Banco do Brasil no exterior: tire todas as suas dúvidas aqui

Banco do Brasil no exterior: tire suas principais dúvidas

Tire todas as suas dúvidas sobre o Banco do Brasil no exterior: qual a estratégia internacional do banco, como abrir conta, onde estão as agências, como sacar dinheiro e como fazer transferências internacionais.

Muitos brasileiros buscam morar ou viajar para outros países. Na hora de fazer uma transferência internacional, há diversas modalidades — e uma delas é trabalhar com o Banco do Brasil no exterior.

A instituição financeira tem agências pelo mundo e permite enviar e receber dinheiro com facilidade. Para isso, é preciso entender como fazer isso e o funcionamento do BB em outros países.

É disso que vamos tratar neste post. Aqui, você vai tirar suas principais dúvidas para saber como é possível aproveitar os serviços ofertados em diferentes locais pelos quais esteja passando. Saiba mais!

O que é o Banco do Brasil?

O Banco do Brasil foi a primeira instituição financeira do País. Foi criado ainda em 1808 pelo então príncipe-regente Dom João de Bragança, que se tornou o Dom João VI.

Hoje, ainda é um dos maiores e tem economia mista, ou seja, 54% do capital é do governo federal e o restante tem participação da iniciativa privada. Tem mais de 5 mil agências no Brasil e em mais de 15 países.

Somente no 2º trimestre de 2019, o BB teve lucro líquido contábil de R$ 4,2 bilhões, uma elevação de 34,2% em comparação com 2018. No exterior, a atuação existe há mais de 70 anos. Em todos esses locais há atendimento especializado para a efetivação de serviços bancários.

banco do brasil no exterior

Como o Banco do Brasil funciona?

No começo, a instituição financeira tinha como uma de suas responsabilidades a emissão de moeda. Atualmente, funciona como um banco privado, com serviços como:

  1. abertura de conta-corrente;
  2. obtenção de empréstimos;
  3. financiamento habitacional;
  4. emissão de cartões de crédito.

Ainda atua no crescimento econômico, industrial, social e comercial do País. Um dos exemplos é o crédito rural, que auxilia o agronegócio. Também contribui com o financiamento das exportações e na concessão de crédito a micro e pequenos negócios, com taxas de juros mais baixas.

Entenda o funcionamento do Banco do Brasil no exterior

Em outros países, o banco tem agências e um canal exclusivo de atendimento. O suporte é de 24 horas em 7 dias da semana. Nesse número é possível fazer reclamações, solicitar informações e cancelamentos e tirar dúvidas gerais.

Existem países — como foi o caso de Portugal — em que o atendimento foi encerrado devido a um reposicionamento estratégico. Nessas situações, ainda há foco a clientes corporativos e institucionais.

O que acontece com pessoas físicas nesses lugares? É impossível abrir novas contas-correntes e realizar alguns serviços básicos. No entanto, o dinheiro pode ser movimentado a partir de plataformas especializadas.

Por que o BB está presente em outros países?

A decisão do Banco do Brasil de abrir unidades no exterior foi para atender à demanda de captação de recursos em moeda estrangeira. O capital foi utilizado para as operações de financiamento ao comércio exterior.

Esse foi o motivo para abrir o BB Assunção, no Paraguai, primeira agência do Banco do Brasil no exterior. O fato, ocorrido em 1941, foi apenas o início de uma estratégia. Aos poucos, a instituição passou a focar o atendimento de empresas nacionais com operações em outros países.

Nos últimos anos, os principais mercados de atuação internacional são:

  1. de capitais;
  2. corporate banking;
  3. private banking;
  4. interbancário.

Apesar de a primeira unidade do BB ser no Paraguai, a quarta já expandiu as operações para os Estados Unidos, mais precisamente Nova York. Na Europa, a agência foi criada em 1970 em Frankfurt, na Alemanha.

Em 2004, o Banco do Brasil chegou à China, em Xangai. Em 2011, adquiriu o Eurobank, localizado nos Estados Unidos, e que mudou seu nome para BB Americas.

É possível abrir uma conta do Banco do Brasil no exterior?

BB Americas é um dos braços do Banco do Brasil no exterior, com agências em cidades como Miami e Orlando
O BB Américas conta com agências em cidades relevantes para brasileiros, como Miami e Orlando

Um dos principais serviços do BB é a abertura de contas-correntes. Qualquer pessoa física ou jurídica pode fazer isso, desde que exista alguma agência instalada no país. Essa é uma boa alternativa, já que terá custódia em outra moeda e isso traz liberdade para adquirir produtos e serviços.

