Tem uma empresa pequena e quer começar a exportar? Saiba como!

por Fabiana Lima
3 minutos de leitura
Tem-uma-empresa-pequena-e-quer-exportar-Chegou-a-sua-hora

Uma forma de expandir os negócios de uma empresa pequena é começar a exportar. Diversas empresas no Brasil não são tão conhecidas no próprio país, pois estão há anos atendendo mercados estrangeiros. Essa é uma grande vantagem. A empresa cresce, recebe em outra moeda e não enfrenta a concorrência interna.

Se você é uma empresa pequena que quer começar exportar, continue lendo este artigo e veja as dicas que listamos para te ajudar. Acompanhe!

O que é exportação?

A exportação é o processo de venda de produtos ou serviços do mercado interno para o externo. De forma prática, acontece quando empresas brasileiras vendem seus produtos ou seus serviços para clientes em outros países.

Algumas empresas, compram matéria-prima no exterior para produzir seus produtos e depois vendê-los no mercado externo. Essa compra é a importação. O mesmo se dá ao processo de contratação de serviços de outros países, a empresa está importando o serviço.

Pequenas empresas podem exportar?

Pequenas empresas podem e devem exportar, mas devem ser cautelosas. Antes de começar, é fundamental avaliar o mercado, fazer um estudo e analisar como que os produtos da empresa podem atender às necessidades do consumidor estrangeiro.

Quais são os diferenciais que a empresa oferece? O que os produtos ou serviços que ela oferece têm que outros não têm?

Além disso, é preciso avaliar também em qual mercado a empresa quer entrar. Países como Estados Unidos, estão sempre à frente do Brasil quando o assunto é tecnologia e inovação. A empresa deve entender quais são seus diferenciais e identificar os mercados onde consegue atuar, oferecendo algo que as empresas daquele país não são capazes de suprir.

Para começar a atuar em outros países, é fundamental que a sua empresa tenha:

  • Definição de mercados
  • Capacidade produtiva;
  • Formação de preço para exportação;
  • Adequação do produto e embalagem;
  • Documentos do produto e da empresa.

Procurar um profissional especializado ou o Sebrae vai te ajudar com as orientações prévias para começar.

Como funciona a exportação de produtos

O processo de exportação de produtos começa com o planejamento da empresa, que deve adaptar seus produtos para atender o mercado internacional. A atividade deve fazer parte da estratégia de negócios da empresa.

Antes de oferecer seus produtos ou participar de feiras, a empresa precisa obter seu credenciamento junto à Receita Federal do Brasil para utilizar a Siscomex. Com o credenciamento pronto, ela pode começar a participar de feiras e investir em marketing.

Para fechar negócio e começar a exportar, a empresa deve negociar com o comprador, receber uma fatura Pró-forma, definir as formas de pagamento e formas de envio.

Os meios utilizados para exportação não precisam ser sempre os mesmos. Em seguida, faz o registro de exportação no Portal do Siscomex. Prepara o embarque da mercadoria, faz a averbação do embarque no Siscomex, recebe a remessa de documentos do exportador e recebe o pagamento.

Como funciona a exportação de serviços

O processo de exportação de serviços é mais simples. A empresa e o contratante firmam um contrato de exportação de serviços, onde deve ser especificado quais atividades e o nível de serviço que serão realizadas.

Em seguida, o prestador de serviço deve emitir uma Fatura Proforma, que também pode substituir o contrato. Esse documento deve estar em inglês ou no idioma do importador. O documento formaliza e confirma a negociação.

Depois que o serviço for prestado, o exportador emite uma Fatura Comercial ou Commercial Invoice. O documento equivale à Nota Fiscal e representa a operação comercial em si, tendo como finalidade formalizar a prestação do serviço. Depois de emitida, o pagamento pode ser feito.

Além disso, o prestador de serviços deve emitir uma Nota Fiscal, mesmo que não haja incidência de ISS.

Veja quais são os documentos necessários para exportação

Como receber pagamentos de exportação

Existem diversas formas de receber o pagamento pela exportação de produtos e serviços. Porém, na maior parte dos casos, o exportador perde muito por causa das taxas que são cobradas.

A Remessa Online tem sido uma opção interessante para muitos exportadores. O processo é feito de forma rápida, fácil e transparente, por meio de uma plataforma. O cliente se sentirá totalmente seguro. Você recebe o dinheiro bem rápido e paga uma taxa bem pequena. Faça uma simulação no site e saiba quanto você vai pagar.

Assuntos relacionados