depender do país e da instituição bancária escolhida.

Como enviar dinheiro do Brasil para a Europa?

Enviar dinheiro para conta no exterior é um processo relativamente simples mas que exige atenção.
Seja para efetuar pagamentos por serviços ou compras, para auxiliar pessoas que residem em outro país ou simplesmente para ter valores disponíveis durante uma viagem na Europa, é necessário pesquisar a contar com o suporte de empresas especializadas.
Para isso você pode usar os serviços da Remessa Online, primeira plataforma brasileira totalmente online que opera com remessas internacionais de dinheiro.