Para ter acesso a esse serviço, você deve abrir uma conta em moeda estrangeira no Brasil. Essa modalidade é voltada para a movimentação de remessas e recebimentos de valores do exterior. É válida tanto para imigrantes quanto para brasileiros morando em outros países.

A principal vantagem é evitar as variações cambiais nos recursos depositados. A abertura pode ocorrer no Brasil e ser controlada pela Internet. 

Você também pode abrir a conta-corrente diretamente na agência do Banco do Brasil no exterior. Nesse caso, as regras devem ser seguidas de acordo com as exigências locais da instituição.

Por exemplo: a agência de Miami trabalha com alta renda e private banking. Para participar, deve telefonar ou enviar um e-mail conforme destacado no site do BB voltado para essa localidade.

Por sua vez, a de Nova York tem um prazo de sete dias para a abertura da conta após a entrega dos documentos. É preciso aplicar, pelo menos, 100 mil dólares, quantia exigida para aplicações financeiras.

Para saber as especificações exigidas, verifique onde o Banco do Brasil está no exterior. Eles estão detalhados no site BB no Mundo, que traz informações sobre as agências e permite acessar o endereço específico de cada uma delas.

Nos países em que as operações de varejo foram encerradas devido ao reposicionamento estratégico da instituição, é impossível abrir uma conta-corrente. Você pode ter a sua no Brasil e movimentá-la a partir de uma plataforma especializada em transferência internacional.

É possível sacar dinheiro no exterior?

Se você precisar resgatar algum valor de sua conta-corrente, saiba que pode fazer isso, mesmo que o Banco do Brasil no país estrangeiro não tenha uma agência física. Esse é o caso de Portugal, que manteve dois caixas eletrônicos, um em Porto e outro em Lisboa.

Para fazer o procedimento, é preciso apenas ter o cartão desbloqueado para uso no exterior. A autorização pode ser realizada pela Internet ou pela Central de Atendimento do BB.

Apesar de ser simples sacar a quantia necessária, há custos a serem considerados. Eles são aplicados para cartões de débito, crédito e pré-pago de viagem. O câmbio sempre é turismo, que tem uma margem empregada sobre o comercial.

O Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) é de 6,38% e as tarifas são de R$ 20 para débito, R$ 25 para crédito e 2,50 euros ou dólares para pré-pago. Os valores estão atualizados conforma a tabela de tarifas pessoa física válida a partir de 6 de outubro de 2019.

Além dessas taxas, fique atento à sugestão do caixa. É questionado se você deseja sacar na moeda do seu cartão ou do país em que está. Opte pela segunda alternativa ou terá que pagar mais uma tarifa para a conversão dos valores.

Onde as agências do Banco do Brasil estão localizadas?

O Banco do Brasil tem várias agências no exterior. Veja quais são elas, de acordo com o site da própria instituição financeira:

  1. Frankfurt, na Alemanha;
  2. unidades do Banco Patagonia SA, que é controlado pelo BB;
  3. unidades do Banco do Brasil AG (BB AG), uma instituição própria que integra o conglomerado do BB SA. Tem sede na Áustria e presença ainda na Espanha, França, Itália e Portugal. Foca negócios internacionais;
  4. Santa Cruz de la Sierra, Bolívia;
  5. Chile;
  6. China;
  7. Miami e Nova York, nos Estados Unidos, além do Banco do Brasil Americas, que é controlado pelo BB e atua no varejo no país;
  8. Japão;
  9. Assunção, no Paraguai;
  10. Londres, no Reino Unido.

Como funcionam as transações financeiras nessas agências?

É possível utilizar a ordem de pagamento ou o BB Remessa para fazer uma remessa de dinheiro para o exterior pelo Banco do Brasil ou receber alguma quantia. Veja como essas alternativas funcionam.

Ordem de pagamento

Consiste em uma transferência efetuada do BB do exterior para o do Brasil e vice-versa. Envolve pessoas jurídicas e físicas, sejam ou não clientes da instituição financeira. Os valores transacionados são de conta-corrente.

Para realizar a ordem de pagamento, é preciso contratar a operação de câmbio nas agências do Banco do Brasil. O valor é creditado na conta no mesmo dia. A taxa é de R$ 39, o envio via swift implica cobrança de 2%. O cancelamento é R$ 100 e a investigação de ordem é R$ 220.

BB Remessa

Permite receber transferências internacionais enviadas dos Estados Unidos, Portugal, França, Áustria, Itália, Alemanha, Espanha, Inglaterra e Japão. Os valores são recebidos em conta-corrente ou poupança. Outra possibilidade é retirar a quantia em uma agência do BB.

Para ter acesso ao serviço, é necessário preencher o formulário de autorização permanente para crédito em conta. Ele é válido para iene, dólar americano, euro e real. A tarifa cobrada é de 0,05% do valor da remessa, sendo a quantia mínima de 4.500 ienes.

Outros serviços podem ser realizados pelas agências do BB no exterior. Assim como ocorre no Brasil, é possível:

  1. consultar cotações diárias;
  2. verificar o saldo em iene, dólar e euro;
  3. fazer a conversão de moeda;
  4. analisar o extrato unificado;
  5. enviar e agendar remessas ao exterior;
  6. identificar remessas não processadas;
  7. imprimir o Relatório Anual e Remessas;
  8. cancelar alguma transação sem processamento;
  9. bloquear e desbloquear cartões;
  10. alterar a senha do autoatendimento;
  11. bloquear a conta;
  12. cancelar o envio de correspondência;
  13. solicitação de resgate de valor da conta;
  14. atualização cadastral;
  15. solicitação de saldo, extrato, relatório de remessas e outros documentos.

Esses serviços estão disponíveis em, pelo menos, um dos seguintes canais: Internet banking, telephone banking, celular e agências do Banco do Brasil.

Existem outras formas de enviar dinheiro do Brasil para o exterior?

Além das três opções para enviar dinheiro do Brasil para o exterior e vice-versa, você ainda pode contar com outras possibilidades. Listamos as principais a seguir.

PayPal

Tão simples quanto as outras possibilidades, o PayPal permite enviar e receber dinheiro do exterior. Basta ambas as partes criarem uma conta pelo site ou aplicativo e clicar na opção “Enviar e solicitar”.

Informe nome, e-mail e número de beneficiário da remessa, selecione a moeda de pagamento e confira os dados da operação. Pronto! A operação está finalizada, com desconto das taxas da plataforma.

Entre as taxas estão a cotação do câmbio turismo, uma tarifa de 3,5% para receber dinheiro e 4,5% para enviá-lo, além do IOF de 6,38%.

Remessa Online

Mais confiável, essa fintech permite transferir o dinheiro de forma rápida e segura, com custo baixo e sem burocracia. O processo demora até três dias úteis, mas costuma ser finalizado em um prazo menor.

Para ter acesso à Remessa Online, você deve fazer o seu cadastro na plataforma. Se tiver que enviar valores elevados, faça o cadastro completo.

Depois escolha a categoria da transferência. Entre as opções estão:

  1. enviar dinheiro para uma pessoa física;
  2. enviar para corretora internacional, a fim de fazer investimentos;
  3. enviar para empresa no exterior;
  4. pagar produtos ou serviços;
  5. pagar curso ou tratamento de saúde.

A próxima etapa é a informação dos dados da conta de destino. Aqui estão incluídos os dados do beneficiário e do banco que receberá o dinheiro no exterior. 

Em seguida, confirme o valor do envio e transfira o valor em reais. Faça uma TED com a quantia e a conta de destino receberá o pagamento. Para entender melhor, você pode fazer uma simulação pelo site.

O câmbio usado é o comercial. Há um custo de 1,30% e IOF de 0,38%. Assim, uma cotação de R$ 4,15, por exemplo, chega ao valor total de R$ 4,2199. Como você pode perceber, é uma operação barata.

Depois de todas essas informações, fica claro que contar com o BB em outras localidades é uma possibilidade bastante viável. Mesmo nos países em que não há agências, você tem a oportunidade de movimentar dinheiro com rapidez e da maneira que achar melhor. E o cliente do Banco do Brasil pode usar a Remessa Online para fazer suas transferências internacionais.

De toda forma, vale a pena considerar todas as possibilidades antes de fazer a sua transferência internacional. Assim, você paga menos e ainda conta com os benefícios de usar o Banco do Brasil no exterior, sempre que necessário.

Agora que você já sabe como funciona o envio e recebimento de dinheiro por essa instituição financeira, veja como potencializar suas aplicações financeiras. Conheça 4 estratégias para atrelar ao seu investimento ao câmbio.

Resumindo

Em quais países têm Banco do Brasil?

O banco tem agências espalhadas em mais de 15 países e também caixas eletrônicos: Alemanha, Argentina, Áustria, Bolívia, Chile, China, Espanha, Estados Unidos, França, Itália, Japão, Paraguai, Portugal e Reino Unido. Em alguns locais, atende somente pessoas jurídicas e em outros amplia para pessoas físicas.

Onde tem Banco do Brasil nos Estados Unidos?

Em Nova Iorque e na Flórida.